História Hybrids! - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hibridos, Jihope, Vmon, Yoonkook
Visualizações 176
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - I'm sorry


POV SEOKJIN
 

Eu fiquei sabendo que houve uma briga aqui em casa quando eu estava trabalhando. Kyungsoo disse que havia acordado depois de ouvir gritos vindos ao lugar onde ficam os quartos, e descobriu que era Taehyung que estava a gritar com Yoongi depois dele falar mal do Namjoon.

O Yoongi é um híbrido bem peculiar, às vezes briga com todo mundo e às vezes parece um Namjoon 2.0. Ele sofreu (igual a todos) quando ficou na rua, mas sofreu principalmente pelos seus pais, que ele disse que eles não tinham orgulho do filho que tinha então ele desconta sua raiva nos outros. Mas, ele nunca brigou comigo, o que eu acho mais estranho.

Agora estou na cozinha, junto a ele, enquanto os outros meninos estavam na sala, eu irei fazer questão de todos ouvirem à bronca que eu irei dar nele.

- Yoongi, porque você fez aquilo com o Namjoon?

Ele ficou quieto, com a cabeça e as orelhas abaixadas, a ponta de seu rabo estava a mexer, parecia estar arrependido. E eu sei muito bem o porquê dele estar arrependido só agora.

- MIN YOONGI ME RESPONDA AGORA!

- d-desculpa... – seus olhos estavam a lacrimejar

- não me venha com desculpas, eu quero saber o porquê de você ter falado mal do Namjoon, sendo que ele NUNCA fez algo de ruim com você? Responda-me e sem mentiras

Minha voz estava mais grossa que o normal, e ela só fica desta maneira quando eu estou muito bravo.

- e-eu queria descontar minha raiva em alguém... E eu a-acho o Namjoon estranho às vezes...

Estava a tremer, gaguejava muito, ele nunca ficou assim comigo.

- n-na verdade – ele continua a falar – eu não acho o Namjoon estranho, é que eu s-sinto inveja dele às vezes – me surpreendo – ele pode ser triste as vezes, mas ele consegue ser feliz do jeito dele, tem uma pessoa no lado dele que o apoiam de verdade, é amado de verdade, ao contrário de mim que sou odiado por todos...

- ah querido, eu te amo, igual a todos daqui – me abaixo um pouco, até chegar a seu rosto, que distribuo dois beijos em suas bochechas – não se sinta odiado, e também não sinta inveja dos outros. Você às vezes é briguento, por isso leva uma má fama.

- eu não c-consigo me aguentar hyung, eu preciso soltar toda essa raiva que tem dentro de mim – ele coloca seu rosto em meu ombro, estava chorando – a culpa disso é dos meus pais.

- esquece os seus pais, se eles te amassem eles não iriam deixar você fazer aquilo – seguro seu rosto e beijo sua testa – agora, eu quero que você faça uma coisa.

- tudo que você quiser hyung – sorriu fraco

- você vai se desculpar de todos os meninos, de todas as coisas de ruim que você fez para eles, tudo bem?

Concordou com a cabeça, logo o levo até a sala, onde todos os meninos estavam.

- vai lá Yoon – sorrio para ele
 

POV YOONGI
 

Ok, lá vai...

Vou primeiro a Jimin, que estava ao lado de Hoseok, com uma de suas pernas em cima de um banquinho.

- Jimin, eu vim aqui me desculpar – ele olha para mim – bem, me desculpa por todas as vezes que te xinguei, de todos os apelidos chatos que coloquei em ti, principalmente pelo apelido de anão de jardim – seguro o riso, por bem pouco não o soltei

- está tudo bem, eu te desculpo – sorriu isso me deixou aliviado, mas ainda faltavam quatro pessoas.

Aproveitando que Hoseok estava perto, sentei ao lado dele, já o vi dando um sorriso sarcástico. Ele está aproveitando muito do momento.

- Hobi, me desculpa por te chamar de chato, e de outras coisas que eu não me recordo agora – pego sua mão e fico mexendo em seus dedos, esses dedos grandes e fofinhos.

- até o apelido de viado arco-íris? – deu risada – se bem que eu gostei desse apelido

Dou risada também e beijo as costas de sua mão. Em seguida, vou até Jungkook, que estava deitado no chão. Agacho-me ao seu lado.

- Kook, me desculpa por te fazer de capacho ou de ajudante, também de te ignorar às vezes, e os apelidos também – ele logo me abraça e eu me assusto.

- eu te desculpo Yoongi, e eu gosto de te ajudar, não se preocupe – sorriu, mostrando seus dentes de coelho, logo sorrio com ele.

Vou indo a Taehyung, logo ele me olha com o rabo meio arrepiado, às vezes eu tenho medo dele...

- TaeTae, me desculpa por aquilo, eu não queria que ficasse puto comigo. Eu sei, eu sou orgulho demais, mas por amizade eu deixo o orgulho por lado. Você me desculpa?

O olho com as orelhas abaixadas, os pelos de seu rabo ficam normais de novo, fico aliviado. Ele sorri para mim.

- eu te desculpo Yoongi, se você realmente prometer que nunca mais fazer isso comigo e com todo mundo daqui de casa – sorriu quadrado.

Agora era a hora.

Vejo Namjoon me olhando, encostado na parede e abraçando aquele urso. Vou até ele, devagar, sem mostrar nenhuma ameaça. Até que nós ficamos um na frente do outro, admito que estou bem nervoso e pronto pra levar um belo tapa na cara.

- N-namjoon... Desculpa-me por aquilo. Eu não queria que você ficasse triste de novo por minha causa, eu sou um idiota que só liga para si mesmo. Então, eu quero te ver feliz, você tem sorte de ter o Taehyung te agradando, o Tae é legal – suspiro, eu me sinto mais nervoso ainda – se você quiser me odiar depois de tanta coisa que eu fiz contigo, eu entendo, eu mereço...

Ele me abraça, um abraço amoroso, digamos assim. Sinto sua cauda se enrolando na minha, achei isso fofo. Coloco meu rosto em seu ombro, tentando esconder as lagrimas que caiam em minha cara.

- não se preocupe, eu te perdoou Yoongi. Eu sei que você não faz isso por mal, e eu gosto bastante de ti, você é como se fosse meu irmão mais velho – sorriu, mostrando suas covinhas – é só você se acalmar um pouco que irá dar tudo certo.

- m-me sinto mais feliz sabendo que você não vai espancar a minha bunda – riu fraco, o abraçando mais forte, sentindo seu rabo se enrolando mais na minha – eu gosto muito de você Joonie, depois você quer jogar vídeo game comigo? Só pra aumentar nossa possível amizade

- é claro! É sempre bom passar o tempo com as pessoas que gosta

Eu não quero que ninguém me odeie, eu não sou ruim do jeito que as pessoas acham, eu juro que não sou rabugento, eu juro...

 


Notas Finais


VÃO LER MINHA NOVA FANFIC ''Bangtan Girls'' MIA JUDA
https://spiritfanfics.com/historia/bangtan-girls-9925017


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...