História Hunters in Storybrooke - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time, Supernatural
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Castiel, David Nolan (Príncipe Encantado), Dean Winchester, Emma Swan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Sam Winchester
Exibições 50
Palavras 1.910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Sci-Fi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi pessoas, tudo bem com vcs ?
To impressionada como o ano passou tão rápido, como assim estamos em outubro ? Pelo menos o natal está chegando ebaaaa !

Capítulo 24 - Don't Let Me Down


Don't Let Me Down (Não Me Desaponte)

- Cass, leve Emma e Sam pra o hospital. – Dean fala enquanto tenta levanta a loira que gritava de dor.

- Dean, eu fico com você. – Sam fala ajudando o irmão com Emma.

- Eu preciso fazer isso sozinho. – Instantes Castiel desaparece com os três e Dean vai a procura de Regina. A floresta estava bastante escura e silenciosa, o que deixa assustadora, mas a única coisa que deixa o caçador com medo era o que Lúcifer viria a fazer com a morena.

Crashing, hit a wall

Right now I need a miracle

Hurry up now, I need a miracle

 

Stranded, reaching out

I call your name but you're not around

I say your name but you're not around

 

I need you, I need you, I need you right now

Yeah, I need you right now

So don't let me, don't let me, don't let me down

I think I'm losing my mind now

Despedaçado, bato em uma parede

Agora eu preciso de um milagre

Apresse-se agora, eu preciso de um milagre

 

Parado, alcançando

Eu chamo seu nome, mas você não está por perto

Eu digo o seu nome, mas você não está por perto

 

Eu preciso de você, eu preciso de você, eu preciso de você agora

Sim, eu preciso de você agora

Então não me, não me, não me desaponte

Eu acho que estou ficando louco

Emma Swan P.O.V

Quando me percebi já estava numa sala de parto, Castiel estava ao meu lado, enquanto Sam chamava alguém, minha barriga doía tanto que nem pensar direito eu conseguia, minutos depois Dr. Whale entrou na sala.

- Esse bebê já vai nascer? – Ele fala confuso. – Acho que sua família adora um feitiço para acelerar a gravidez.

- Não tenho certeza se foi alguém da cidade. – Fala Sam encarando o médico. Sam deve ter ligado para Killian e minha família, porque eles apareceram rapidamente no hospital, até Zelena que ficou debochando de mim, já que eu fiz o mesmo com ela, Hook parecia feliz e preocupado, eu não falei nada só queria que tirassem esse bebê de mim.

- Vamos começar. – Dr. Whale me mandava fazer força, mas nada que eu fazia era suficiente, a dor era inimaginável, eu já havia passado isso com o Henry, mas parece que essa foi pior, todos saíram da sala ficando apenas Killian, que segurava minha mão, eu apertei bem forte, ele nem ligava, só esperava a chegado do nosso filho, que por ter chegado antes do esperado, nem deu tempo de fazer um enxoval.

t's in my head, darling I hope

That you'd be here when I need you the most

So don't let me, don't let me, don't let me down

Don't let me down

 

Don't let me down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, don't let me down, down, down

 

Running out of time

I really thought you were on my side

But now there's nobody by my side

Está na minha cabeça, querido eu espero

Que você esteja aqui quando eu mais precisar de você

Então não me, não me, não me desaponte

Não me desaponte

 

Não me desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, não me desaponte, desaponte, desaponte

 

Correndo contra o tempo

Eu realmente pensei que você estava do meu lado

Mas agora não há ninguém ao meu lado

Regina Mills P.O.V

- NÃO, NÃO, POR FAVOR! – Falei enquanto ele se aproximava com uma faca, mas meu pedido foi em vão, ele passou a faca em meu braço, aquilo doía demais e ele apenas ria vendo meu sofrimento, tentei me manter forte, mas a cada corte a força ia embora.

- Não seja medrosa, mal começamos. – Falava rindo, sua risada entrava em minha cabeça, mexendo com meus pensamentos, ele me torturava fisicamente e mentalmente, ele tinha aquele poder. – E não se preocupe seus amigos não vão te achar nem tão cedo. – gargalhou.

- O que você fez com eles! – Falei tentando aumentar meu tom de voz.

- Não foi uma coisa ruim, só me dei tempo... Vamos dizer que Emma ganhou um presente mais cedo. – Ele se afastou e foi amolar a faca.

- Você não fez nada ao bebê dela?! – Fiquei temorosa, ele tinha poder para acabar com o filho de Emma.

- Não, ela só teve a criança mais cedo, nada demais. – Ele ainda continuava amolando a faca. – Mas pare de pensar neles e pense em você... Fica tão mais bonita toda cortada.

- Você é nojento. – Ele fez uma cara de deboche.

- Não critique meu gosto, agora vamos brincar mais um pouco. – Ele volta, só que dessa vez pega uma faca muito maior. – Agora as coisas vão ficar mais interessantes.

I need you, I need you, I need you right now

Yeah, I need you right now

So don't let me, don't let me, don't let me down

I think I'm losing my mind now

 

It's in my head, darling I hope

That you'd be here when I need you the most

So don't let me, don't let me, don't let me down

Don't let me down

 

Don't let me down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, don't let me down, down, down

Eu preciso de você, eu preciso de você, eu preciso de você agora

Sim, eu preciso de você agora

Então não me, não me, não me desaponte

Eu acho que estou ficando louco

 

Está na minha cabeça, querido eu espero

Que você esteja aqui quando eu mais precisar

Então não me, não me, não me desaponte

Não me desaponte

 

Não me desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, não me desaponte, desaponte, desaponte

Emma Swan P.O.V

Passaram-se meia hora, que para mim foi um ano e essa criança ainda não saiu, fiz tanta força, apertei muito a mão do Killian que já estava completamente roxa.

- Emma, você consegue. – Aquelas palavras me deixaram forte e tirou meu nervosismo. Concentrei-me, respirei fundo, então juntei as forças que tinha e enfim nasceu. Para nossa felicidade e surpresa era uma menina, uma bela menininha, Whale a cobre com um lençol rosa que havia na sala e me entrega, então a olho e vejo a quão bonita e frágil ela é. – Nossa princesa. – Killian fala emocionado.

- É sim. – Falo chorando, meus pais e Henry escuta o choro e vêm ao  encontro da minha bebê. – Henry vem conhecer sua irmãzinha.- Ao escutar que era uma menina, pude ver lágrimas saírem dos olhos de minha mãe.

- Ela é tão bonita. – Fala dando um beijo na testa dela. Killian com muito cuidado o que achei extremamente fofo da sua parte, a pega no braço e balança, fazendo ela se acalmar.

- Acho que alguém gosta mais do papai. – Falei enxugando as lágrimas, todos ficaram ao redor de Killian, enquanto fazia a maior cara de bobo.

- Então mãe, qual vai ser o nome dela? -  Pensei um pouco e respondi.

- Cecília Swan Jones. – Killian me olha todo orgulhoso, com um sorriso imenso.  Eu estava quase sem forças, mas consegui usar magia e trouxe meu antigo cobertor e nele apaguei meu nome e Coloquei Cecília, Killian se aproximou e me entregou minha filha, que ainda estava com sangue, então por cima do lençol rosa coloquei o seu mais novo corbertor.

Oh, I think I'm losing my mind now, yeah, yeah

Oh, I think I'm losing my mind now

 

I need you, I need you, I need you right now

Yeah, I need you right now

So don't let me, don't let me, don't let me down

I think I'm losing my mind now

 

It's in my head, darling I hope

That you'd be here when I need you the most

So don't let me, don't let me, don't let me down

Don't let me down

Oh, eu acho que estou ficando louco

Oh, eu acho que estou ficando louco

 

Eu preciso de você, eu preciso de você, eu preciso de você agora

Sim, eu preciso de você agora

Então não me, não me, não me desaponte

Eu acho que estou ficando louco

 

Está na minha cabeça, querido eu espero

Que você esteja aqui quando eu mais precisar

Então não me, não me, não me desaponte

Não me desaponte

Dean vagava pela floresta, então parou para respirar, até escutar gritos vindos de um lado, o loiro começa a correr na direção do som e se depara com uma casinha, com as luzes acesas, o caçador tinha certeza que Regina estava lá, mas a questão era como entrar, já que não poderia acabar com Lúcifer, já que não tinha um jeito. Ele mesmo assim resolve entrar, silenciosamente, com a faca dos anjos em punho, primeiro foi até a janela e pode perceber que Regina estava em pé amarrada e toda ensanguentada, enquanto o arcanjo a cortava mais e ria da situação da morena, Dean se sentiu fraco ao ver a prefeita sofrendo daquele jeito. Ele então fecha os olhos e se ajoelha.

- Sei que nem deve está me escutando, mas vou falar do mesmo jeito. – Fala pausadamente.- A mulher que eu amo está sendo torturado por um de seus filhos e com certeza você sabe quem é e ela não merece isso. – Respira fundo. – Deus, preciso de sua ajuda, Lúcifer é forte demais para mim, por favor dê um jeito. – Ele abre os olhos e observa o céu por alguns segundo, bufa, por não ter sido atendido e se levanta e quando tira os joelhos do chão , um clarão na casa, ele olha e Lúcifer estava sumindo, ele apenas sorri e corre em direção a Regina, que tapava os olhos por conta da luz, finalmente as coisas voltam ao normal e lá está a morena com sangue em todo o corpo.

- DEAN ?! – fala aliviada e um pouco desconfortável, não queria que ela a visse daquele jeito. Dean não fala nada apenas vai desamarra-la e finalmente solta, o loiro a puxa e lhe da um beijo.

- Regina, eu não me importo se você ainda sente algo pelo Robin eu entendo, mas eu quero ficar com você. – A morena sorri e antes que responda, ela desmaia, Regina estava fraca, antes que ela caísse no chão o caçador a segura e sai com ela nos braços pela floresta, até avistar seu irmão no Impala, na rodovia. Sam para o carro e ajuda com Dean a colocar a prefeita no banco de trás e a levam para o hospital.

Don't let me down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, don't let me down, down, down

 

Don't let me down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, down, down

Don't let me down, don't let me down, down, down

Não me desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, não me desaponte, desaponte, desaponte

 

Não me decepcione

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, desaponte, desaponte

Não me desaponte, não me desaponte, desaponte, desaponte



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...