História I Can be your eyes - XiuChen-ChenMin - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Lu Han, Sehun, Xiumin
Tags Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Chen, Chenmin, Hunhan, Kim Jongdae, Kim Minseok, Luhan, Sehun, Xiuchen, Xiuhan, Xiumin, Yaoi
Visualizações 110
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


[Desculpe os erros de português e outros erros]




~Boa Leitura

Capítulo 13 - "Obrigado por voltar"


Nós terminamos de comer.

- Estou satisfeito - Luhan se afastou da mesa ainda sentado.

- Eu também... - Chanyeol sorriu. Eu olhei para Min, ele ainda estava terminando de comer. Olhei para sua pulseira "Xiumin" Era como nós chamavamos ele quando tinhamos nosso "clubinho" eu sorri ao ver que ele ainda guardava nossas coisas antigas.

- Eu e o Baek estavamos indo ver um filme, por que vocês não vem com a gente? - Sehun limpou a boca com um guardanapo.

- Filme? Aonde? - Chanyeol olhou para Baekhyun.

- A-ao ar livre... - Baek olhou para o chão evitando uma troca de olhares com Chanyeol.

- Hum... isso parece interessante... mas tenho muito trabalho pra fazer... - Chanyeol olhou para mesa.

- Que bom... assim eu e Baek podemos dar uns amassos sem ninguém ver... - Sehun brincou com Chanyeol, que olhou para ele. Ele coçou a garganta.

- E-esse filme é de que?

- Romance... Drama... essas coisas... - Sehun continuou provocando Chanyeol. Baek estava vermelho como um tomate. Eu, Luhan e Min acompanhavamos eles, apenas ouvindo

- Ah... eu adoro esses tipos de filme - Chanyeol coçou a nuca - Talvez eu consiga ir ver o filme com vocês... - isso é sério? Ele não consegue nem mesmo disfarçar.

- E você Lu? - Sehun olhou para Luhan que pareceu perdido no assunto.

- E-eu preciso ficar com Min... - Luhan abaixou a cabeça e Sehun revirou os olhos.

- Eu posso ficar com o Min... - Se eu queria que eles ficassem juntos... essa era a minha chance! E além de tudo... ficar com Min não é uma coisa ruim...

- N-nem pensar... não quero dar trabalho pra você...

- Sem problemas... Minseok não é trabalho nenhum... - Min sorriu.

- Tem certeza?

- Sim... você precisa de um tempo só pra você... por isso se divirtam...

- Obrigado, obrigado, vou ser eternamente grato por isso - Luhan sorriu e Sehun também.

- Então... vamos deixar vocês em casa... e já vamos para assistir o filme - Sehun e Chanyeol se levantaram. Todos nós nos levantamos também. Nos dividimos no carro de Chanyeol e de Sehun. Chegamos na casa de Luhan. Nos despedimos e agradecemos. Saimos do carro e entramos na casa. Nam estava deitado no sofá. Min foi até o sofá e se sentou ao lado de Nam. Eu me sentei no chão de frente para ele.

- Obrigado Chen... - ele sorriu

- Você não precisa agradecer...

- Eu sei eu dou trabalho pra você e para o Lu... 

- Não... você nunca será um problema... - ele sorriu.

- Ah... eu ia quase me esquecendo... - ele se levantou e eu também. - Vamos para cima, capitão Chen - ele segurou minha mão.

- Você que manda! - ele riu e eu o ajudei a ir para seu quarto. Na escrivaninha do seu quarto havia um monte de pedrinhas e linhas.

- Fique de costas...

- Hum?

- Anda... e não brinque comigo só por que não posso ver! Se vire de verdade...

- Tudo bem... - eu fiquei de costas para ele - Pronto...

- Não vire até eu dizer que pode...

- Ok ok... - eu ouvi ele tateando as coisas até achar o que queria.

- Pode se virar... - Eu me virei, ele estava segurando alguma coisa. Ele se sentou na cama e eu me sentei do lado dele.

- O que é isso?

- Promete que não vai rir?

- Prometo, jamais iria rir de você...

- Certo... - ele pegou minha mão e colocou o que ele segurava nela. Eu abri minha mão. Era uma pulseira, como a nossa antiga, só que com pedrinhas mais coloridas. "Chen"  era o que estava escrito nas pedrinhad - E-e então? 

- Você fez isso... sozinho?

- Sim... por que? Está tão ruim? - Uau, Min era tão talentoso, mesmo sem enxergar ele arrumou a pulseira tão delicada e ainda escreveu meu nome, isso é impressionante.

- É lindo... - eu sorri

- Mesmo?

- Sim... obrigado... - ele sorriu

- Não é grande coisa... eu só... refiz a sua antiga pulseira... eu vou fazer pra todos... mas... queria entregar a sua primeiro... - Ele estava segurando as outras pulseiras. 

- Você tem uma pra você?

- N-não... eu fiz só pra vocês...  - eu me levantei da cama e fui até sua escrivaninha. Peguei a linha e as pedrinhas. Escrevi "Xiumin" nas pedrinhas e as passei pela linha, amarrei bem a linha para que não soltasse. Eu voltei a me sentar ao lado de Min. Eu peguei sua mão e coloquei a pulseira - O que é isso? - ele tateou a pulseira com a outra mão. Ele sorriu.

- Bom... agora você tem a sua pulseira... - eu sorri. Terminei de amarrar a pulseira na mão de Min.

- Obrigado...

- Já disse que não precisa me agradecer

- Mas é que você sempre é gentil... - ele sorriu - Por isso tenho que agradecer sempre... e agradecer por que nossa missão CBSL deu certo! - eu sorri.

- Eu estou feliz que as coisas não estejam mais tensas...

- Eu também... - ele sorriu. Ficamos um tempo em silêncio.

- Min...

- Hum?

- Por que você me deu a pulseira?

- Por que você é meu melhor amigo... - ele sorriu - E tem outros motivos... mas... não posso te contar agora...

- Ahh, por que não?

- Porque um dia... você vai saber... 

- Sei disso... mas esse dia... pode ser hoje, não acha? Senhor... Xiumin... - ele riu.

- Faz tempo que ninguém me chama de Xiumin...

- Então se prepara... por que só vou te chamar assim... daqui para frente - ele riu

- Tudo bem... se for você... tudo bem... - eu sorri. - Chen... se eu pudesse ver... - eu olhei para ele - Se eu pudesse... enxergar...

- O que tem?

- Eu seria mais... "legal"?

- Legal?

- É... eu seria como você... como Sehun... como Lu...

- Min... se você ficar mais "legal" que isso... você vai ser a melhor pessoa do mundo... - eu me aproximei mais dele - Mas... deixa eu te contar um segredo... eu acho que você já é... a melhor pessoa do mundo - ele riu.

- Mentiroso...

- Pode ter certeza que todos nós achamos isso... - ele sorriu.

- Sabe Chen... se você não tivesse voltado... eu ainda estaria triste... Baek e Chanyeol nunca mais teriam se falado... Sehun e Luhan ainda estariam discutindo e Lu só pensaria em ficar em casa cuidando de mim... Chanyeol ainda seria arrogante... - ele sorriu e pegou minha mão - Obrigado por voltar...

- Eu que tenho que te agradecer... por ter me mandado aquela carta... e por... todos os dias me recompensar com seu sorriso... - ele riu. Eu sorri enquanto ele ainda segurava a minha mão.

Eu seria egoísta se implorasse para que o tempo parasse agora?


Notas Finais


*to be continued*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...