História Hurricane - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Bangtan Boys, Festa, Ficção, Hasad, Jikook, Jimin, Jungkook, Romance, Violencia, Yaoi
Exibições 19
Palavras 577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Chapter Ten


Fanfic / Fanfiction Hurricane - Capítulo 10 - Chapter Ten

Hoseok até então ficou surpreso.

Nunca havia acontecido de encontrar, nem um amigo sequer, fazendo isso. Mas no caso, Taehyung não era apenas um amigo.

Escondia de si mesmo o que sentia pelo outro, e se machucava cada vez mais com esse pensamento.

O que sentia pelo namorado, era verdadeiro. Porém, não tinha mais certeza de que queria aquilo com ele, pois muita coisa já havia mudado com a chegada de Taehyung em sua vida – como também cabeça - confusa.

Foi até Kim e o cara qual estava dançando, e ao ver o rosto do desconhecido, levou sua mão direita até a boca, e a tapou rapidamente.

Taehyung estava dançando com seu namorado; Min Yoongi.

O que faria agora? Estava praticamente ferrado - não que apenas ele tivesse feito algo errado -, mas na situação que se encontrava, se segurava para não chorar em meio aquelas pessoas bêbadas se esfregando um no outro com uma música totalmente calma, do estilo hippie.

Taehyung abriu seus olhos suavemente e deu uma olhada pelo lugar. Ficou como Hoseok – e Yoongi -, exatamente sem chão.

- Ho-hope? – perguntou em voz baixa, mas o companheiro de dança havia escutado e despertou logo quando o nome do amado foi proferido.

- Que caralhos está acontecendo aqui? - Hoseok disse, puxou os braços dos dois e os levou para um quarto que estava vazio, subindo as escadas. Sentaram-se na cama Taehyung e Yoongi, enquanto Hoseok ficava de pé, tentando digerir tudo que havia visto, pensado, e tentava descartar todas as teorias sem graça e contexto que havia criado em sua mente.

Agradeceria mentalmente se alguém aparecesse para lhe oferecer um cigarro, naquele instante.

- Eu vim pra cá pois descobri tudo o que tu fez, cara. – Taehyung começou – Agora sei que namora, e acho errado eu estar causando problemas pra ti e pra teu namorado. Sinto muito. – abaixou a cabeça.

- Desde o começo, eu sabia que você havia enganado a si mesmo quando disse que me amava. Aquilo no máximo foi uma paixão. Não fico bravo, só um pouco triste por não ter me contado. Olha, acho que quem atrapalhou tudo aqui fui eu – Min suspirou, e deu continuidade, batendo no ombro de Taehyung de leve – Eu, por saber disso, não fiz nada. Eu quero apenas que Hoseok fique bem, com quem ele estiver, quero que fique bem – olhou para este e sorriu fraco -. Bem, vou terminando por aqui porque se não lágrimas rebeldes irão escapar, então, tô indo. Boa noite à vocês e... – levantou-se, foi até o ouvido de Tae e cochichou: - Tu dança bem pra caramba. – deu uma piscadela e saiu do quarto, deixando-os à sós.

Nenhum dos dois tinham coragem para olhar um na cara do outro, mas a curiosidade e a insegurança de Hoseok reinou sua mente.

- O que ele falou? – perguntou, olhando sem graça para Tae, que ria internamente.

- Nada de mais, só que eu danço bem, huh. -riu-se.

Esperou que Seok sentasse, e o abraçou, enquanto recebia cafuné desajeitado do futuro namorado.

Enquanto Suga, foi lá para baixo, curtir. Queria conhecer novas pessoas, saber de mais gostos, provar algumas bocas, e quem sabe paquerar.

XxxX

Jeon estava no quarto, com Jimin. Estavam abraçados enquanto deitados se agarravam. Tiveram uma breve discussão ali por conta de Park não ter o avisado antes, mas logo voltaram beijos. Jimin não sabia, mas tinha um garoto de ouro em seus braços – agora agarrado em sua cintura -. 


Notas Finais


Foi curtinho... Sinto falta daqui. Beijos.
♡~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...