História How To Be A Heartbreaker - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, One Direction
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags 5 Seconds Of Summer, One Direction
Exibições 14
Palavras 1.394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Rainbow Teddy Bear


Michael: Eu também- logo todos os meninos concordaram, depois de muito papo furado resolvemos passear foi muito divertido tiramos várias fotos que ficaram lindas. A noite pedimos pizza e jogamos cartas depois de escutar Harry ler uma história acabamos pegando no sono em meio a leitura do cacheado. Eu me acordei de madrugada com o despertador tocando tive que sair dos braços de Liam que dormia tranquilamente e subir ate o quarto, por ter tomado um banho antes do jantar apenas vesti a roupa que já havia separado uma calça jeans, uma blusa de mangas compridas e meu tênis. Passei no quarto de minha tia que dormia tranquilamente dei um beijo em sua testa e deixei uma cartinha agradecendo pela hospedagem, passei no quarto das meninas, mas estava trancado como eu já tinha me despedido delas antes de elas irem dormir nem liguei muito. Quando entrei de volta no meu quarto encontrei Luke parado em frente ao espelho ajeitando o cabelo
Luke: Ta pronta, baby? - Luke pergunta pegando duas malas, eu confirmo e pego minha outra mala e a mochila descemos as escadas em silêncio para não acordar ninguém, ao passar pela sala vejo os meninos acordados o que eles estão fazendo acordados?- Eu vou levar ela podem voltar a dormir
Ashton: Vamos nos despedir dela Hemmings - Ashton diz coçando os olhos, tive que abraçar todos e dar beijinhos em suas bochechas com exceção de Mike e Nini que roubaram um selinho meu
Eu: Não fiquem com essas carinhas vamos nos ver logo amores- digo vendo Harry e Louis fazerem beicinho- Venham cá todos vocês abraço em grupo! - Foi uma péssima idéia ter falado isso eles todos se juntaram em minha volta e me abraçaram apertado
Luke: Infelizmente precisamos ir- Luke olha para seu celular conferindo as horas
Eu: Ok, tchau meninos - digo dando o último tchauzinho, Luke olhou para Calum com uma expressão estranha, mas Hood pareceu entender
Calum: Eu ajudo vocês com as malas- Calum pega a mala que eu segurava e sai com o Luke que levava as outras
Eu: Ate- Os meninos sorriem tristes, o que me partiu o coração, sai da casa de minha tia e dei uma boa olhada ao redor poxa vou sentir saudades disso aqui, Calum e Luke conversavam sobre algo em um tom baixo como um segredo a única coisa que escutei foi Calum falando "Você vai ficar bem? Qualquer um de nos pode ir em seu lugar" e Luke responder "Já errei uma vez não posso errar de novo”
Eu: Luke podemos ir?- Pergunto assustando os dois australianos Luke concorda e entra no carro- Tchau Thomas!
Calum: Você e esse Thomas, tchau Fran- Calum me puxa e me abraça retribuo o abraço quentinho do moreno- Agora vai antes que eu te tranque no meu quarto e não te deixe ir- Sorri e beijei suas bochechas entrei no carro vendo Luke sorrir de lado me assustei quando escutei a voz do irlandês
Niall: BOA VIAGEM, SE CUIDA AMOR!-Niall grita da porta Liam tampa a boca dele o que me faz rir antes do Luke partir eu aceno para eles.
No caminho ate o aeroporto Luke ficou em silêncio às vezes ele fungava já eu observava a paisagem com um nozinho na garganta eu estava ficando triste ao ver o loiro naquele estado. Quando chegamos tinha alguns seguranças protegendo Luke de algumas fãs, Luke fez questão de atender todas, o que irritou dois seguranças. Enquanto esperava Luke voltar e meu vôo ser chamado encarava meus sapatos estava sozinha numa sala onde papai me mandou ficar. A ficha de que eu iria viajar sozinha estava caindo aos poucos o que me deixava nervosa.
Luke: Ei- olhei Luke que escondia algo atrás de suas costas- tenho um presente meu e dos meninos para te dar
Eu: Nossa, o que é? Pergunto olhando para Luke que se abaixou em minha frente
Luke: Fecha os olhos, só abra quando eu mandar- Concordei fechando os olhos senti um leve arrepio na nuca quando Luke se aproximou do meu rosto- Sabe eu vou sentir saudades- Luke diz em meu ouvido suspirando tristemente
Eu: Mas daqui a pouco vamos nos ver de novo- digo baixinho por sentir Luke beijar minha testa e depois meu nariz ele encosta sua testa na minha, solto uma risadinha nervosa
Luke: Mas, e se eu não ver mais você, se o amanhã não existir, se você não se lembrar mais de mim?- Abro minha boca para falar algo, mas Luke continua- Por isso que eu te trouxe no aeroporto, uma vez eu errei não posso errar de novo
Eu: O que você quis dizer com isso?
Luke: Esquece abra os olhos- Em minha frente tem um ursinho de pelúcia extremamente fofo abraço o urso e sorri contente pelo presente
Eu: Muito obrigada muito obrigada mesmo adorei! Ele vai se chamar Rainbow Teddy Bear  
Luke: E para não se esquecer da gente
Eu: Eu não vou esquecer- Ele nada diz apenas tira o urso de minhas mãos e junta nossos lábios me pegando de surpresa, coloco minha mãos em suas bochechas me assusto ao sentir elas molhadas- Lukey não chora, por favor, vamos nos ver novamente
Luke: Eu adoro você - Luke diz sorrindo entre o beijo, quando separamos o beijo eu o abracei sentindo seu perfume de perto, fechei os olhos quando ouvi um soluço dele o apertei mais, contra mim o fazendo chorar baixinho- Não se esqueça de mim
Eu: Serão algumas semanas apenas- digo me afastando dele para encará-lo com seu rosto molhado
Luke: eu sei, mas eu odeio despedidas, são as piores coisas para mim- Ele diz baixinho, essa frase eu sinto que já escutei antes, mas deve ser coisa da minha cabeça- Desculpe por isso
Eu: Não precisa se desculpar não Lukey- Sorri para ele - Olha para você não sentir saudades minhas fique com isso- Tiro meu colar e coloco em seu pescoço
Luke:Uma bússola?- Luke olha curioso para o colar em seu pescoço sorrindo minimamente
EU: Sim, assim eu sempre vou estar com você em qualquer lugar, você sempre me achará a bússola lhe ira guiar para casa-Falo vividamente aquela frase já a escutei varias vezes, mas não me lembro quem me disse
Luke: Você tem que ir- escutei meu vôo ser chamado e olhei para o loiro
Eu: Tchau Luke, nós vemos em algumas semanas sweetheart- abraço ele mais uma vez e aquele foi o último abraço que eu dei em Luke antes de entrar no avião deixei o loiro ali com lágrimas nos olhos e com um colar que tem um grande significa para mim.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Quando cheguei em Londres fui sendo recebida por uma garoa fina que caia deixando o tempo nublado, como não tinha avisado ninguém que ia voltar apenas papai sabia, tive que chamar um táxi para me levar pra casa. O taxista havia me ajudado a tirar as malas do porta mala e deixou em frente a porta de minha casa, isso foi gentil de sua parte. Peguei a chave que meu pai deixou em baixo do vaso de flores, abri a porta sentindo o cheirinho de incenso que provavelmente minha mãe deveria ter acendido, tive dificuldade para subir com as malas quase as deixando cair escada abaixo, fiz meu caminho rumo a meu quarto. Ao abrir a porta olho por todo redor tudo continua no mesmo lugar, tiro meus sapatos e me deito na cama fecho os olhos e suspiro cansada pego meu celular e vejo algumas mensagens dos meninos trato de respondê-las rapidamente, me lembro que preciso ver as fotos da viagem procuro meu cabo USB na gaveta do criado mudo ao lado da cama, mas não o acho procuro na penteadeira e nada, vou ate o quarto de minha irmã e entro encontrando tudo bagunçado de roupas, sapatos, bolsas etc. Achei o cabo de minha irmã e corri até meu quarto conectando o cabo no celular e depois no notebook, tratei logo de procurar minhas fotos, fiquei espantada com o número de fotos que tiramos fora as que estão na minha câmera. Mesmo com todas as coisas que aconteceram foi bom de certa forma, foi bom descobrir a verdade de William, foi bom ter conhecido os meninos, foi bom eu me tornar a babygirl deles.

As coisas vão mudar a partir de agora, eu não estou mais tão sozinha.


Notas Finais


DEMOREI
Por favor tentem entender meu lado pois agora eu vou me formar e são tantas matérias pra estudar, minha vida anda bem confusa e não queria mesmo demorar pra postar. Me desculpem mesmo.
Talvez possa sair mais um capitulo hoje!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...