História Hurt By You - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Elle Fanning, Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Amizade, Anatomia, Atração, Elle Fanning, Faculdade, Justin Bieber, Sentimentos
Visualizações 14
Palavras 714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLÁAAA! Sejam bem vindos! Pela primeira vez depois de muuuito tempo, decidi escrever uma fanfic com Justin. Adorei o fato de ele estar fazendo faculdade, e isso me deu algumas ideias. Então, por que não colocá-las no "papel"? Hehe. Só vou logo avisando que as atualizações vão demorar um pouco, já que eu tenho que estudar e todo aquele papo chato de vestibular. Quando eu tiver tempo e inspiração, irei postar! Vou TENTAR fazer alguns capítulos grandes, pois eu tô sem computador e tô escrevendo pelo celular, o que é um SACO! Mas vou tentar, ok? Espero que gostem. Um beijão.
(imaginem a personagem principal como a Elle Fanning)

Capítulo 1 - One


Você aguenta, Cecelia. 

Foi isso que eu pensei quando passei pelo portão de entrada da Universidade de Northern Iowa, me deparando com alguns universitários conversando paralelamente. Agarrei a alça da minha bolsa com força, sentindo minhas mãos suarem conforme eu andava. Isso sempre acontecia quando chegava o primeiro dia de aula, e eu simplesmente odiava. Novos objetivos, novos professores, novos obstáculos. Eu queria estar preparada, mas não estava. 

Encontrei Amber - minha melhor amiga desde que eu me entendo por gente - sentada em uma das mesas próximas ao refeitório. Senti meu estômago revirar assim que senti o cheiro de café e crossaint. Me sentei ao seu lado, e ela me olhou e me deu um abraço rápido, voltando a comer sua maçã ao mesmo tempo que mexia em seu celular.

- O que foi? - Questionei, colocando minha bolsa sobre a mesa e pegando dinheiro da minha carteira. Eu estava varada de fome.

- O Carter. Está namorando. - Ela falou com um fiasco de voz. Estava chateada, eu sabia.

- Viu isso no Instagram?

- Aham. E o pior é que não tem nem dois meses que a gente terminou. Eu o odeio, Cece. Odeio. - Minha amiga travou o celular, sentindo raiva. E como resposta, eu dei um suspiro, sem saber o que falar exatamente. Eu era péssima com conselhos.

- Você deveria parar de segui-lo. Assim você vai ficar sabendo da vida dele e ficar mal. Não quero te ver triste.

- Mas é que a gente terminou numa boa. Então, não é preciso eu dar unfollow nele. Quero mostrar que posso curtir as fotos dele sem desabar em lágrimas. Mostrar que segui em frente. - Ela me encarou com os olhos verdes, e só então percebi o quanto ainda estava magoada.

Amber e Carter namoraram por 3 anos, desde o ensino médio. Não era um namoro qualquer, era algo sério. Era aquele típico casal do ensino médio de filme americano. Todos tinham como meta um relacionamento como o deles, e eu cheguei a pensar que eles nunca iam terminar. Eu simplesmente não acreditei quando, há dois meses atrás, Amber me ligou chorando dizendo que eles tinham terminado. Carter tinha passado para Oxford, e segundo ele, não iria conseguir manter um relacionamento à distância. Pelo menos ele não a traiu, mas arranjou uma britânica rapidinho pelo visto.

Faltavam dez minutos para as aulas começarem, então aproveitei para comprar um café. Eu não tinha comido nada antes de sair de casa, devido a pressa. Por sorte, não me atrasei. Depois de comprar meu café e um crossaint, eu e Amber ficamos conversando sobre coisas aleatórias, nada que envolvesse um certo cara. Ela aparentava estar melhor agora, fiquei aliviada quando consegui arrancar alguns risos da minha melhor amiga. Já na sala de aula, eu e Amber sentamos uma ao lado da outra, como sempre, e o espaço ali estava começando a encher. Algumas pessoas - poucas, na verdade - vieram nos cumprimentar. Jason, o único estrangeiro da sala, deu um beijo em minha bochecha e fez o mesmo com Amber. Ele era australiano e eu simplesmente adorava seus cabelos loiros e sua pele bronzeada. Ele era um cara legal.

O professor adentrou na sala e colocou seus materiais sobre a mesa, e todos pararam de falar para prestar atenção no que o Mrs. Johnson falava. Logo a aula começou. 

Eu estava concentrada fazendo algumas anotações quando ouvi o som da porta sendo aberta. Todos pararam o que faziam para ver o que era, ou quem era, até mesmo o professor. E então os cochichos começaram quando os alunos perceberam quem estava ali. Minha reação foi largar a caneta sobre o caderno e respirar fundo, tentando controlar as batidas do meu coração, o que era praticamente impossível. Eu sabia que ele fazia faculdade à distância, mas nunca imaginei que fosse estar presente.

- Está atrasado seis minutos. - O professor comentou, e o garoto ficou meio sem graça. Eu simplesmente não conseguia parar de olhar 

- Desculpe. Não vai acontecer de novo. - Ele declarou, e então escolheu um lugar para se sentar.

Meu corpo tremeu quando o garoto passou ao meu lado, podendo sentir o cheiro do seu perfume. Como a sala estava lotada, sua opção foi sentar nas últimas cadeiras. Eu simplesmente não conseguia acreditar que Justin Bieber estava na minha turma.


Notas Finais


Sei que o capítulo tá pequeno, eu não queria fazer algo grande pois primeiro queria mostrar que o JB está na mesma turma que a Cecelia. No próximo capítulo, vou aprofundar um pouco mais. Se tiver qualquer erro, sorry. Como disse, to escrevendo pelo celular. O que acharam? Aceito ideias e opiniões.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...