História Human - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hollywood Undead
Personagens Jordon Terrell (Charlie Scene), Matthew Busek (Da Kurlzz)
Tags Dascene, Fluffy, Yaoi
Exibições 6
Palavras 360
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Poesias
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 1-Você é apenas um pequeno HUMANO



No final das aulas solto um suspiro aliviado, o céu estava belo: Tinha certo degrade de rosa com laranja juntamente com gotas gordas e brancas nomeadas por nuvens que davam um clima agradável.
Mas vi uma cena que me cortou o coração.
– Matt? Chorando de novo? – pergunto observando o mesmo encolhido.
– O- oi Jordon – cumprimenta ele em meio a soluços, então decido sentar ao seu lado e abraça-lo.
– Está tudo bem? – pergunto e o mesmo da um sorriso triste como resposta, nos fazendo ficar uns minutos em silencio.
– Por quê? – ele indagou, quebrando o silencio – Por que fazem isso comigo? Por que o mundo conspira conta mim? – pergunta ele logo voltando a chorar fazendo alguns fios de seus cabelos grudarem em sua face.
– Por quê? – chamo sua atenção, pegando em seu queixo secando as lágrimas e desgrudando alguns fios de seu rosto – Porque você é bom demais para esse mundo e porque nem todos são pessoas boas – digo e sorrio e ele sorri de volta – E você não deveria aguentar tudo sozinho. Você sabe que eu vou estar sempre aqui – terminei e olhei para o céu. 
 – É realmente uma pena que meu coração seja grande demais para meu corpo – ele diz e olha para o céu.
Era realmente uma merda a vida dele: A mãe morreu de câncer e o pai descontou toda a raiva no garoto e depois o abandonou juntamente a todos seus antigos amigos.
– Fico feliz que você seja o único que sempre esteve comigo – ele disse e me encarou.
– Eu sempre estarei contigo – disse – Apesar de eu sempre fazer aquelas piadinhas e te irritar, é porque te amo. – declarei
– Então como prova me beije – ele disse e entreabriu os lábios, foi tão simples e natural quando menos esperei eu estava com meus lábios colados ao dele fazendo movimentos suaves logo senti as gotas grossas de chuva em nossos corpos, mas não rompi o beijo. Apenas aproximei mais logo descolando pela falta de ar e o beijando de novo, mas esse último foi um selinho.
– Vamos... Você vai pegar um resfriado – disse e o mesmo sorriu como uma criança e pegou em minha mão e seguimos caminho.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...