História I am loved - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Freed Justine, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Laxus Dreyar, Leon, Macao Conbolt, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Wendy Marvell, Zeref
Tags Drama, Fairy Tail, Romance, Yaoi
Exibições 70
Palavras 949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi e oi pessoas fiz uma história diferente de gênero diferente das outras que fiz. Eu atende ao um pedido de uma certa pessoa. Bem... não é a primeira vez que faço uma história da categoria "yaoi". Confesso que gosto :v . Eu espero que gostem do meu primeiro capítulo.
Boa leitura!

Capítulo 1 - Primeiro beijo perdido


Romeo on: 

Já faz uma semana desde que minha mãe morreu. Já faz uma semana que estou sozinho em casa.

A minha mãe morreu de câncer. Agora eu estou sozinho.

-Romeo- kun , você vai comer lá em casa?- pergunta Wendy a minha melhor amiga.

-Não vou hoje,mas amanhã irei- responde abrindo um sorriso forçado.

Desde de que fiquei sozinho, eu tenho comido na casa de Wendy. Não quero muito aproveita de sua bondade e da sua família por dar comida pra mim.

-O que você vai comer?- pergunta Wendy preocupada. 

-Eu aprende a fazer uma comida. Não se preocupe com isso – Abro um sorriso e depois fico de costas pra ela – Eu já vou, até amanhã.

Vou andando pra minha casa onde ficar um pouco perto da escola. Quando abro a porta de casa, sinto um enorme vazio quando entro e sento no sofá.

Mamãe te ama

Mãe...eu sinto saudade.

Logo sinto lágrimas cair sobre meu rosto.

Não chore a mamãe vai esta sempre ao seu lado

Mãe...mas você não está ao meu lado. O que devo fazer? Eu não sei o que devo fazer pra continuar. Porquê você me deixou sozinho? 

Deito sobre o sofá e choro até que adormeci. Quando acordei aparece um homem bem vestido na minha frente. Me assustei e fiquei rapidamente sentado sobre o sofá.

-Quem e você?- pergunto vendo o homem dar um pequeno suspiro.

Romeo off.

-Eu sou seu pai – responde o homem, vendo o menor arregalar os olhos.

-Meu pai?- pergunta Romeo completamente surpreso.

-Sim, fiquei sabendo que sua mãe morreu – responde ele normalmente.

-C-omo pode prova que é meu pai?- pergunta Romeo.

O homem remexe no bolso da calça  e depois entrega uma carta pra Romeo que pega.

-Essa é a prova que sou seu pai – responde o homem.

Romeo retira a papel que vem junto com uma foto de quando ele era bebê. Depois disso, ele começa a ler a carta e teve a plena certeza que era a letra de sua mãe.

-Mãe...- pensa Romeo que começa a chorar.

-A partir de hoje, você vai estudar em uma escola de internato – responde ele, olhando sério pro garoto.

- E se eu recursa? – pergunta Romeo sério.

-Você não tem escolha. A partir de hoje eu irei mandar em você – fala o homem.

-Mandar em mim? Eu odeio quando fala isso pra mim – pensa Romeo,respirando fundo pra não grita com o homem a sua frente. 

-Que tal nos fizemos um acordo ? Se eu ter maior nota do bimestre nesse ano, você terá que me tira da escola e deixa eu mora nessa casa – fala Romeo vendo o homem fazer uma cara pensativo.

-E se você não conseguir?

-eu fico na escola.

-Esta bem. Acordo feito – fala o homem.

Depois de duas semanas...

Romeo se encontrava na frente da escola. 

-Não acredito nisso – pensa Romeo arregalando os olhos.

Romeo nunca imaginou que a escola dele seria a escola mas famosa da cidade. O nome da escola e fairy tail.

-bem – vindo a escola fairy tail – fala um garoto de cabelo louros – meu nome é Laxus e mostrarei tudo pra você.

-Oh... obrigado – abrir um sorriso.

Laxus cora com o sorriso de Romeo.  O mesmo resolve vira a cara e guiar o garoto até seu quarto.

-Esse será o quarto que irá divide com seu colega de quarto – disse ele abrindo a porta do quarto.

Romeo fica surpreso que o quarto e enorme.

- Esta parecendo que tirei uma sorte grande – pensa Romeo com meio sorriso.

-Amanhã irei amostra tudo pra você. Por ora, arrume suas coisas em um armário e durma na cama a esquerda – explica Laxus sério.

-Laxus- Romeo segura a mão do maior que cora – Muito obrigado por me ajudar.

-De nada – Laxus abrir um pequeno sorriso.

Depois disso, Laxus sair do quarto que deixa Romeo apenas sozinho no quarto.

Romeo on: 

Muitas coisas estão acontecendo rápido demais. Nunca pensei em entra em uma escola famosa. 

Por favor, cuide dele pra me

 Mim lembrei do trecho da carta que minha mãe escreveu pra ele antes de morrer. Desde de pequeno a minha mãe mim criou sozinha, nunca precisou de ajuda de ninguém. Ela sempre trabalhou pra dar uma vida melhor pra me. A minha mãe e uma guerreira.

Você não tem escolha, a partir de hoje, eu irei mandar em você.

Mãe... ele não está cuidando nem um pouco de me. Ele apenas me mandou pra uma de internato. 

Eu sou seu pai.

Eu nem sabia que eu tinha um pai. Pra mim e novidade ter um pai. Deitei na minha cama a direita e adormece.

Acordei sendo cutucado por um rapaz de cabelo rosa que está com um cara nada bom.

-Porquê esta dormindo  sobre minha cama?- pergunta o rapaz.

-Oh,  me desculpe. Eu acabei de dormir na cama errada. Desculpe – digo saindo da cama dele – Eu realmente sinto muito.

-Você e novato?- pergunta ele que estava apenas de toalha.

-Sim, eu sou novato – responde com meio sorriso.

-hum...- Ele encarar seriamente meu rosto e depois abrir um sorriso – Você tem cara de ser bom. Prazer meu nome é Natsu.

-O meu nome é Romeo. Prazer em conhece-lo – Abrir um sorriso.

-Ei, você quer ser meu amigo?- pergunto ele com meio sorriso.

-E claro – responde com um sorriso nos lábios.

-Então...- Natsu aproxima de mim e beija meus lábios – Esse e nosso contrato de amizade.

Rapidamente mim afastei dele que apenas abrir um sorriso.

-Porquê fez isso?- pergunto com a mão sobre os lábios.

-Não sabe? Aqui se faz amizade beijando a outra pessoa – responde ele fazendo eu fica de boca aberta.

Meu primeiro beijo já se foi... mas nunca imaginei que fosse com um garoto.


Notas Finais


Um beijo logo no primeiro capítulo :v.
O que acharam? Devo continua? Sim? Não?
E vocês que decidem.
Qualquer erro gomem, até mais pessoal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...