História I always waited for you - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 19
Palavras 1.153
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Idiota.


P.O.V Annie.

Depois dessa "descoberta", vou em direção ao banheiro feminino. Preciso pensar e o banheiro no momento é o melhor lugar.

Paro de frente ao espelho, com uma garota ao meu lado.

- Pensando ? - Pergunta ela.

- Ah, sim. Pensando ? -Pergunto

-Sim. Prazer, meu nome é Clara. Você é nova aqui? - Fala Clara.

-Prazer, o meu é Annie. Sim, sou.- Digo, ainda olhando meu reflexo no espelho: Cabelos escuros, olhos claros, pele bem clara...nada especial. 

- Ah, já tem uma nova amiga.- Diz sorrindo.- Qual seu problema? - Pergunta, agora me encarando. 

-Como sabe que tenho um ? - Viro em sua direção.

-Seus olhos.- Diz dando de ombros.

Acho que posso confiar nela. Não só acho, como VOU confiar nela! Tenho que socializar, certo? Então já tenho uma nova amiga.

- Uns anos atrás, eu tinha um namorado que descobri que ele estava me traindo. Ontem á noite, um garoto tentou me beijar,mas eu não deixei por não o conhecer direito. - Digo olhando ela: cabelos castanhos claros e curtos, e olhos da mesma cor.

- E qual o problema nisso tudo? Fora esse babaca do seu namorado ter te traído, claro.

-Esse garoto que tentou me beijar tem namorada, eu não sabia, e quando o perguntei hoje ele disse que não tinha, mas depois uma loira veio e confirmou tudo.- Digo, claro que estou chateada com isso.

Ela pensou um pouco antes de dizer : 

-E você ficou chateada porque ele ia trair a namorada dele com você, e você seria "A Puta" ? E, você não gosta de traidores, até porque foi traída uma vez, certo?

-Exatamente. 

-Ahh, que idiota. Mas ele não sabe do seu passado, ou sabe?- Ela perguntou ajeitando a mochila em um dos ombros.

-Não, e nem vai. - Disse, me olhando novamente no espelho.Ela me olhou pelo espelho, confusa, e disse : 

-Você vai o ignorar? Ele não sabia que você foi traída. 

-Mas ele tem namorada! E não devia sair beijando outras por ai! Aposto que a namorada dele não gostaria nada se descobrisse. Sei como é ser traída.- Digo já saindo do banheiro e indo até a sala, com ela ao meu lado.

-Bem,nisso você está certa.

Entramos na sala e eu sento atrás dela, esperando o professor chegar.

Noah entra e eu faço o que posso pra não o olhar e Clara vira para trás e pergunta: 

-É ele?! Noah?!

-Ele mesmo.- Respondo com desgosto.

-Se eu fosse você tomava cuidado com a cobra da namorada dele! - Diz em um sussurro. 

-Por que? - Pergunto no mesmo tom de voz.

- Porque ela faz de tudo pra ninguém tirar o namoradinho dela.

-Ah. -Digo, e ela vira para frente assim que o professor chega.

- Aluna nova? Nome e idade, por favor. - Diz sentado na mesa dele me olhando com um sorriso. Parece um bom professor.

-Annie, 17 anos.- Digo meio constrangida por todos estarem me olhando.

-Bom, Annie, sou seu novo professor de história. - Diz e sorrio sem mostrar os dentes.

A aula foi boa, mas looonga.

Sai da sala com Clara assim que tocou o sinal do intervalo. 

-Vem, senta comigo! Eu te apresento um amigo meu. -Ela falou e reparei que ela disse "um", acho que ela não é popular. Já gostei mais dela.

Mas, já no refeitório, quando eu vi o amigo dela sentado em uma mesa, eu paralisei perto da mesa em que ele estava, enquanto ela se sentava do lado dele.

- Loiro?! - Mas que merda o Luke estava fazendo aqui? Quando ele mudou de escola ( que tinha sido pelo mesmo problema que o meu), eu e ele só nos falávamos por mensagem e de vez em quando nas férias. Mas eu não sabia que era EXATAMENTE essa escola.

- Annie? - Perguntou, claramente confuso. 

- Meu Deus, eu tive que mudar de escola, e por que não me disse que estudava aqui ?! - Perguntei indo o abraçar quando ele veio andando até mim.

-Sei lá, não achei que se importasse com isso. - Disse ainda me abraçando. Ele é um pouco maior que eu, então meu rosto fica bem na direção de seu ombro. Meu Deus, eu amo esse perfume. 

- Não acredito que estamos juntos de novo.- Falei rindo, eu estava completamente feliz! Nem Noah me fazia ficar chateada agora.

Clara veio até nós e disse sorrindo : 

-Parece que já se conhecem.

-Sim, conheço essa aqui desde pequena. - Diz quando nos soltamos.

Ela sorri, e nos sentamos. Eu ao lado de Clara e ele na minha frente.

-Pena que sou um ano mais velho que vocês. - Diz comendo uma maçã. 

-É. - Falamos juntas.

Umas 3 mesas de distância da nossa, vejo Noah, a namorada e o grupinho de amigos. Ele olha na minha direção, sorri e move os lábios formando um "Desculpa".

E eu, sempre trouxa, sorrio de volta, e movo os lábios, como ele, formando um "Tá".

Acho que estou apaixonada por esse garoto. Mas não posso deixar isso acontecer. Não quero que seja como meu último relacionamento, principalmente agora que vi como ele é com relacionamentos.

*

As aulas passaram e sai da sala com Clara, encontrando Luke na saída.

-Tchau, amores! Tenho curso e ainda vou passar em casa. - Diz Clara nos abraçando e logo indo embora. 

-Ela sempre chama os amigos assim? -Pergunto para o loiro do meu lado.

-Sempre.- Diz sorrindo.

Acho que meu amigo gosta dela. Quem não gosta? Conheci ela hoje e já considero minha amiga.

-Annie, eu vou indo também, não quer que eu te leve? - Pergunta me olhando.

-Não, obrigada loiro. - Digo sorrindo.

-Tá, tchau.- Me abraça e vai.

Vou saindo da escola, mas escuto a voz de Noah me chamar: 

- Annie! - Me viro e o vejo andando na minha direção. 

Ai eu me lembro do que eu disse pra ele no refeitório. Como eu sou idiota.

- Sim?

- Tudo bem ? - Percebi que não era exatamente a mim que ele se referia, e sim a nossa...amizade ? 

-Tudo. Apesar de eu não gostar de pessoas que traem.- Digo séria.

-Desculpa. Não estava pensando direito. Lá com você não pensei na Gabi, só em nós, no momento. - Disse envergonhado. 

Nós? Acho que eu vou pirar. 

Respira.

Inspira.

Respira.

Inspira.

-É..vou indo. Tchau Noah. 

-Tchau. - Diz sorrindo. É, acho que ele está realmente feliz. -Ah, não quer uma carona?- Pergunta olhando pro carro preto estacionado bem próximo.

Não estou afim de andar, vou e ponto.

-Pode ser.

Entramos no carro e eu fui mostrando o caminho até minha casa.

-Chegamos, obrigada. Tchau, Noah. - Digo saindo do carro.

-Até amanhã, Annie.

Ele me puxa de volta pelo pulso e me dá um beijo na bochecha.

Sorrio sem graça e saio do carro, logo entrando em casa.

Meu Deus, eu corei. Que vergonha.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...