História I Believe (imagine-T3ddy) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christian Figueiredo, Lucas "T3ddy" Olioti, Mauro Nakada
Personagens Lucas Olioti, Personagens Originais
Tags Lucas Olioti, T3ddy
Visualizações 168
Palavras 560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu pessoas,espero que gostem desse capítulo,amo vocês

Esse capítulo não tem intenção de ofender ninguém ok? Foi apenas uma brincadeira com um meme de girls in the house

Capítulo 18 - Sou evangélica


Fanfic / Fanfiction I Believe (imagine-T3ddy) - Capítulo 18 - Sou evangélica

Entramos no carro e demos partida para a casa da minha avó 

 

Eu e Lucas estávamos molhados na mala pois se meu pai visse o banco molhado mataria a gente.

 

-aí que saco -cai para um lado.

 

Como a mala não era tão espaçosa meio que tive que sentar do lado de Lucas

 

-calma mulher -ele me puxou para ficar encostada do lado dele.

 

-você as vezes é tão ridículo -dei uma risadinha.

 

-é o que sempre me falam - ele riu logo em seguida.

 

-hoje até que foi legal 

 

-poderia melhorar né ?-ele me olhou estranho.

 

-me respeite que sou evangélica 

 

-mas...

 

-MEU ADVOGADO É O MEU SENHORRRR,ELE NE DEFENDE DO ACUSADORRRRR -comecei a berrar.

 

-até parece que é evangélica -ele riu.

 

-que porra é essa mermão? -mauro falou da frente .

 

-ignora,já voltei a ser piranhona 

 

-ah blz,tava até estranhando 

 

O carro parou e nós descemos 

 

-vou tomar um banho,tenho agonia de ficar molhada sem tomar banho,tchau 

 

Corri para as escadas e acabei metendo a testa no chão,pois é amigos,essa merda tava escorregando 

 

-PUTA QUE PARIU,caralho 

 

Meus pais saíram assustados do quarto e os meninos foram ver o que aconteceu 

 

-você tá bem filha ? -minha mãe perguntou assustada .

 

-não muito -botei a mão na testa e estava sangrando- aí.

 

-acho que precisa levar pontos -meu pai falou olhando o corte.

 

-vamos levar ela para o médico -chris correu e pegou a chave do carro e corremos até ele.

 

Não tem muitos hospitais por aqui mas acho que o único que tem deve está funcionando 

 

 

Meu pai pegou o carro e fomos até ele,infelizmente estava fechado mas vimos uma mulher sair de lá 

 

-moça,moça,você é médica ? -mauro gritou para ela .

 

-sou sim,mas não estou atendendo agora,desculpe 

 

-por favor moça,ela precisa de uns pontos na testa -Lucas falou desesperado .

 

Ela revirou os olhos 

 

-tudo bem .

 

Descemos do carro e acompanhamos a médica  que abria uma porta do lado do hospital 

 

.....

 

 

-ai porra -ela reclamou com o primeiro ponto .

 

-olha a boca ! - a mãe dela repreendeu ela .

 

-não tem como não surtar com isso mãe,aiii.

 

-prontinho,a mulher tirou as luvas e se levantou da cadeira.

 

-obrigada moça,quanto a gente deve ? - minha mãe perguntou .

 

-não precisa pagar nada senhora.

 

-então tudo bem ....

 

-mentira,quero 50 reais.

 

-minha mãe deu uma risadinha mas quando percebeu que era verdade mesmo pegou o dinheiro e deu .

 

-obrigada mais uma vez moça -meu pai falou dessa vez.

 

-não tem problema,vamos sair agora .

 

Acompanhamos ela e saímos do hospital 

 

No caminho minha mãe me encheu de perguntas 

 

-mas filha,como isso aconteceu?,por que está toda molhada ? Eu não já falei que não se pode correr em escada ?! 

 

-tá,ta,ta,eu entendi 

 

Ela começou a falar mais coisas mas eu apenas respondia com "desculpa","tá,eu sei"

 

É assim foi minha noite,minha mãe enchendo meu saco 

 

-posso dormir no quarto deles hoje ?-perguntei pro meu pai.

 

-cuidado 

 

-tá né 

 

.....

 

-posso dormir aqui ? -entrei no quarto e os meninos travam de cueca- eita .

 

-aaaaaaaa -eles cobriram os coiso .

 

-pode sim -Lucas falou desconfiado.

 

-ah,ok então - me deitei e fiquei esperando eles se arrumarem.

 

Fiquei deitada até sentir braços me rodearem 

 

-oi -virei e vi Lucas ali .

 

-oi,tá com sono?

 

-tô sim,boa noite 

 

-boa noite 

 

Depois disso tudo dormimos de conchinha


Notas Finais


Até o próximo capítulo,um beijo e tchararararau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...