História HUMANIDADE POR UM FIO - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 15
Palavras 312
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Magia, Suspense, Violência
Avisos: Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pessoal, essa parte é meio inspirada em Guerra Mundial Z, então, aviso que contem spoilers, mas mudei várias coisas. Boa leitura ♡

Capítulo 8 - Guerra no Laboratório-Parte 1


Saímos para a "caçada". O grupo que foi: eu, Bruna, Vanessa, Léo, Victor, além do doutor. Os outros ficaram cuidando do abrigo. Levamos machados, facões, um taco de beisebol (meio Arlequina talvez...), uma pistola e dinamites como último recurso (vai que, né?) e também carne.

Fomos andando pelo caminhoa té o laboratório em silêncio, muito atentos a qualquer movimento. Estava tudo calmo. 

Chegamos no laboratório, era enorme. O doutor nos disse que a sala dele ficava na ala 2. O local tinha a ala 1, onde faziam alguna experimentos, nesse local haviam aparecido 5 zumbis, que o doutor conseguiu deter. Na ala 1, haviam duas pessoas de confiança que vigiavam as câmeras. A nossa única barreira contra os 90 zumbis, eram várias cadeiras empilhadas, o que 90 zumbis derrubariam facilmente.

Percebi que éramos a única esperança daquelas pessoas e do mundo.

Peguei um machado, Bruna um facão, Léo pegou o taco de beisebol e Victor pegou outro facão e uma pistola. Estávamos prontos para acabar com aqueles zumbis.

Saímos por uma porta, que daria para a ala 2. Andamos devagar e cuidadosamente, para não fazer barulho. Sem querer, Léo pisou em um caco de vidro (sempre desastrado), que fez eco e chamou a atenção de uns 15 zumbis que conseguimos conter sem fazer muito barulho (não sei como...).

Passamos por uma sala, onde estavam vários zumbis, inclusive um deles que estava muito atento e estávamos com medo de que ele percebesse nossa presença. Passamos abaixados e conseguimos. Até que, eu trombei numa mesa e vários zumbis começaram a correr atrás de nós (dessa vez, fui eu a desastrada). 

Quando corríamos, percebemos que teríamos que nos separar em dois grupos para despistá-los. Então, Léo e Victor disseram que iriam ser a distração, enquanto eu e Bruna, iríamos atrás do antídoto. Só vi Victor e Léo correndo feito loucos emaconhados com dois pedaços de carne, correndo na direção oposta.





Notas Finais


No próximo capítulo, vou fazer uma coisa que nunca tinha feito na fanfic.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...