História Hunters-interativa - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas, Supernatural
Tags Interativa, Supernatural, Terror
Exibições 14
Palavras 1.227
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Crossover, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Personagem no cap

https://spiritfanfics.com/perfil/hikarunedeshik/jornal/hunters-interativa-6657132

Coloquei o link por não ter o link da imagem,enfim

(Anonimo:cap curto em)

Eu:sim ta foda escrever,tempo ta corrido

(Anonimo:vai voltar ao normal quando?)

Eu:sem previsão até porque comecei a trabalhar(adios procrastinagem)

(anônimo:e como ficaram os caps?)

Eu:vou manter toda semana mais escrevendo o maximo possível.

Enfim mais questões só perguntar nos coments

Capítulo 6 - Inicio de um problema


  ...Já era noite,a hora perfeita para caçar,Nate estava dirigindo em alguma estrada de terra,em uma área rural,não sabia onde estava,afinal estava desde montana perseguindo um demônio de jersey enorme,a criatura tinha uma asa ferida devido a um tiro de escopeta que o rapaz acertou,saia batendo em todo canto e arvore,mais quando subia dava vôos longos e velozes,O que dificultava para Nate que alem de estar acelerando,estava com uma mão no volante outra num rifle de assalto tentando atingir o monstro..

Nate:droga!!!FILHO DA PUTA FICA QUIETO!-gritou em quanto atirava e errava os tiros,já que o carro balançava por causa da estrada.

     Após um tempo,a criatura cai rompendo uma guarnição para uma auto estrada,Nate vai atrás mas da uma arranhada na pick-up:

Nate:ta zoando!?AAAAAAAAAAHHHH!!!

     A criatura seguia a estrada por não ter como passar para o outro lado,já que havia uma montanha,então após Nate se concentrar,acerta três tiros fazendo o monstro cair e capotar na pista,Nate para o veiculo,e sai com o rifle na mão,vai caminhando lentamente em direção a criatura caída mas viva na estrada,ele para um pouco afastado e admira sua conquista,iria descontar sua raiva pelo prejuízo e tempo tomado pelo monstro,então ele levanta a arma,aponta pra cabeça da criatura,e antes que ele disparasse,um tiro e ouvido e logo a cabeça do monstro explode,então rapidamente o rapaz vira irritado,procurando o culpado pelo roubo de seu momento,e então se depara que ao lado de sua pick-up,estava uma nsx comcept branca,e apoiada no capô,estava uma jovem loira com um as.50 em mãos.

Nate:Ei ei ei!que porra é essa?eu estava atrás dessa coisa a noite toda!

     A garota não disse nada,apenas estava desmontando a arma e guardando numa mala,Nate fica irritado e anda mais rapidamente em sua direção-ei!to falando com você!

  A garota calmamente vai na direção do rapaz e estende a mão,estava usando uma luva de direção marrom.

?:prazer,me chamo kwon ha yi-a voz dela era calma assim como sua expressão.

Nate:acha que vou apertar sua mão depois do que fez?

Kwon:faça como queira-então abaixou a mão e foi andando para o veiculo-mas você não era o único atrás da criatura,eu estava atrás dele fazia dois dias.

Nate:haha!acha que vou cair nessa?

Kwon:veja por sí só-então ela mostrou um rastreador indicando a localização da criatura-eu o marquei com uma bala rastreadora.

    Nate levanta uma sobrancelha,estava surpreso com os equipamentos da garota-se você tem uma bala ratreadora,poderia ter poupado tempo e usado uma explosiva.

Kwon:não seria adequado-então ela pegou outra mala e foi até o monstros primeiro que faria um barulho desnecessário,e segundo e que os demônios de jersey nesse tamanho estão em uma condição rara-então ela puxou uma faca e começou a cortar a barriga do animal-seu figado está com os hormônios alterados,criando um feromônio,e se torna uma isca para alguns tipos de criaturas.

Nate:oook...mas ainda sim perdi muito tempo com ele.

Kwon:me desculpe havia esquecido,obrigada-e voltou ao veiculo com o figado na mala e logo tomou seu rumo...

      ....[algumas horas depois]...

Pov's Nate

    Aquela noite foi difícil,mais não foi de todo mal,decidi então passar o resto dela em um bar conhecido da região,o lugar era bom para se embreagar e aliviar o estresse dos últimos.

     Estava no meu 3° copo de vodka(Nate tem uma bebida para cada sintoma que possa passar,para insonia cerveja com um teor maior de álcool,cansaço muscular vodka,para energia tequila e para qualquer problema o bom e velho whisky)quando pela porta,entra a japinha loira,ela entra e tranquilamente senta ao meu lado.

Kwon:ola.

Nate:ola?-que que ela queria?

Kwon:está armado?

Nate:e porque precisaria?

Kwon:pelo que está por vir.

Nate:an?olha já vim aqui varias vezes,o pessoal aqui pode se semi-ghouls mais são de boa,sabem seguir regras,não ouvi grandes problemas deles,afinal qualquer coisa mais séria eu já resolvia.

Kwon:não é essa informação que recebi,dizem que estão sobre nova direção,e só estão aguardando o momento em que serão convocados para um grande ataque.

Nate:como assim?vão atacar quem?

Kwon:não tenho essa informação,mas é melhor baixar o numero deles antes de terem uma reação.

Nate:droga...bom alguma ideia?

Kwon:sim-então ela jogou uma bolinha no chão-feche os olhos- por precaução fiz isso,e escutei o estouro de uma bomba de luz,ao abrir os olhos todos estavam com os olhos fechados e atordoados.

     A garota sacou duas  beretas e saiu acertando alguns dos ghouls,que já estavam liberando suas armas corporais,apos um gole direto da garrafa,sacudi a cabeça e sai na pancadaria mesmo ,bati em um com um banco e após quebra lo,finquei um pedaço do banco na cabeça de um deles,logo pulei em cima de um outro e ao derrubado,comecei a pisar na cabeça ate que ela se partisse,porem um tentou me atacar com algo semelhante a uma foice que saiu do seu braço

Nate:ei japa,tem uma faca?

    Ela me jogou uma,e então pude me defender,apos uma terceira investida,consegui degola-lo e comecei a cortar seu braço,a arma não duraria muito tempo com seu dono morto,e tai eu ia aproveitar,utilizando a foice foi fácil matar três,até que ela quebrou.

     O bar estava ficando limpo,e nisso pude perceber o modo como a garota estava no combate,ela era bem ágil e precisa,andava e as vezes saltava de uma certa forma...graciosa,pra falar a verdade parecia uma bailarina,e por algum motivo eu fiquei parado olhando pra ela,o que me acarretou levar um corte nas costas,o filho da puta que me acertou me arremessou longe,mas de onde eu cai acertei a faca em sua testa apos arremessar,nisso a garota já estava encerrando o serviço,meio dolorido fui até o balcão,e peguei uma garrafa.

Kwon:vai beber de novo?-disse um pouco ofegante

Nate:não,mais vou dar um jeito nesse lugar-comecei a jogar as garrafas no chão,depois de deixar o lugar meio encharcado,sai com a garota,e com um coquetel molotov incendiei o lugar.

Kwon:o que foi?-ela deve ter visto minha cara de infelicidade.

Nate:gostava desse lugar...

Povs narrador

   Após a garota ver o grande corte nas costas do rapaz,kwon logo se aproxima e diz:

Kwon:isso precisa ser cuidado agora.

Nate:o que?-o rapaz ainda estava meio anestesias pela bebida e adrenalina-a isso?eu dou um jeito.

Kwon:desculpe mais pelo sangramento não vai ter tempo de chegar a lugar algum,venha tenho um kit de primeiros socorros.

    O rapaz a seguiu e se sentou na traseira da pick-up,ela logo veio com a agulha e os outros equipamentos.

Kwon:o sangramento já está parando-disse meio intrigada com a situação.

Nate:tenho um bom metabolismo..

    Nate estava meio incomodado com a situação...receber ajuda era algo raro,mas havia algo mais,que fazia ele ficar um pouco mais incomodado por causa da garota..o rapaz se sentia um pouco atraido por ela,mais pelo seu estilo de vida que era meio isolado,estava meio desacostumado  com aquela situação, e sem perceber,aquilo acabou sendo um gatilho para uma lembrança,os olhos de emma vieram a sua mente,e logo viraram os olhos do demônio que a matou,un grito foi ouvido em sua mente,e o rosto de Emma pedindo socorro o fez sentir por alguns segundos,os sentimentos daquela noite novamente...

   ...ei..ei você está bem?-kwon dava leve tapas no rosto de Nate,que havia congelado por uns instantes.

Nate:an..e-estou-disse ainda se sentindo um pouco mal

Kwon:bom e que a agulha quebrou no meio da sutura...isso é bem estranho,vou pegar outra,mas antes..não tem nada que eu precise saber?

Nate:como assim?...aa não,eu sou humano,100%

Kwon:OK...

   Nate estava com vontade de terminar o caso logo,ele estava sentindo que o tempo que passasse com kwon iria acabar despertando cada vez mais e mais lembranças do seu trágico ocorrido em seu passado


Notas Finais


O que acharam?por favor comentem,assim da aquela motivada pro amigão continuar aqui,enfim até a próxima,fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...