História How Would You Feel? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Hoseok, Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Lemon, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Taehyung, Vhope, Yaoi
Visualizações 15
Palavras 1.445
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aproveitem!

Capítulo 4 - Reciprocidade


Fanfic / Fanfiction How Would You Feel? - Capítulo 4 - Reciprocidade

*Conversa por mensagem*

JM: QUÊ? CHAMOU O HOSEOK PRA SAIR? CARALHO, COMO ASSIM?

V: Isso aí que você leu, tirei coragem do cú, e chamei!

JM: KKKKKKKKKKKK só pode!
Parabéns, cara, de verdade, sinceramente, achei que você ia ficar tão nervoso que não ia conseguir falar nada!

V: E por quê me deixou lá, então, filho da puta?

JM: Pra zoar com a sua cara no outro dia :v

V: Exemplo de amigo!
Mas... e aí? E você e o JungKook?

JM: Eu tô conversando com ele agora... ele é incrível!

V: OWN, que gay! KKKKKKKK

JM: Vai te fuder, seu arrombado! KKKKKK

V: KKKKKKK cara, vamos dormir, isso sim, está tarde e amanhã temos aula!

JM: Realmente, boa noite então!

V: Boa noite!

*Fim da conversa*

*No outro dia, no horário de saída da escola*

Kim TaeHyung ON
Chamei Hoseok para acertamos detalhes do encontro.

V: Então, será que dá pra você, hoje, às 16:00hrs?

JH: Dá sim!

V: Então me passa seu endereço por mensagem, vou te buscar esse horário.

JH: Tudo bem, mas agora eu preciso ir, tchau Tae, até mais tarde!

Hoseok falou por fim, me dando um abraço apertado e gostoso, me fazendo arrepiar ao perceber que aquele era nosso primeiro contato físico, senti meu rosto esquentar.

V:T-tchau...

JK: Vejam só, será verdade o que eu acabei de presenciar? Você marcando um encontro com Hoseok? As coisas mudam, realmente...

JungKook saiu do nada da sala da aula, ele estava ouvindo tudo!

V: Ah cala boca, idiota!

JungKook riu.

V: Cara, lembrei que preciso falar com você, é importante. Venha até minha casa daqui a uma hora, para concluirmos o trabalho de Geografia e conversarmos um pouco.

JK: Tudo bem, me passa seu endereço.

JungKook anotou meu endereço em seu caderno, se despediu e foi embora. Ele está notavelmente chateado porque Jimin faltou hoje, então ele foi obrigado a fazer dupla comigo no trabalho. Eu sei que ele não gosta muito de mim por achar que eu tenho alguma coisa com o Jimin, essa é uma das coisas que eu quero conversar com ele hoje, lá em casa.

                            ***

Chego em casa e me deparo com minha irmã no sofá da sala. Paro e olha para ela, não tenho coragem de dizer que sou gay, pelo menos não agora, acho que isso é um assunto que devemos sentar e conversar, afinal, nem sei qual é a opinião dela sobre homossexualidade (E se ela for homofóbica?), então eu só a comprimento, digo que meu amigo vem pra cá mais tarde e subo para meu quarto.

Tomo um banho, visto roupas de ficar em casa e jogo vídeo-game enquanto espero JungKook, não muito depois alguém toca a campainha e eu corro para atender, tenho certeza que é ele!

JK: Oi...

V: Oi, entre!

Dou espaço e JungKook entra devagar na sala, logo minha irmã se aproxima.

V: Hikoto, este é JungKook meu amigo. JungKook, esta é minha irmã, Hikoto.

JK: Muito prazer.

HT: O prazer é meu, entre, eu irei preparar um lanche e já levo no quarto!

V e JK: Okay, obrigado!

JungKook e eu começamos o trabalho, nos dividimos entre coletar dados na Internet e escrever, em pouco tempo, o trabalho já estava pronto.

Hikoto chega com dois pães com queijo e presunto fresquinhos acompanhados de dois copos cheios de Nescau. Agradecemos e ela se retirou.

JK: Então, o que é que você queria falar comigo?

V: Ah sim, quase tinha me esquecido, é sobre o Jimin.

A expressão de JungKook mudou de contente para séria.

JK: O quê tem ele?

V: Olha, eu vou direto ao ponto, não gosto de enrolação. Eu sei que você tem sentimentos especiais por ele, não adianta negar!

JungKook me encarou e abaixou a cabeça.

JK: Caralho, está tão na cara assim?

Eu ri.

V: E tem mais, eu sei que você não gosta muito de mim por pensar que eu tenho alguma coisa com ele.

JungKook levantou a cabeça.

JK: Me desculpe...

V: Tudo bem, eu no seu lugar também ficaria chateado, sei que nossa aproximação é exagerada, às vezes, mas queria deixar claro que eu não tenho nada com ele, até porque eu gosto de outra pessoa.

JK: Que eu já até imagino quem seja.

V: I-isso é o-outro assunto!- corei.

JK: Tudo bem, Tae, todo mundo já sabe que você gosta do Hoseok, tá na cara!

Nós rimos.

JK: E sobre o assunto do Jimin... bem, me desculpe novamente por pensar que vocês dois tinham alguma coisa, só que é a primeira vez que eu sinto algo desse tipo por um... garoto! É um pouco estranho pra mim, eu ainda estou me acostumando.

V: Tudo bem, cara, sério! Eu entendo, já passei por isso, na primeira vez que gostei de um garoto, me sentia bem confuso, mas descobri que isso não é errado, pelo contrário, toda forma de amor é válida! Acho que tanto você quanto Jimin deviam entender que isso que estão sentindo é normal.

JK: O QUÊ? JIMIN TAMBÉM ESTÁ APAIXONADO POR UM GAROTO? QUEM É A DESGRAÇA? EU ZURO QUE PEGO ELE E...

V: Calma, calma! É você! Jimin também está apaixonado por você, JungKook!

JungKook, que tinha levantado bruscamente ao ouvir que Jimin estava apaixonado, sentou-se novamente na cama, paralisado.

JK: E-eu? J-Jimin está a-apaixonado por mim? Como você s-sabe?

V: Fala sério, eu sou o melhor amigo dele, ele me conta tudo!

JK: Não, isso é besteira, você deve ter entendido errado, só pode!

V: Ah é? Então, dá uma olhada nas minhas conversas com ele!

Sentei ao lado de JungKook e mostrei minhas conversas por mensagem com Jimin, onde o mesmo dizia como era apaixonado por JungKook.

JK: Uau!

JungKook não conseguiu esconder a surpresa e felicidade que o invadiu, até porque seus olhos brilhavam.

V: Tive uma idéia, vamos ligar pra ele!

JK: O quê? N-nã...

V: Relaxa, não direi que você está aqui!

Disquei o número do Jimin no celular que imediatamente começou a chamar, depois de uns quatro toques, Jimin atendeu.

*Ligação por telefone no viva-voz*

JM: Alô? Tae? O que foi?

V: Como assim o que foi? Você falta à escola deixando todo mundo preocupado e acha que vai ficar assim? Quero motivos! E sem desculpas esfarrapadas!

JM: Olha, ganhei um pai e não sabia!

V: Palhaço... vamos, vai falando!

JM: Tudo bem... olha, cara, a verdade é que eu não consigo mais ficar perto do JungKook sem poder tocá-lo, você não sabe o quanto eu desejo beijar aquela boca irresistível dele, eu precisava de um dia para pensar e cheguei à conclusão que eu estou realmente apaixonado, cheguei ao meu limite, eu não aguento mais... Eu quero ele pra mim, Tae, é a primeira pessoa por quem eu sinto isso na vida, sabe, tenho vontade de casar com ele, adotar filhos e essas coisas, não estou brincando!

Nesse momento, olhei para JungKook que estava com a boca entreaberta, olhando com os olhos arregalados pro celular, totalmente imóvel.

V: Sabe, ele está vindo pra cá mais tarde, já que você faltou, ele fez dupla comigo no trabalho.

JM: Olha lá o que você vai fazer, hein? Não ouse tocá-lo e não olhe muito pra ele!

V: Nossa, como você é ciumento e possessivo. Relaxa, só vamos fazer o trabalho, lanchar e ele vai embora.- disse, rindo.

JM: É bom mesmo!

V: Cara, você não pode faltar à escola amanhã, precisamos conversar pessoalmente sobre isso.- disse, ainda rindo.

JM: Também acho, okay, eu vou amanhã, sem falta, tchau.

V: Tchau.

*Fim da ligação*

V: Está vendo? Ele é louco por você!

JungKook apenas me fitou por um momento, abriu um grande sorriso e me deu um abraço muito forte.

JK: Ele me ama, cara, ele me ama!

Pude perceber que ele estava chorando de alegria, retribuí o abraço e disse:

V: Disso eu nunca tive dúvida, mas e você? O ama?

JK: Sim, muito, muito, muito!

Depois disso continuamos conversando, abri meu coração e falei dos meus sentimentos por Hoseok e também sobre o encontro que teríamos hoje.

O relógio bateu 15:00hrs, já estava na hora de JungKook ir embora. Então ele agradeceu a mim e à minha irmã e foi para casa.

Comecei a me arrumar para encontrar Hoseok, fiz minhas higienes e vesti uma camisa preta, uma calça jeans, um casaco quadriculado e meu All Star botinha.

HT: Aonde meu querido irmãozinho pensa que vai vestido desse jeito?

Hesitei por um instante ao ouvir a pergunta da minha irmã, mas resolvi dizer a verdade... ou parte dela.

V: Tenho um encontro, tchau!

Hikoto abriu a boca para questionar mas eu já estava fechando a porta, do lado de fora da casa.

Notas Finais


Se gostou, dá like! Obrigada e desculpem qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...