História Hybrid. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Visualizações 43
Palavras 1.060
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Pansexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


imaginem a cena deste capítulo, sério, que amorzinho sz

Capítulo 4 - Four:


A semana da viagem de Yoongi estava próxima, e então, ele resolveu apresentar Hoseok e Taehyung um dia antes de ter que viajar para Daegu, em especial, onde nasceu e conheceu o mais novo. Avisou Taehyung de que estaria arrumando uma pequena machila com as poucas roupas de Hoseok, já que Jung estava acostumado a usar as roupas do Hyung.

Provavelmente, iria preferir usar as de Taehyung, ainda mais por ele ser maior que Yoongi.

Hoseok pensou um pouco quando terminou de calçar os tênis que ganhou de Yoongi - já que não cabiam mais nos pés de Min. - e fez um biquinho ao pensar que o amigo dele poderia não gostar de si.

E se ele fosse mal com ele? E se ele fosse igual as outras pessoas que o machucavam só por ser diferente? Isso era assustador para o pequeno.

"Yoongi, por que eu tenho que ficar com seu amigo? Eu sei muito bem me cuidar sozinho!" Disse o híbrido na porta do quarto, enquanto observava o mais velho arrumando sua mochila com alguns adesivos de diversos desenhos. - que ele mesmo escolheu.

"Aham, claro." Yoongi concordou, ascentindo levemente com a cabeça. "Me diga do que iria se alimentar em um mês comigo fora."

"Daquele pacotinho de macarrão que  que você sempre esquenta água e coloca ele lá, é gostoso." Hoseok disse parecendo se lembrar do macarrão instantâneo, no qual Yoongi preparava quando não tinha mais nenhuma comida congelada ou dinheiro.

"Você só ia comer aquilo?" O esverdeado pergunta arregalando um pouquinho seus olhos vendo o outro ascentir. "Por isso você está ficando gordo." Brincou.

"Gordo?" Hoseok pareceu não entender.

"É brincadeira." Desistiu de tentar explicar, e fechou o zíper da mochila de Hoseok, indo até o mesmo e colocado ela nas costas do mais baixo. "Vamos?" Perguntou para o híbrido e sorriu vendo ele ascentir.

Ambos caminhavam até o prédio que Taehyung morava, e Yoongi revirava seus olhos todas as vezes que era obrigado a arrumar a pequena touca do moletom de Hoseok que ficava caindo para trás por conta do vento frio da tarde em Seul. Hoseok, pelo contrário, ficava rindo e ouvindo as reclamações do mais velho. Coisas como "segura isso, hoseok." Ou "vento ridículo.", o híbrido estranhou o outro estar reclamando com o vento, mas, apenas deu uma risadinha baixa.

Yoongi sentiu o celular vibrar no bolso de sua jeans, e suspirou ao ver na tela escrito o nome de seu chefe. Se virou para Hoseok, que agora segurava com suas duas mãozinhas a touca cinza do moletom largo, e sorriu de canto atendendo.

Jung continuo olhando para frente, e abriu a boca em um "O" perfeito ao ver o tamanho que o prédio tinha, com certeza, era muito mais alto do que o de Yoongi. - ou pelo menos, Hoseok achou, e sentiu um arrepio passar por seu corpo. Ele tinha tanto medo de altura. Deixou os lábios finos em linha reta somente em pensar que o apartamento do outro fosse em um dos últimos andares.

Como ele iria se esconder para não ter que entrar na água do tão famoso banho em uma altura daquelas? "Aigoo.." Murmurou, e levou as mãozinhas até as alças da mochila azul marinho que levava nas costas.

Desviou o olhar para Yoongi, e suspirou ao ver ele com o objeto no ouvido enquanto falava algumas coisas que não entendia nada.

Provavelmente, eram negócios do trabalho dele, Hoseok já se acostumou  com poucos meses na casa do esverdeado consigo falando de trabalho e coisas sem sentido. Mas pelo menos, as músicas que ele fazia ficavam ótimas. Jung ouviu isso na voz que saia do celular de Yoongi um dia, Min disse que era seu amigo, mas Hoseok não prestou muita atenção pois estava tentando tirar um pequeno fio da barra de sua camisa.

"Hyung, chegamos..?" Sua fala saiu mais como uma pergunta, e depois de um tempinho curto, Yoongi desligou a ligação, ascentindo e guardando o aparelho celular no bolso de trás de sua calça.

"Chegamos, Hoseok. Quer entrar primeiro?" Perguntou sorrindo de lado, e o mais novo deu de ombros, saltitando levemente e indo até a entrada do prédio, sendo seguido pelo esverdeado.

O Kim de cabelos ruivos apertava o botão do elevador que descia para a entrada do prédio, o mesmo suspirava enquanto pensava em uma desculpa para dizer a Jongin por ter se atrasado. Mesmo que o outro Kim fosse um amor de pessoa, Taehyung sabia que iria levar uma bronca por ser o irresponsável que era.

As portas do elevador se abriram e o ruivo saiu dele com a cabeça baixa, fitando seus tênis - ainda pensava seriamente em dizer a Kai que se atrasou por conta do despertador, oque era uma grande mentira, já que ele que quis dormir até mais tarde
-, e se assustou ao ouvir uma voz familiar chamando por seu nome.

Logo levantou a cabeça ao reconhecer que a voz era de Yoongi e olhou um garoto a sua frente. Um garoto lindo a sua frente.

"Ahn, Tae?" O esverdeado disse depois de alguns segundos que o ruivo não desviou o olhar do híbrido. Não muito diferente do Kim, Hoseok sentia suas bochechas avermelhadas por ter achado o rosto do outro tão bonito, os cabelinhos vermelhos combinavam bem com ele, e na opinião de Hoseok, ele parecia ser fofo. "Esse é o Hoseok." Disse Min, sorrindo ao ver os dois se entre-olharem.

Agora Jung se encontrava com as orelhinhas se abaixando enquanto estavam escondidas por baixo da touca, e suas bochechas queimavam em vermelhidão por ver o outro passando a língua por entre os lábios finos. Por algum motivo, aquilo lhe chamou a atenção como nunca - nem mesmo um pirulito de cereja. -, chamou.

Taehyung não podia ficar mais nervoso do que estava naquele momento. E, nem mesmo sabia o por que de estar assim. Sentia suas bochechas ficarem quentinhas por poucos segundos ao se pegar fitando cada detalhe do rostinho liso e delicado do outro.

Talvez fosse por que estava na frente do ser mais adorável e lindo que já podia ter visto em toda sua vida, mas isso seria apenas um talvez. E talvez, ele teve vontade de retirar a pequena touca de cor cinza para ver as orelhinhas de Hoseok que tanto o deixaram curioso, mesmo sem as ver totalmente.

"Sou o Taehyung, prazer."


Notas Finais


finalmente o otope vai ter interação.

saranghae (:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...