História Human Nature - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Jackson
Personagens Michael Jackson
Tags Elizabeth Taylor, Michael Jackson, Rachel Romanov
Exibições 45
Palavras 2.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas! Como vcs estão? Bem... Eu tô muito, muito FELIZ! Estou feliz por dois motivos... O primeiro é que conheci o meu ídolo MICHAEL JACKSON SIIIIMMMM (tá ok foi uma hipnose em video q me fez conhece-lo) mas mesmo assim EU TÔ MUITO FELIZ! o segundo motivo é É O CAP 10 DA FIC AAAAAAAAA!!!!! Gente esse é o cap mais especial pra mim até agr pq quando eu escrevi esse cap a fic ainda não tinha nem começado, e eu tive uma ajuda especial da minha melhor amiga Larissa... Infelizmente ela veio a falecer mas esse foi o cap mais aguardado por ela em toda a fic... Então dedico esse cap a ela. Quero pedir logo desculpas por demorar a postar aqui... Eu irei viajar na semana q vem e para aonde eu vou infelizmente n tem internet... E quando eu voltar provavelmente a net daqui de casa esteja desativada... Então para postar o próximo capitulo vai demorar um pouco, espero q vcs entendam. É escutando a música titulo desse capítulo "Beautiful Girl" do Mike no "The Ultimate Collection" que entrego esse capitulo par vcs. Já vou pedindo: TENHAM PIEDADE DA MINHA ALMA. Huahuahuahuahuahaua. Bem sem mais enrolação, fiquem com o cap e até lá as notas finais. Boa leitura honeys. <3

P.S: o visual do MJ nesse capítulo é o mesmo da capa do cap.

Capítulo 10 - Beautiful Girl


Fanfic / Fanfiction Human Nature - Capítulo 10 - Beautiful Girl

– Rachel! – ouvi a voz enjoada de Anna preencher o silêncio que se fez entre eu e o casalzinho. – Mil desculpas, eu fiquei nervosa quando vi o Michael se aproximado tive que ir no banheiro aprender a respirar de novo. – ela disse dando uma piscadela para Michael.

Seu rosto ficou vermelho de novo e eu tive vontade de sair dali gritando igual a uma louca.

– Vocês querem ficar com a gente? Temos uma mesa grande. – Michael perguntou com um sorrisinho.

– Se a Rach estiver de acordo... por mim tudo bem. – Anna olhou para mim e pude ver a súplica para que eu aceitasse em seu rosto. Eu mereço.

– C-claro. Será um prazer. – eu disse sentindo meu rosto esquentar.

– Ah que ótimo! Vamos. – Michael disse e nos fomos em direção até a sua mesa que tinha 5 cadeiras. Todos sentaram e começaram a conversar, vez ou outra eu também entrava na conversa e interagia com eles. Preferi ficar em silêncio a maior parte do tempo por não ter o que falar com Michael, apesar de nos falarmos muito por telefone eu ainda estou completamente envergonhada com a situação que passei mais cedo... a tal Shana resolveu me odiar de vez e sempre que abro a minha boca pra falar alguma coisa ela fica me olhando torto quase que me matando com o olhar. A felicidade súbita que eu sentia desde que eu tinha me arrumado e saído de casa para vim pra essa festa tinha virado pó, e o arrependimento por ter aceitado vir para essa festa já se fazia presente em minha mente. O que diabos eu estava fazendo aqui? Isso não faz parte de quem eu sou... essas mulheres lindas e magras esbanjando seus namorados ricos e suas joias parecem nunca ter passado pelo o que eu passei a vida inteira... eu quero sair daqui e vou, não me importa mais se Anna vai ficar chateada ou não. Ela precisa entender que eu estou ficando sufocada aqui e não vou aguentar muito tempo.

– Anna... eu posso falar com você só um minutinho? – perguntei me levantando.

Michael e Shana apenas assistiam a tudo quietos.

– Claro... – ela disse me seguindo – Vocês esperam um minutinho?

– Sem problemas. – Michael respondeu sorrindo.

Nos afastamos um pouco da mesa e fomos diretamente para o banheiro em silêncio, chegando lá Anna me olhou com preocupação tirando de sua bolsa um batom.

– Está tudo bem? Você tá sentindo alguma coisa? – ela perguntou passando o batom rosa em seus lábios.

– Não... eu quero ir embora. – respondi encostando-me na pia ao seu lado de costas para o espelho.

– O que? – ela perguntou desviando sua atenção do espelho e olhando pra mim. – Rach... nós nem chegamos direito!

– Foda-se! Eu não quero continuar aqui e ver Michael e essa mulher que me odeia! Eu estou envergonhada... ela me olha como se fosse me matar. – eu disse irritada.

– Rach, cadê aquela felicidade que você me disse que estava sentido no carro a caminho pra cá? – ela perguntou guardando o batom na bolsa. – Você não pode me deixar aqui sozinha com eles.

Respirei fundo extremamente frustrada.

– A felicidade virou pó. Eu estou com muita vergonha dessa situação... Eu vou pra piscina, se perguntarem por mim não diga que estou lá. – eu disse dando as costas e saindo rapidamente do banheiro sem nem dar tempo de Anna falar mais alguma coisa.

Olhei para mesa distante onde estava Michael e a tal Shana os dois apenas conversavam e foi a primeira vez que vi ela sorrir ao lado dele. Até que faziam um casal bonito.

***

Rachel seguiu para a piscina da mansão que não ficava muito longe de onde ela estava sentada. Percebeu que não havia mais ninguém ali além dela mesma o que a fez sorrir. O sorriso que rapidamente se desfez e as lágrimas fizeram-se presentes, o motivo era simples: a vergonha. Ela nunca em sua vida havia passado por algo assim antes... sempre procurou ser amigável com todos e sua intenção não era ofender Michael e nem tão pouco a sua amiga-namorada. Michael poderia ser seu amigo a pouco tempo mais ela se sentia mal, como se tivesse dito algo grave ao ponto e ofender e machucar Michael profundamente. Para Michael isso não havia sido nada de mais, a vergonha para ele já havia passado afinal até Elizabeth achava que que Shana era namorada de Michael. Quando Anna retornou para a mesa sem Rachel ele se preocupou, desde que ele e Shana haviam chegado na festa ele notou que Rach não estava mais se sentindo a vontade e ficou metade do tempo calada e aérea enquanto ele Shana e Anna conversavam alegremente a mesa.

– Onde está a Rachel? Ela foi embora? – Michael perguntou assim que Anna sentou a mesa.

Anna olhou para Michael e Shana disposta a mentir mais quando viu em Michael uma expressão preocupada resolveu falar a verdade, mesmo que Rach a odiasse para sempre.

– Não. Ela não foi embora, está na piscina. – ela disse mordendo o lábio inferior.

Michael sorriu aliviado.

– Shana, você se importaria de ficar aqui com Anna? – perguntou já sabendo da resposta. Shana jamais diria não para ele.

– Claro que não, Mike. Vá atrás dela. – ela disse sorrindo.

Michael agradeceu mentalmente a Shana e saiu apressado indo em direção a piscina. Chegando lá ele viu Rach sentada na beira da piscina com os pés dentro d'água e os scarpin's ao seu lado direito. Rach estava distante, triste e pensativa e as lágrimas desciam lentamente pelo seu rosto. Michael ficou abalado ao ver sua amiga naquela situação, ele teve certeza absoluta que era por causa dele e se sentiu o pior ser humano da face da terra. Michael se aproximou da piscina e tentou achar um jeito de sentar perto de Rach que permanecia do mesmo jeito, parada fitando o nada enquanto mais lágrimas desciam do seu rosto.

– Posso me sentar aqui? – perguntou aproximando-se cada vez mais da piscina.

Rachel virou-se lentamente e surpreendeu-se ao ver Michael ali com uma expressão seria e preocupada. Ela afastou-se um pouco para o lado direito dando espaço para que MJ se sentasse ao lado esquerdo dela e assim ele fez.

– Eu vou matar a Anna! – ela exclamou secando suas lágrimas e rindo baixinho fazendo Michael rir junto com ela.

– Eu que perguntei a ela... – ele disse – Não faça nada com sua amiga.

Rachel voltou a olhar para a piscina escura.

– Eu sinto muito pela vergonha que te fiz passar, Michael. De verdade. – ela disse ainda fitando a piscina.

– Não, não sinta. Aquilo não foi nada demais... – Michael disse a fitando.

– Foi sim... a sua namorada não gostou quando eu disse que vocês eram um casal. Eu sei que você é discreto com os seus relacionamentos e acho que te devo desculpas por... te envergonhar diante dela. Eu notei o quanto você ficou desconfortável com aquela situação.

– Eu sou tímido, fiquei envergonhado por causa disso. E você não deve me pedir desculpas por nada. – ele disse colocando sua mão sobre a de Rach.

Rachel desviou seu olhar da piscina e olhou para Michael.

– Eu vi o jeito que a sua namorada me olhou... ela não gostou de mim, Michael. Não quero ser motivo pra briga no relacionamento de vocês.

Michael riu envergonhado ao ouvir as palavras de Rach a deixando confusa.

– Ela não é minha namorada. É só uma amiga, eu a chamei para vir a festa hoje comigo já que Elizabeth está ocupada.

– Então... ela não é sua namorada? – Rach perguntou sentindo seu rosto esquentar.

– Não... ela não é minha namorada. – ele disse sorrindo – Está tudo bem, Rach. Não precisa pedir desculpas por nada.

– Eu... estou com tanta vergonha! – ela exclamou vermelha como um pimentão e Michael riu – Eu me senti... tão mal... – ela disse rindo baixinho. – Mesmo que não seja necessário para você, eu queria te pedir desculpas. Eu não fiz por querer.

– Sem problemas. – ele segurou a mão dela firme - Vamos entrar? Acho que a sua amiga deve estar preocupada. – Michael perguntou olhando firmemente dentro dos olhos da ruiva.

– Vamos... vamos sim. – ela disse retirando lentamente seus pés de dentro d'água.

O silêncio se fez presente nos segundos em que Michael ajudou Rachel a se levantar. O toque de sua mão sobre a dela a deixou totalmente arrepiada e a maneira de como Michael a olhava a deixava intrigada e sem palavras... os dois caminharam em direção ao jardim conversado sobre assuntos aleatórios até que no meio daquela escuridão Rachel tropeça com os pés molhados em um dos fios de energia que estavam pela grama, em uma fração de segundos Michael segura em seu braço com força a puxando contra seu corpo evitando que ela vá ao chão. Os olhos dele encontram-se com os olhos dela e o silêncio permanece. Os corpos estavam colados e o pulsar do coração de ambos era acelerado. Michael nunca tinha olhado dentro dos olhos de uma mulher assim como agora e a timidez que antes sentirá ao falar com alguém do sexo oposto praticamente havia virado pó. Os olhos de Rachel foram em direção a boca de Michael desejando para que ele seguisse logo com próximo passo. Os corpos aproximaram-se mais e as respirações se juntaram ambos não aguentavam mais esperar por muito tempo então Rachel fechou lentamente os seus olhos e tudo o que pode sentir depois foi o toque macio dos lábios de Michael sobre os seus.

O beijo era calmo, e o contato das bocas era totalmente devagar. Michael a abraçou delicadamente enquanto a beijava pedindo passagem com sua língua e em questão de segundos obtendo êxito. Rach segurava seu rosto e o acariciava com os polegares. O beijo foi desacelerando e os lábios se afastaram um do outro. Michael a fitou e a timidez que havia virado pó voltou deixando Michael extremamente envergonhado do que fizera.

– Me desculpe – ele pediu sentindo seu rosto esquentar – Eu... nem sei o que dizer... você é tão linda. – ele disse a fitando dentro de seus olhos e Rach pode sentir a verdade em cada palavra que ele dissera.

Ela sorriu envergonhada e se aproximou dele novamente selando seus lábios ao dele com rapidez e urgência como se ela necessitase daquilo para viver obtendo a correspondência de Michael. Suas grandes mãos migraram para sua cintura a trazendo mais para perto e o beijo ganhou mais intensidade e a falta de ar não demorou muito para se fazer presente. Sem relutância os lábios se separaram e os dois se olharam mais uma vez.

– Acho que estamos quites. – ela disse corada e Michael sorriu.

***

Depois de nos beijarmos duas vezes resolvemos voltar para a beira da piscina e ficamos lá conversando por uns 20 minutos. Conversamos sobre tudo o que costumávamos conversar por telefone e eu lembrei a Michael que amanhã eu iria visita-lo no rancho e que ele ficava me devendo uma visita em minha casa também. Nos beijamos mais uma vez e depois voltamos para dentro da mansão. Anna me olhou torto como se soubesse o que havia acontecido e resolveu que já estava na hora de nos irmos embora. Me despedi de Michael formalmente e disse: "Até amanhã em Neverland!" Ele sorriu muito envergonhado e disse: "Até amanhã, estou muito ansioso!" E fomos embora. Ao chegamos em casa Elizabeth já tinha colocado a pequena Chelsea para dormir e já tinha ido dormir em um dos quartos de hóspedes da mansão, Anna se despediu e foi embora dizendo que amanhã viria me ajudar a escolher a roupa que eu iria vestir para visitar MJ no rancho dele.
Eu tomei um banho e fui para a cama eu estava exausta e ainda muito pensativa com o fato de ter beijado Michael e tudo o que tinha acontecido naquela noite.
   


Notas Finais


MAIS EU ME MORDO DE CIÚMEEEEEEEEE HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHA. Gente, a Rachel sentindo ciúmes do Mike com a Shana é mto fofo kkkkkkk a mulher chega a sair da mesa e ir p o frio pra n ver os dois kkkkkkkkj mds. Gostaria de agradecer as leitoras novas daqui que tem paciência pra lar essa fic... Obrigada por cada comentário de vcs e obrigado por cada fav <3 vcs são demais!

Bem vou ficando por aqui galero... Quando eu voltar eu juro solenemente que irei recompensar todas vcs. Um beijo na testa. Bye.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...