História Hurt - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Seohyun, Yuri
Tags Drabble, Seolri, Yulseo, Yuri X Seohyun
Visualizações 23
Palavras 402
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Fluffy, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, como estão?
Bem, fazia algum tempinho que queria escrever um drabble, então hoje bateu a inspiração.
Shipp escolhido pela minha bb, @namjoonude <3

Nos "vemos" nas notas finais.
Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo único; I will make you hurt.


Hurt, I will make you hurt​ | Capítulo único.

By: ~Easter_Eggs.

 

Havia machucado a si mesma hoje, para ver se ainda sentia algo. E, infelizmente, sentia. Sente. Sente mais do que desejava. Mais do que poderia. Seus sentimentos eram exclusivos, únicos apenas de uma pessoa; Kwon Yuri. Por mais que tentasse, almejasse, nunca iria poder matar aqueles sentimentos que lhe machucavam a cada segundo. Era impossível matá-los.

    “Eu vou fazer você sofrer”, alertou.

   Entretanto, Seohyun não deixou que estas palavras lhe parassem. Ela insistiu, foi atrás e se arrependeu imensamente. Pois Yuri estava certa, porque nesta história, a garota apenas sofreu, ferindo-se de uma forma que nunca imaginara. A cada toque, cada momento, estava mais e mais apaixonada e nunca odiou-se e amou-se por sentir algo. Os sentimentos que nutria proporcionaram cores que nunca tivera visto. Proporcionaram coisas que nunca pôde ter até então. Quando seu coração falhava uma batida, de alguma forma, sentia-se viva; completa. Sempre que a encontrava, sentia o vazio que predominava seu peito finalmente ser preenchido.    

    Mas há um ditado: quanto mais sentir, mais sofrerá.

    E este ditado até fazia sentido.

   Os sentimentos que possibilitaram vida e cores à Seohyun, também a mataram. Roubando quaisquer resquícios de pigmentos que lhe restara. Deixando seu mundo sem cor, novamente. Outrora, sua visão do mundo era desse jeito; fria, sem cores. No entanto, desta vez, o “cinza” de seu mundo, estava diferente. Estava mais morto que o comum. E isso a matou.

    Por que tu não podes me amar?

    Por que deu-me cores, se as retiraria em seguida?

    Com pouquíssimos gestos, Yuri a conquistou. Encantando-a por completo. Fazendo se apaixonar por cada detalhe da garota. Cada sorriso, cada olhar. Assim como suas palavras, seus gestos também a mataram.

    Ajoelhou-se ao chão, encostando a lâmina em seu pulso esquerdo, enquanto a segurava com a mão direita. Seus pelos se eriçaram graças ao contato com o objeto gélido. Com lágrimas em seus olhos - as quais já estavam prontas para cair -, cravou a lâmina em sua pele, perfurando-a. Gritou com o ato, enquanto o líquido escarlate começava a fugir, escorrendo pelo braço e caindo ao chão, manchando o carpete.

    Amá-la foi seu início, assim como seu fim.

    Há dois anos, aguentou amá-la. Há dois anos, sofreu por amá-la. Mas, infelizmente, não poderia aguentar mais dois ou três anos.

    Afinal, o amor é como um abismo. Quanto mais cai, mas difícil é sair.

 


Notas Finais


Bem, é isso! Espero que tenham gostado! Se sim, comentem o que acharam. <3
Não sei se alguém percebeu, mas estava escutando a música Hurt - Johnny Cash quando estava escrevendo, então digamos que influenciou um pouquinho neste drabble djhsfdnjkg (msc muito boa, recomendo).

Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...