História I Am a Hard Little Boy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, F(x)
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Krystal Jung, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags B_nish, Baekyeok, Chanbaek, Hunhan, Jiyeol, Kaisoo, Kaistal, Kristao, Krisyeol, Sulay, Xiuchen
Visualizações 11
Palavras 2.403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heey amores!

Aqui estou eu com mais uma fanfic minha que foi excluída por mim, e que está sendo reescrita agora. Essa é muito especial para mim, por ter sido a segunda fic que postei aqui, em 2016. Ela era péssima, mas estou melhorando todos os capítulos dela, e já tenho oito sendo reescritos. A historia dela é uma de minhas preferidas, então decidi trazer ela de volta.

Boa leitura <3

Capítulo 1 - Chapter One - Just a Kiss



~ Park ChanYeol ~

Meu nome é Park Chanyeol, tenho 24 anos e sou dono de um Resort aqui na ilha de Jeju. Sou herdeiro do " Resort's Yeol" á aproximadamente quatro anos, e sei que o nome do resort é legal e tal, foi eu que escolhi é claro. Acordei exatamente ás nove e doz...e treze da manhã com uma mensagem do meu adorável Hyung, peguei o celular, e de meu jeito fofamente desengonçado como sempre, caí da cama.

- Não to bem, mas te peguei! - Falei com uma expressão neutra, logo que deixo o celular cair bem na minha cara, acabo por quase o xingar por isso.

- Aish! Ai porr...- me seguro para não soltar a ultima letra, eu não mereço isso, só quero ler a droga da mensagem do Kai. Okay, se concentra Chan, foco!

Peguei a porcaria do celular e o liguei colocando minha pequena senha que não sei da onde surgiu; "7893".  Apertei a tecla para o desbloquear, fui na caixa de mensagens, começando a ler a mensagem do mais velho.

“ Eai hyung! Tá preparado para ir no restaurante de comidas estrangeiras de Jeju? O Baek, o Chen e a Krystal vão estar lá, caso esqueça, será às 21:30 da noite. Te espero lá hyung, não esquece que lá vai estar cheio de gatinhas para você admirar, e uma em especial.”

Fiquei olhando fixamente a palavra " gatinhas " ,pensando se ele estava falando das senhorinhas que trabalhavam lá, ou se era da Krystal que também é linda mas... ela namora o JongIn, ou quem sabe era as gatinhas da rua, mas quando eu digo gatas é do animal mesmo. Mas a gatinha em especial, só pode ser o " Meu Baekhyun ", aquele homem lindo e sedutor que eu tanto admirava.

Eu ainda estava preocupado com nosso amigo Minseok. Não sei como JongDae consegue ficar tão bem sem ter notícias dele, ainda mais quando eram tão "grudados", Xiumin havia decidido ir para Seul a duas semanas atrás, desde então, ele não voltou. E Jongin namora Krystal, uma moça de Seul que veio passar as férias de seu trabalho aqui, então é um namoro meio que temporário e... porra! Quando ele vai reparar que o KyungSoo gosta dele?

  

- Mayumi, já disse que pode levar essa papelada para meus secretários revisar. Garanto que vai dar tudo certo a respeito disso. - Falei levando meu olhar a Mayumi, uma ajudante minha que andava preocupada com a algumas coisas do trabalho.

- Mas Chan, e se eles revisarem errado? São papeis importantes e...- vi que ela estava ficando confusa com o que falava, me levantei da cadeira e fui até ela, eu então a conduzi até a porta de meu escritório. 

- Tudo bem, faça o que pedi e tudo vai dar certo, aproveita e tira um dia de folga para me deixar em pa...- Ela se vira bruscamente me encarando.

- Quis dizer que você pode aproveitar o resto do dia aqui no resort, fazendo o que quiser. Agora vá, obrigado e de nada - Sorri a empurrando de leve para fora, fechando a porta em seguida, logo me jogo no sofá que havia lá, enquanto sem querer, acaba aparecendo a face de Baekhyun em minha mente. Era quase impossível esquecer aquele olhar, aquele sorriso, aquela boca e nem quero pensar em seu corpo. Não dava para o esquecer nem que eu quisesse.

Hoje eu não tinha muita coisa para fazer em meu escritório, talvez fosse melhor se eu chamasse Luhan para conversar, ele tinha um bom relacionamento com Sehun e uma mente aberta. Eu sinto que talvez ele pudesse me dar algumas dicas sobre Baek. Isso mesmo Chan! Siga em frente e conquiste seu amor, mesmo que o senpai não note.

      ************
| Narradora |


- Eu preciso da sua ajuda - Chan falou todo sorridente enquanto pegava seu sorvete e sentava na mesa.

- Pode falar... - Luhan diz sem muito interesse. Ele era bem emotivo em alguns momentos e em outros, as vezes nem se importava muito com os assuntos alheios.

- Você é bem proximo do Baek não é cara? - Chan perguntava com um certo brilho em seu olhar, o maior sempre teve olhos meio grandinhos, o que era charmoso.

- Não, não. MAGINA! Só moro ao lado de sua casa - Luhan sorriu ironicamente antes de continuar. - Porque? Quer que eu te mande uns nudes dele pelo celular? Garanto que irá gostar de ver aquele gostosinho todo nú e...

- Para de falar besteira Han. Só queria que você conversasse com ele sobre mim, afinal sou seu amado, lindo e sedutor amigo não é?  - Chan disse com um sorriso atraente e uma voz um pouco dramática - E se quiser me mandar nudes dele, eu aceito. - Murmurou o maior, baixinho imaginando se o chinês havia escutado.

- Baek é muito trouxa, não sei se ele me ouviria, e vai saber se ele já não te notou Chan? Vai lá e ARRASA GATO! - Luhan falou a ultima frase quase voando em cima de ChanYeol que ficou corado com toda situação e para piorar,  o garçom ficou olhando Luhan com aquelas frescuras para cima de Chanyeol.

- Preferia ter ido falar com patos, acho que eles me compreenderiam melhor hyung, mê dê licença. - Chanyeol disse soltando duas notas altas da mão, ás jogando na mesa junto de uma chave de um quarto de seu resort, pois sabia que Luhan iria se " divertir " com Sehun mais tarde. O maior se levantou da mesa e começou a caminhar pelas ruas de Jeju enquanto olhava para o mar.

Chanyeol voltou a se lembrar de sua vida em Seul, e em especial de sua amiga de infância,  Jihyun a qual ele havia confiado durante sua vida, infelizmente ele teve que morar em Jeju e deixá-la em Seul, mas Chan tem esperanças que possa reencontrar ela um dia. Ele estava radiante enquanto olhava para o mar, mas logo foi surpreendido por Baekhyun que tambem passava por ali, o menor logo se aproximou sorridente.

- Chan! Pensei que estava no Resort - falou o menor com sua voz doce enquanto o abraçava. Aquilo tranquilizou o maior por um breve tempo, o fazendo querer ficar abraçado ao platinado por varias horas.

- Ah... Baek... na verdade eu precisava conversar com o Han, mas não adiantou muito - Disse Chan sorrindo, assim que Baek o soltou. 

- Hum... Luhan me mandou uma mensagem um pouco estranha há alguns minutos... olha ela... acho que Sehun faz efeito a ele. - Baekhyun riu, fazendo o maior sorrir que nem um bobo para ele, o sorriso de Chan se desmanchou assim que Baek mostrou a mensagem, ele ficou vermelho de tão envergonhado que seu amigo havia o deixado.

" LU HAN:

CHANYEOL QUER NUDES! Não envia para ele, me envia primeiro, ai depois eu envio para ele. "


- I-isso é mentira, não acredite nisso Baek, eu não quero nada... - Falou Chanyeol todo envergonhado, o que provocou risos no doce Baekhyun.

- Não se preocupe com isso Chan. - Baek colocou a mão no braço de Chan, fazendo ele corar ainda mais. 

- Droga de Luhan, não devia ter falado de você a ele... - Murmurou Chanyeol, o que parecia mais que o maior estava resmungando, enquanto pensava em diversas formas de matar Luhan.

- O que? - BaekHyun ainda com seu sorriso fofo e acolhedor, perguntou.

- Nada não. - Chan falou fazendo um biquinho ao pronunciar o "não". Baekhyun deixava Chanyeol pensativo de alguma forma, ele tinha vontade de abraçar Baek, mas não podia por medo de que não fosse correspondido da mesma forma. Chanyeol não via a hora de ir para o encontro com seus amigos, para beber e esquecer dos seus problemas atuais.

- Chanyeol? - Chamou Baekhyun com uma voz manhosa, o que fez Chan sair de seus pensamentos.

- Oi...? - Perguntou o maior sorrindo carinhosamente, como se o pequeno Baek fosse uma criança. 

- O que acha de passar o resto da tarde olhando para o mar comigo? - O pequeno já estava o puxando pelos braços, fazendo o maior o seguir, afinal... ChanYeol nunca recusaria um pedido do garoto que tanto amava.

E lá na praia, os dois passaram a tarde, caminhando enquanto viam o pôr do sol juntinhos.

      *******

Chanyeol havia chegado ao resort às 18:35, ele decidiu passar no quarto que emprestou a Luhan, mas quando foi abrir a porta, ele se permitiu dar uma risada contida por ouvir os  gemidos de Sehun e Luhan. Ele sabia exatamente o que estava acontecendo. Os dois estavam fazendo sexo, e disso Chan não duvidava. O mesmo deu um suspiro e deixou o local enquanto ria. Ele então foi para sua mansão que ficava ao lado do resort, deitou em sua cama e dormiu um pouco para a hora passar mais rápido. 

O despertador de seu celular tocou, já era 20:30 e ele precisava estar no restaurante ás 21:30, ou seja, já estava quase na hora. Ele levantou correndo da cama e foi ao banheiro já arrancando a roupa com pressa, e ficando completamente nú. Ele começou a se banhar enquanto relaxava bebendo uma taça de seu vinho preferido. Demorou alguns minutos até ele sair do banho, e então vestiu uma calça colada preta, uma blusa branca e seu all star, o maior saiu as pressas da mansão, pegando seu carro preto e seguindo seu rumo até o restaurante em que haviam marcado. Ele sabia que teria problemas na hora de voltar já que provávelmente beberia muito. Não demorou muito para chegar já que os trânsitos de Jeju não eram lá grande coisa, pareciam até um apocalipse zumbi. Mas como o maior sempre se atrasava, ele chegou cinco minutos depois do combinado. Ele foi até a mesa que Kai falou que estaria, Jongin estava elegante e sua companhia, Krystal, estava belíssima, ela trajava um vestido branco com detalhes pretos. Chen tambem estava lá com uma expressão feliz, que aproveitou e num pulo, se levantou já cumprimentando Chanyeol, pronto para lhe contar sua novidade.

- Oi Chan. Já ficou sabendo? O meu Xiumin voltará amanhã para cá - Ele falou emocionado e Chan riu dele e de sua situação, porque ele disse "Meu", como se Xiumin tivesse dono.

- Cuidado para não o assustar com sua saudade ou ele te achará trouxa demais. - Falou o maior se sentando na frente de Kai.

- Você acha que ele iria me achar trouxa por isso? É romântico. - Chen perguntou se sentando ao lado de Kai, provocando um olhar de Krystal.

- Não só acho ,como tenho certeza disso, mas é você quem sabe...- O orelhudo disse fazendo Chen sorrir timidamente.

- Oppa, Baekhyun não virá? - Krystal finalmente pergunta algo. Ela então deposita um beijo na bochecha de Kai, fazendo o mesmo ficar nas nuvens de algodão doce rosa. Não que Chanyeol não gostasse do casal, mas ele preferia Kai com o Soo.

- Hum, ele está atrasado, mas ele virá. Tem motivos para ele vir. - Provocou Kai, enquanto sorria maliciosamente para Chanyeol. Logo que ele falou isso, Baekhyun entrou no restaurante, indo até a mesa em que o grupo estava, lá ele senta rápidamente do lado de Chanyeol, fazendo o maior lançar um olhar a Baekhyun de um modo em que fazia pensar: " O que está acontecendo? Ah, Baek você está gato hein?", Baek olhou para os quatro, fazendo um gesto com a cabeça enquanto se desculpava.

- Me desculpem, acabei me atrasando, e perdi o meu tempo colocando o vestidinho no Poodle da minha avó. - Ele falou envergonhado, enquanto olhava para Kim que se segurava para não rir, Krystal continuou com sua expressão engraçada no rosto e Chen e Yeol se olhavam sorrindo.

Depois de 10 minutos as bebidas foram entregues na mesa deles, vinho, cerveja, vodka e algumas bebidas coloridas. Chanyeol pegou uma taça e começou a beber o vinho de qualidade que havia ali. Chen e Baek experimentavam aquelas bebidas coloridas que tinham uma enorme quantidade de álcool. Já Krystal e seu namorado, bebiam da vodka, e Chanyeol acreditava que pela cara dos dois, mais tarde eles fariam alguma coisa bem... erótica. Chan começou a beber cada vez mais, sempre sentia sua garganta queimar devido ao excesso de álcool que ele digeria. Chen acabou por ir embora mais cedo já que teria que ir buscar Minseok amanhã a tarde. JongIn e Krystal aproveitaram mais um pouco enquanto se divertiam conversando sobre coisas que gostavam, o casal foi embora ás onze e quarenta, falando que estavam com um tal de.... "sono". Baekhyun estava bêbado o suficiente para começar a falar algumas besteiras, Chanyeol estava visivelmente em um estado melhor do que o menor.

- Eu quero você Chanyeol, eu te amo. Me ame também. - Ele falava colocando sua mão em cima da mão de Chan, o maior sorria maliciosamente enquanto acariciava o seu cabelo, ele tinha uma enorme vontade de dar um beijo naqueles lábios rosados do pequeno Byun.

- Você não pode me ter, eu vou me fazer de difícil para você agora.. - o menor fez um biquinho, logo sendo desmanchado para dar sua resposta ao maior.

- Um beijo, só um beijo...- ele falava num tom manhoso. Chanyeol riu dele, ele queria realizar o pedido de Byun, mas, isso seria fácil demais para Chan. E já estava muito tarde, Baekhyun precisava ir para sua casa. Chanyeol tentava o levar para um quarto no seu resort. Ele preferiu chamar um táxi,  já que tentou dirigir e não conseguiu, no dia seguinte o maior voltaria para buscar seu carro. Baekhyun dormia na maior parte do tempo em que esteve no carro. Assim que chegaram ao resort, Chan foi a recepção e pegou a chave de um quarto qualquer. Demorou algum tempo para ele levar Baekhyun até o quarto, mas quando chegaram lá,  arrumou Byun na cama com tanto cuidado, como se ele fosse desmanchar ali mesmo. O menor com aquel voz doce e manhosa, disse a Chan.

- Chan... dorme comigo, por favor...! Nunca te pedi nada.. - o maior ao ouvir essas palavras, se derreteu todo e obedeceu ao menor, ele se deitou ao lado de Baekhyun, que se agarrou ao Park. Rápidamente os dois dormiram de conchinha naquela noite.

Aquela era uma noite que seria inesquecível para Park Chanyeol.
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse simples capítulo. Irei postar um em cada semana, aos sábados :3

Ela é uma LongFic, mas farei de tudo para não ficar cansativa.
Deem muito amor e carinho á ela, pois como disse, é muito importante para mim rsrs' <3

Chu~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...