História How we met each other - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias My Little Pony
Personagens Rainbow Dash, Soarin
Tags My Little Pony, Rainbow Dash, Soarin, Soarindash
Visualizações 22
Palavras 3.212
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Prometi, tá aqui, capítulo novo, galera.

Esse capítulo envolve um pouco mais a Rarity e a AJ, que são duas personagens importantes, principalmente mais pra frente.

Nope, não tem imagem para o capítulo de hoje, infelizmente, mas, fazer o quê? As coisas nem sempre são do jeito que planejamos.

Bom, não vamos enrolar, né? Espero que gostem do capítulo, bolinhos🎂💖

Capítulo 10 - A special look


Dash: Todas sexta-feira, as meninas e eu fazíamos uma noite das garotas, cada sexta na casa de uma delas. As vezes na da Rarity, as vezes na da Flutter... Ia variando. Nessa sexta especificamente, a noite das garotas seria na minha casa...

Autora2: Posso narrar? Posso? Posso? Posso?

Dash: Vai, criança, seja feliz!

Autora: Eu, você não deixa!

Dash: PORQUE VOCÊ NÃO CONHECE A HISTÓRIA!

Autora: ... Touché... Vai em frente, meu eu do futuro!

Autora2: Ebaaaa!

Soarin: Por que eu sinto que estou sendo deixado de lado?

 

Pov - Autora2

  Agora, todos se encontravam na tarde de sexta-feira. As meninas estavam nas arquibancadas, assistindo um amistosos entre Canterlot High e a Federal dos Dragons, uma outra escola da região.

 Pinkie Pie e Rarity estavam junto com as líderes de torcida, fazendo acrobacias e cantando e gritando o nome de seu Colégio e dos jogadores dos Wondercolts.

 

-... É bem assim... Que o time vai... Nós somos Canterlot High! -Pinkie cantava.

-ACABA COM ELES RAINBOW DASH! -Sunset e AJ gritavam das arquibancadas.

-VAI SOARIN, PARA DE JOGAR FEITO UMA MENININHA! -Flash e Thunderlane dessa vez. Nesse momento, Dash olhou para os dois, insultada pela frase.- Q-quer dizer... PARA DE JOGAR FEITO UMA GAZELA! -eles se corrigiram, antes que Rainbow fosse até onde estavam, o que não seria surpreendente, e desse uma surra neles.

-Yey! -Fluttershy torcia, com a voz baixinha de sempre.

-Vamos, Shy-Shy! Não seja tão... shy... -Discórdia caiu na gargalhada com a sua piada.- Entedeu? Eu fiz um trocadilho com o seu nome! Por que você é tímida! -ele explica, tirando um sorriso divertido da garota.

-Você sabe que gritar não é comigo e...

-FALTA! -o juiz grita.

-N-não fui eu quem derrubei ela, eu juro! -Ember, uma das jogadoras do time adversário, insistia, enquanto via Dash no chão, com a mão sobre o tornozelo.

-Pra fora do campo! -o homem insiste.- É pênalti à favor de Canterlot High! -neste momento, a torcida dos dois times estavam tensas. Faltavam exatos trinta e sete segundos, e, aquela seria a única chance dos Wondercolts desempatarem.

-Dash, tem certeza de que consegue bater? -Soarin pergunta.

-Qual é, eu já enfrentei dores pio... Ai! -ela resmunga ao tentar apoiar o pé esquerdo no chão.- Acho que eu torci o tornozelo...

-Eu posso bater, já que Dashie não pode! -Lightning Dust se oferece.

-NEM A PAU, JUVENAL! Eu vou bater esse pênalti! -Dash, cabeça-dura como sempre, insiste, indo mancando até a marcação.

-Ela não vai fazer isso... -Twilight questiona pra Sunset.

-Ela definitivamente vai. E, nós, como boas amigas, vamos apoiá-la! VAI DASH!

-... D-A-S-H... GO, RAINBOW DASH! -Rarity canta, do topo da pirâmide.

-VAI, RAINBOW DASH, ACABA COM A RAÇA DESSES CRETINOS VALENTÕES! -Toda a torcida se cala, e olham em direção ao centro das arquibancadas. Fluttershy estava sobre os ombros de Discórdia, e fora ela quem acabara de gritar.- O quê foi? Uma garota não tem mais o direito de apoiar a própria amiga? -e todos voltam a torcer.

-NÃO SE ATREVA A PERDER! -AJ grita.

 

  Dash olha pra trás, por um segundo, e vê todo o time reunido, todos com um sorriso de apoio, com exceção de Lightning, que mantinha o sorriso irônico.

  Ela se concentrou, e o juiz autorizou o lance. A garota fechou os olhos, e ignorou completamente a dor, chutando a bola, que entrou perfeitamente do centro do gol.

  E, assim que foi anunciado o fim de jogo, Dash se permitiu cair na grama, sorrindo.

 

-AÊ! UHUUUUU! RAINBOW DASH! RAINBOW DASH! -Flutter pulava e cantava.

-Eu sou incrível! -a garota de cabelos coloridos murmura, admirando o céu azul.

-É, senhorita incrível, é sim, mas, que tal irmos pra enfermaria agora? -Soarin pergunta, pegando ela no colo.

-Eu não quebrei a perna! Posso ir sozinha! -a garota ri.

-Qual seria a graça, se fosse assim?

 

~Quebra de tempo~

 

  Na enfermaria, Rainbow aguardava sentada na cama, enquanto balançava as pernas.

 

-Vocês. Foram. Demais! -Sunset sorriu, invadindo a sala junto com os outros amigos.

-Por um segundo, duvidei que conseguiríamos levar essa! -Flash concorda, rindo.

-Gato, ainda não aprendeu a não duvidar de mim? A propósito, gostei da torcida, Fluttershy!

-Muito obrigada... Não achei justo o que a Ember fez contigo, amiga!

-É... A Ember... Claro!

-Ihhh, nunca vi a Dash mau humorada após ter vencido uma partida! -Thunderlane aponta.

-Aconteceu alguma coisa, querida?

-Não, nada. Pelo menos não luxei o tornozelo. Teria sido um desastre se eu ficasse sem jogar! -Dash lembra.

-Obrigado pela confiança no seu time! -Soarin brinca.

-No time eu confio... Não confio em você na liderança!

-Como é que é, garotinha? Repita, se tiver coragem!

-Sabe que não pode me desafiar... Eu levo os desafios a sério, Fancy Boy!

-Elôou? É pra gente ficar segurando vela aqui? -Rarity pergunta, fazendo todos rirem.

-Segurando vela? Estamos segurando a Tocha Olímpica! -Pinkie provoca.

-Quem diria que a Dash ia ser a primeira de nós a desencalhar? -A estilista pergunta.

-Quantas vezes vou ter que lembrar? Nós. Não. Estamos. Na-mo-ran-do! -a atleta responde, séria.

-Bom, então, é com você, senhor Flash, pra tirar a Twilight desse chove não molha de vocês! -Discórdia, sem cerimônias, dá um leve tapa nas costas do amigo, fazendo com que ele e Twili corassem fortemente.

-Ok, Discórdia pra cupido 2017! -Dash fala, e todos riem.

-Bom, agora que já conversamos, acho que eu posso ir pra casa, certo? Ainda temos a noite das garotas pra organizar!

-Será que eu poderia participar, meninas? -Soarin questiona, com um sorriso malicioso.

-Cria vergonha nessa cara! -Rainbow dá um tapa na cara dele.

-Ai, qual é o seu problema? -ele finge estar zangado.

-Não importa quanto tempo passe, eles continuam os mesmos! -Sunset lembra.

 

  As meninas saíram da enfermaria, e caminhavam pelo corredor, quando são interrompidas.

 

-Twilight? -O garoto de cabelos azuis, Flash Sentry, chamou pela nerd.

-Ah, oi Flash... A gente não se viu a tipo... Cinco minutos?

-S-sim... Eu só queria saber... O que acha de... Sei lá... O que acha de sair comigo hoje a noite?

-Oh, é muito legal da sua parte, mas, hoje é a noite das garotas!

-E quem disse que a gente se importa? Ela com certeza vai com você, Flash! -Rarity responde pela amiga.

-Desde quando você toma as decisões no meu lugar?

-Não é como se você fosse recusar, querida. Olha como você está corada!

-B-bom... Nesse caso, parece que vamos sair hoje! -ela ri, tímida.

-Ótimo. Eu passo na sua casa às sete!

-Tchauzinho... -Twili espera ele se distanciar.- EU VOU MATAR VOCÊS!

-Uou, só pra eu saber, por que essa frase tá no plural? A Rarity fez tudo sozinha! -Rainbow se defende.

-E vocês ficaram caladas, apenas olhando... E-eu não posso fazer isso!

-Por que não, Twilight?

-Porque toda vez que estamos sozinhos, eu acabo falando uma coisa estúpida, e fazendo papel de boba!

-Twilight, você fica muito fofa quando faz papel de boba. Não tem com o que se preocupar. Um conselho de quem já namorou o Flash: ele é super gentil, e quando a gente teve que fazer aquele trabalho de Química, só falava de você. Foi até difícil concluir aquele negócio! -Sunset ri.- Então, relaxa!

-EXATO, TWI-KLE, RELAXA! -Trixie surge de uma nuvem de fumaça, provavelmente daquelas que ela usa em seus show ou para fazer as suas saídas "épicas".

-"Twi-kle"? -Twilight questiona.

-Claro. Gostou do que a Trixie fez com o seu nome? Juntei Twilight e Sparkle, em um apelido, já que nós vamos ser as melhores amigas do mundo a partir de agora!

-Nós vamos? -a garota de olhos roxos parecia repetir o que a outra falava.

-Esse corredor tem muito eco, não acha? Claro que vamos. Quer dizer, quem não quer ser melhor amiga da Grande e Poderosa Trixie?

-Eu nem imagino! -Sunset ironiza, parecendo se divertir com aquilo.

-E isso não teria nada haver com o A+ que tiramos no trabalho de Química, teria?

-Está acusando a Grande e Poderosa Trixie de interesseira? Que ultraje, Trixie jamais iria fingir uma amizade. JAMAIS!

-Meninas, eu adoraria ficar falando do quanto o Flash é louquinho por nossa amiga Sparkle, ou do quão interesseira a Trixie é, mas, tenho que ir na biblioteca! -Dash fala, indo em direção à escadaria.

 

  As garotas, param, encarando ela, meio incrédulas.

 

-Credo gente, assim vocês me ofendem! Eu vou devolver o quarto volume da série da Daring Do, e, pegar um livro de literatura emprestado. Eu não posso reprovar, nem nesse, nem nos próximos bimestres! -ela pisca pras amigas, e sobe a escada que levava para o segundo andar, com cuidado, já que seu tornozelo ainda doía.

 

  Era verdade que, entre as amigas, Dash não era A amante dos livros, porém, até ela gostava de ler de vez em quando. Principalmente quando os livros eram da sua autora favorita, A.K. Earling.

  Enquanto estava perdida em meio às estantes, Rainbow nota a presença de mais alguém ali. Alguém com quem ela queria muito trocar algumas ideias.

  Parada no meio de um dos corredores da grande biblioteca, segurando um livro, concentrada em cada palavra transcrita no papel, estava Lightning Dust, distraída.

  Dash pigarreia, chamando a atenção da colega de time.

 

-Oh, Rainbow Dash, é bom ver que seu tornozelo está melhor! -a jovem sorri.

-É... Eu bati o pênalti... A gente venceu... E a Ember foi expulsa do jogo injustamente...

-Como? Querida, ela cometeu uma falta. Você podia ter se machucado feio!

-As pessoas e o juiz estavam vendo tudo de um ângulo diferente... Mas, eu... Eu quem sofri a falta... Era uma disputa de bola acirrada, como qualquer outra, até que uma das minhas colegas de equipe se juntou à disputa, querendo me "ajudar"...

-Por que as aspas, flor?

-Meu Deus, você é muito sonsa. Lightning, eu não sou burra, muito menos cega. VOCÊ me derrubou! Ember nem tocou em mim!

-Eeeeu? Dashie, por que eu cometeria uma atrocidade com uma colega de equipe? -ela pergunta, passando por mim enquanto mexia em uma das mechas do meu cabelo.

-É exatamente por isso que estou aqui. Quero tentar entender... Eu tive uma boa primeira impressão de você, Lightning Dust, e, infelizmente, a cada dia que se passa eu sinto o quão errada estava! -A garota retruca.

-É incrível o que uma garota com ciúmes é capaz de fazer, né? Tudo isso, só pelo que eu e Soarin temos? -Dash acaba por não segurar a risada, mesmo que se controlasse para não fazer tanto barulho.- Acho bom que não se incomode de ser "a outra"... -Rainbow hesita, surpresa pela jovem saber de seu relacionamento especial com o atleta.- Ora, não me olhe como se estivesse surpresa. Vocês dois são tão discretos quanto elefantes em uma loja de porcelanas! -a jovem de olhos dourados comenta.

-Sabe, essa coisa que você e o Soarin tem... Acho melhor avisar pra ele, porque ele não parece fazer a menor ideia, Lightning!

-Dashie, Dashie, estou te avisando desde já, porque você é um doce de garota... -e por incrível que parecesse, sua voz não carregava um pingo de ironia, como se ela realmente gostasse de Rainbow.- Soarin gosta de brincar... Mas, ele sempre acaba voltando pra mim. Sou eu quem ele ama, não você. Então, sai desse jogo, antes que você se machuque...

-Você tem uma grande imaginação, né, garota?

-Eu, não. Agora você, acho que sim. Eu não quero ser a garota a te tirar desse mundinho de faz de conta que você criou, onde você e o meu gatinho têm um final feliz. Mas, acho melhor eu fazer isso, antes que seu sonho se transforme em um pesadelo. As coisas estão indo muito bem pra você por enquanto, só que não vai ser assim pra sempre. E eu não quero ter que tomar medidas extremas, sabe?

-Isso é uma ameaça?

-Não. É um apenas um... Aviso! -Lightning fala, colocando o livro "Doce Tortura" de volta na estante.

 

  Se não estivesse na biblioteca, provavelmente Rainbow estaria gritando de raiva da jovem. Ela não esperava essa confissão na cara dura.

  E as coisas que a rival disse se penduraram em seus pensamentos. "Ele sempre acaba voltando pra mim". O que ela quis dizer com aquilo?

  E a parte que mais a enlouquecera. O "aviso" que ela havia dado. Será que Dash deveria se preocupar com aquilo? Quer dizer, o que uma garota de 16 anos poderia fazer contra ela? Colocar cola na sua cadeira?

 Como em todas as vezes que elas conversavam, Dash foi embora frustrada, e com vontade de socar alguém. Coisa que logo desapareceu, quando Rarity e AJ chegaram em sua casa para a noite das amigas.

Fluttershy e Pinkie Pie não puderam ir, já que a Senhora Cake pediu ajuda com os bebês, gêmeos. Twilight a essa hora estaria em um encontro com Flash, e Sunset, por algum motivo misterioso, não havia dado as caras.

 Então, estavam as três, na sala da casa da atleta, Applejack deitada no tapete macio, com a cabeça sobre uma almofada, comendo pipoca. Rarity, sentada à esquerda no sofá de três lugares, digitando mensagens para Sunset Shimmer, sem respostas. E Rainbow, sentada no lado direito do sofá, prestando atenção no filme que se passava na TV.

Até que o celular da jovem de cabelos coloridos vibrou, e, só de ver o sorriso esboçado em seus lábios, Rarity sabia exatamente de quem se tratava.

 

-Eu já volto... -Dash falou, se levantando, e indo até a cozinha.

-Ai, ai... Ainda é esquisito pra mim ver a nossa Rainbow Dash suspirando desse jeito... Ela nunca foi de abrir os sentimentos ao público! -a estilista sorri.

-Aham... -AJ concorda.

-Mas, certamente, ela e Soarin são uma graça juntos!

-Aham...

-Essa é a sua parte favorita desse filme, não é?

-Aham...

-Eu engoli uma cobra na semana passada!

-Aham... -Rarity finalmente se estressa, e começa a bater com a almofada na cara da amiga.- AI!AI!AI!AI! Por que diachos você está fazendo isso?

-Porque você não está dando a mínima para o que eu digo! -Rarity se vira de costas para a amiga, que agora estava sentada.- Sabe que eu detesto ser ignorada... -ela faz biquinho.

-Desculpa, Rare... É só que eu estava perdida em pensamentos. Não foi minha intenção! -AJ fala, apoiando os braços no acento do sofá. A amiga olhou para ela por alguns segundos, e sua cara emburrada de desfez.

-Argh, que saco, sabe que eu não resisto a essa sua carinha de arrependida... -A garota de olhos azuis lembra, mostrando desistência. As duas voltam a se concentrar no filme, quando Rarity não resiste a fazer a pergunta que tanto queria.- E, então, vai me contar o que está te incomodando?

-Eu já disse que não é nada!

-E não me convenceu! -A jovem de cabelos roxos hesita.- AJ, assim como você tem o superpoder de saber quando alguém está mentindo, eu tenho o meu também. Nós estilistas temos uma visão diferente para o mundo. Um olhar especial para as coisas... Conseguimos ver cores que um olhar qualquer não poderia... Detalhes que passam despercebidos por muitos... Como quando você, Rainbow e Soarin entraram na sala de biologia, logo que eles começaram a ficar... O casal estava com as bochechas rosadas, por mais que ninguém conseguisse ver. Eu sabia exatamente o que estava se passando. Já você, estava com o olhar distante, meio pesado!

-Eu só estava preocupada com a bronca da professora!

-E na quarta-feira, você estava definitivamente preocupada com algo, seus olhos não estavam brilhantes como geralmente, e você mal conseguiu encarar a Dash, como se... Soubesse de algo e quisesse contar pra ela...

-E-eu só estava frustrada por ter esquecido a minha carteira na...

-Che-ga! -Rarity fala, séria, sem gritar, para não chamar a atenção da outra amiga, que ainda estava na cozinha.- AJ, quando eu olho no fundo dos seus olhos, eu consigo ver que está escondendo alguma coisa... E me magoa saber que você não confia em mim o suficiente pra contar, mas, se prefere manter o segredo, tudo bem! Não tenho o direito de te pressionar. Só não precisa ficar inventando desculpas. Apenas diga "Não quero compartilhar com você"!

-Rarity, isso não tem nada haver com confiança! -A cowgirl se apressa em dizer.- Pode ter certeza que, se fosse algo simples, você já saberia! É uma das minhas melhores amigas!

-Não precisa se explicar. Tá tudo bem. Eu só sinto falta da Applejack animada, confiante, e sincera que você era!

-Olha... Eu prometo que, no sábado, tudo se concertará, até lá, tudo o que posso dizer é que você não precisa esquentar a cabeça com os meus problemas. Okay? -AJ sorri, estendendo o dedo mindinho para Rarity.

-Okay... -Rarity responde, entrelaçando o seu dedo menor no da amiga.

-Rare?

-Sim, querida?

-Você disse que consegue ver através dos olhos... Certo?

-Sim! Os olhos são o espelho da alma!

-Hm... O que você acha do Soarin?

-Como?

-O que você acha dele? Já usou o seu "superpoder" nele?

-Pergunta interessante. Sim, eu já olhei através dos olhos dele... E vi um garoto gentil, determinado, que sente falta de alguém que era muito importante pra ele!

-Interessante...

 

Autora: Rarity é a mãe Diná? Médium?

Dash: Não enche o saco!

 

-Mas, as vezes, vejo segredos através daquele olhar pacífico, como se ele tivesse medo de algo acontecer, a qualquer momento. Sabe aquela pessoa que parece estar desconfiada o tempo todo? -Rarity explica, e AJ apenas ouvia, concordando com a cabeça.- Fora isso, ele é uma boa pessoa. Eu consigo ver o quanto ele gosta da Dash e dos amigos! Por que a pergunta, querida?

-Só estou preocupada com a nossa amiga! -a estilista solta um sorriso fofo.

-Você sempre foi assim, a mãezona do grupo! -Rarity abraça a amiga, pelas costas.

-Pelo menos uma de nós precisa impedir que as outras arrumem confusão. E quando se tem uma Pinkie Pie e uma Rainbow Dash na turma, se torna extremamente necessário! -elas riem.

-Posso fazer uma trança no seu cabelo?

-Pensei que achasse o meu cabelo uma palha...

-Era só pra encher o seu saco! -Rarity solta os cabelos loiros da amiga, e começa a separar as mechas.- Você é muito valiosa, sabia, amiga?

-Como assim?

-Você está sempre cuidando da gente. Se preocupa com todas, e tá sempre nos reconfortando com os seus abraços!

-Ah, mas, é como dizem... O que tem por dentro é o que conta!

-E você tem essa valor, interna e externamente. Você é linda!

-Há, não exagera!

-Querida, todas as garotas do nosso grupo são LINDAS! Você não é diferente. Você carrega ouro em cada fio dourado dos seus cabelos... Tem duas belas esmeraldas nos olhos... E tem diamantes cravejados em suas bochechas... Viu? Uma jóia rara!

-Você sabe como deixar uma pessoa pra cima, não é mesmo, fresquinha? -AJ fala, mais pra ela do que pra amiga, com um sorriso sincero no rosto.

-É pra isso que servem as amigas! -Ela responde, enquanto traçava o cabelo da outra.

-Prontinho, voltei, cambada! -Rainbow fala, se jogando no sofá.- Rarity, a Sunset respondeu?

-Nem sei... Estava distraída conversando com a senhorita Applejack. E então, o que o seu gato queria?

-Só me convidar pra ir ao cinema amanhã. Ele estava meio sério. Acho que quer falar comigo. É bom, porque eu também preciso conversar com ele sobre algo! -Rainbow fala, pensando em Lightning Dust.





 

Continua...


Notas Finais


E começou! Agora que o diabo tá solto, não para mais 😂😂😂😂.

Quero agradecer desde já a quem chegou aqui, e todos que comentam... O que seria de mim, sem o carinho de vocês, bolinhos?

A partir do próximo capítulo, eu vou começará a fazer algo que nunca fiz antes, então, estejam atentos às notas finais, okay?

Até lá, beijinhos de luz💕 See ya!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...