História How To Be His Boyfriend - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Daddy Kink, Hard Yaoi, Jikook, Lemon, Namjin, Vhope, Vkook, Yoongi Forever Alone
Exibições 211
Palavras 648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ois, não tenho nada pra falar, heuehsjehsh

Capítulo 1 - Sweet babyboy


Fanfic / Fanfiction How To Be His Boyfriend - Capítulo 1 - Sweet babyboy

Eu estava sentado na mesa de reuniões esperando Namjoon chegar, sempre atrasado mas o que eu podia fazer? Sair, abandonar meu posto? Nada, o contrato não me deixa fazer nada disso.

Passou-se minutos, e nada dele chegar, então resolvi ligar para ele.

(…)

Ele não atende o celular, podia ao menos avisar que iria fazer isso ou apenas falar “Jin eu vou me atrasar, querido” ele podia ao menos fazer isso.

Você deve estar totalmente perdido, não? Bem, Namjoon pediu para eu comparecer a sua sala de reunião, não há câmeras ou acesso a nenhum funcionário, apenas eu, e antes que fale alguma coisa, não, eu não sou funcionário dele, eu trabalho num restaurante.

Enquanto brincava com um lápis a porta se abriu emitindo um gemido e logo depois o barulho de pegadas vindo até mim.

- Pelo menos você esta aqui. - Falou Namjoon com os braços com cruzados.

Ele voltou a porta e pegou uma sacola que estava fora da sala, a jogou em cima da mesa e trancou a porta.

Uma sacola cor rosa clara com o nome de uma marca cravado em letras douradas, uma marca de renome pensei . Abri a sacola e tirei de lá um par de meias e uma saia, as meias era brancas e decoradas no começo com um  laço cor de rosa em cada uma delas e a saia com babados, e tecidos um pouco transparentes.

- Vista.

- O que? Não...não isso não. - Eu disse olhando incrédulo para ele

- Então você quer quebrar o contrato? - Disse Namjoon - Você deve me obedecer, não importa o que eu disser para você fazer lembra?

Abaixei minha minha cabeça e me levantei, tirei meu cinto e minhas calças, e coloquei a maldita saia, quando fui colocar a primeira meia Namjoon assobiou

- Venha aqui - Bateu em seu colo - Agora Jin.

Fui ate ele e sentei-me em seu colo, ele passou a mão entre meu braço e minha cintura e me segurou, apoiou sua cabeça em meu ombro, fazendo eu sentir sua respiração quente no meu pescoço.

- Coloque-a.

Coloquei a primeira meia, Namjoon roçou os lábios no meu pescoço, fazendo um arrepio passar por meu corpo e meu rosto ficar vermelho, não que já esteja, apenas ficou mais vermelho, coloquei a outra, pude sentir um volume em baixo de mim crescendo gradativamente.

- Nam-Namiee? - Disse eu - Tudo bem?

- Sim, baby. - Ele agarrou meu cabelos, não os apertou muito mas ainda doía um pouco.

Ele beijava meu pescoço, fazendo eu me arrepiar, ele subiu um pouco e começou a morder o lóbulo de minha orelha, em um ato repentino me encolhi, o que fez o mesmo soltar uma pequena risadinha convencida, ele agarrou minha cintura e me fez rebolar em seu colo, ele grunia baixo em meu ouvido.

Namjoon passou a mão por baixo da saia, passando os dados pelo meu pênis me provocado, não foi o suficientes para me deixar exitado, apenas ofegante.

O celular  no bolso de Namjoon vibrava, o que fez ele bufar e pegar o celular no bolso violentamente, ele olhou para a tela do celular e suspirou.

- Tenho que ir Jin, já deu meu horário.

Me virou de lado na cadeira, e passou a mão por trás de minhas costas e me deu um beijo na testa, por mais que ele seja abusivo e mandão, existem horas que ele se torna alguém humano, que não é tão viciado por sexo assim.

- Hum…ok.

Me levantei e tirei a roupa, e a guardei dentro da sacola, esperei Namjoon sair, e fui logo atrás dele, parei na recepção da sala dele, aparentemente ele é alguém muito importante é ocupado. Jin se ele fez você assinar um contrato, obviamente ele deve ser alguém importante, ele é o presidente de uma das maiores empresas de Seul, como você é ingênuo.


Notas Finais


Não tenho nada novamente ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...