História I always waited for you - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 20
Palavras 804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Um "aviso".


Dia seguinte

P.O.V Annie.

Acordei com meu despertador tocando, tomei banho e vesti a primeira coisa que vi na frente : calça jeans, blusa florida e tênis. Já que meus pais não estavam em casa para me levar de carro, fui de ônibus mesmo( de novo ).

No ônibus, fiquei pensando na noite passada, no parque, mais especificamente quando Noah disse que gostava de me ter por perto. E claro, fiquei sorrindo igual idiota, mas depois lembrei que ele tem namorada.

Ah, qual o problema?! Somos só amigos mesmo. - Pensei.

Cheguei na escola, logo vendo Clara e Luke conversando perto dos armários, fui andando até eles, mas algo me impediu, algo não, alguém, que puxou de leve meu ombro para trás. 

Virei dando de cara com Gabrielle (Namorada de Noah) com uma blusa miúda e uma calça tão colada que pra tirar, provavelmente, seria preciso ir cortando com tesoura (talvez nem assim).

-Sim? - Perguntei.

-Posso falar com você um minuto?- Pensei em discordar, mas ela logo completou: - Vai ser rápido. 

Enquanto ela andava um pouco mais para longe dos outros alunos, eu olhei na direção de Clara e Luke que estavam me olhando confusos. Dei de ombros e continuei seguindo ela.

Quando ela parou de andar e se virou para mim, logo começou a falar : 

- Se vocês pensam que eu não os vi ontem á noite, estão muito enganados. - Ela deve estar se referindo á mim e Noah...

- Somos só amigos, nada mais que isso.

- Só vou lhe dizer uma coisa, querida, fica longe do MEU namorado, tá?! - Ela foi falando enquanto chegava mais perto, e sinceramente, eu estava achando isso ridículo. Não tenho medo de gente assim.

- Eu e SEU namorado somos apenas amigos, e não vou me afastar dele só por sua causa. - Falei e já fui logo saindo dali.

- Eu avisei. - Ela disse baixo, mas claro, eu ouvi.

Cheguei perto de Clara e Luke, rindo. Sim, eu estava rindo. Não tenho medo dessa garota.

Fomos até a sala e fui tentando, só tentando mesmo ( eu ainda tava chorando de rir), contar para eles.

Entramos na sala e Luke foi para a dele.

*

Fiquei "boiando" o resto do dia todo na escola. 

Na saída, Luke se despediu de nós duas e foi, já Clara foi andando comigo ( ela ia na minha casa fazer trabalho ).

Quando chegamos em casa, vi o cabelo loiro (Sim, ela é loira,eu puxei os cabelos escuros de meu pai) da minha mãe andando pra lá e pra cá na cozinha.

- Oi mãe! Tudo bem? - Falei entrando na cozinha com Clara logo atrás. - Essa é a Clara, veio fazer um trabalho.

- Oi meu amor! Oi Clara, prazer! Já vou avisando : Não gosto de senhora, tia pra mim está ótimo. E filha, eu e seu pai precisamos ter uma conversa séria com você.

-Tá, vamos subir.

Eu estava preocupada. Meus pais não são de "conversa séria". 

-FILHA! VISITA PRA VOCÊ!- Ouvi minha mãe me gritando lá de baixo.

Não me lembro de ter convidado ninguém pra vir aqui. 

-JÁ VAAI - Gritei descendo as escadas e Clara ficou no quarto.

Abri a porta e...

-Luke?! 

-Annie, será que eu podia ficar aqui hoje? 

-Luke! Quanto tempo! - Minha mãe apareceu atrás de mim do nada, quase me fazendo ter um ataque. Ela ama o Luke e eu nem sei o por quê.

- Hey tia Lauren! Tudo bem? - Falou Luke, entrando e dando um abraço na minha mãe. Cheguei até a ficar com ciúmes aqui, esses dois se dão tão bem.

- Foi o seu pai de novo ? - Ela perguntou o olhando. O pai de Luke vive bêbado e muitas vezes não está em casa, mas o problema é: a porta quase sempre está trancada. E a mãe dele nem ele sabe onde está.

-É..foi. Me desculpa mesmo tia, mas é que a porta e as janelas estão trancadas e...- Ele ia continuar, mas minha mãe o interrompeu : 

-Tudo bem, Luke. Pode ficar essa noite aqui.- Ela disse sorrindo e logo indo para a cozinha novamente. 

Abri o maior sorriso do mundo e gritei enquanto pulava : 

-MARATONA DE SÉRIES ! - Quando gritei isso só consegui ouvir minha mãe e Luke rindo, enquanto Clara descia correndo as escadas;

-Meu Deus, quem disse maratona de séries?! Espera, Luke?! - Eu comecei a explicar pra ela enquanto subia as escadas. - Fica aqui essa noite também, Clara. Se puder, é claro.

-Vou avisar meus pais.

Clara pôde ficar e é claro :Após eu e Clara terminarmos o trabalho ( com uma ajudinha especial do Luke), fizemos nossa maratona!!! Luke dormiu em um colchão no chão do meu quarto e Clara comigo na cama(de casal).

     ...


Notas Finais


Eu meio que estou shippando um pouquinho o Luke e a Annie...sorry.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...