História I Can Make You Happy - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cara Delevingne, Fifth Harmony, Margot Robbie, One Direction, Selena Gomez
Personagens Camila Cabello, Cara Delevingne, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Louis Tomlinson, Margot Robbie, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Camila G!p, Camilacabello, Camilag!p, Camren, Camren G!p, Camreng!p, Drama, Fanfic, Laurenjauregui, Romance
Exibições 1.967
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capítulo espero que gostem e desde já desculpe qualquer erro.

Capítulo 12 - Tudo que você faz é perfeito


Fanfic / Fanfiction I Can Make You Happy - Capítulo 12 - Tudo que você faz é perfeito

Pov. Lauren 

 

 

Meus olhos pesavam toneladas mas eu não conseguia dormir sem estar preocupada com Camila. Sua febre já tinha baixado completamente, o delírio e as dores também. Agora seu sono não parecia algo doloroso como antes ela estava descansando. Finalmente o pior já tinha passado.

 

 

Já estava de madrugada seu sono estava sereno. E ve-lá tão delicada e frágil mexe de mais com meu psicológico. Pela primeira vez em toda minha vida sinto que estou perdidamente apaixonada por alguém. Hoje eu soube que a amo pra caralho. Nunca jamais fiquei tão angustiada em ver uma pessoa doente, chorei por duas horas sem parar enquanto ela tremia de febre depois de tomar os medicamentos. 

 

 

Eu me sentia péssima a única coisa que queria agora era ver os olhos dela brilhando. Me deito corretamente na cama e a puxo para meu peito a apertando contra mim. Eu a amo! E a quero como nunca quis ninguém na minha vida. O que era pra ser só um sexo casual se tornou algo tão profundo que não me vejo sem ela mais em minha vida. Eu deveria saber que ia acabar assim. Nunca fui boa em casos assim. Perdi totalmente meu auto-controle e me apaixonei por ela e a hora estou ferrada. Meu coração idiota parece que gosta de sofrer e se esqueceu que meus dias aqui tem data de validade.

 

 

E agora o que faço?

 

 

Não quero ficar sem ela. Isso não é discutível mas o que vou fazer? Eu não posso fechar os olhos para minha vida em Miami e ficar aqui. Tem o meu trabalho. Minha vida é lá. Essa fazenda depende do meu bom desempenho lá. E Camila, sei que ela ama tudo isso aqui é que provavelmente não irá querer abrir mão da suas origens. 

 

 

Mesmo com essas dúvidas agonizantes eu acabo dormindo com ela em meus braços. Onde é o seu lugar... Comigo.

 

 

Acordei com uma dor no ombro que logo foi se dissipando quando senti a presença do olhar de Camila em mim. Levanto a mão livre e toco em seu rosto macio que está um pouco grudento devido a noite de febre alta.

 

 

–Então eu não estava delirando? –Sou capaz de sentir meu coração se agitar com a voz suave de Camila murmurando em meu pescoço.–Você realmente está aqui comigo.

 

 

Tenho vontade de abraca-lá forte tamanha minha felicidade só em ouvir sua voz mas sei que ela ainda está frágil. Como pode um inseto minúsculo derrubar uma grande mulher?

 

 

–Sim estou. –Respondi olhando em seus olhos permitindo que ela veja o tamanho do meu amor refletir em meus olhos. –E você como está se sentindo?

 

 

–Bem melhor com você aqui. –Ela suspira enquanto coça a nuca.

 

 

Seguro firme em seu pulso e ela para estranhando minha atitude.

 

 

–Você não pode se coçar. –Explico. –No livro que li se você coçar a picada da viúva negra ela pode causar sérios danos na sua pele.

 

 

–Mas coça muito. –Faz bico.

 

 

–Eu liguei o gerador ontem pra fazer gelo. –Com calma me levanto da cama. –Vou ver se está bom e já trago algo pra melhorar.

 

 

–Não. Fica aqui comigo. –Ela segurou em meu braço.

 

 

–Eu já volto Camz só vou buscar o gelo li que é excelente para o processo de cura.–Informei e ela riu fraquinho.

 

 

–Não precisa bancário a minha enfermeira Lo. Eu já estou melhor. –Ela ia se levantar mas eu impedi espalmando minhas mãos em seu peito.

 

 

–Fique aqui e não mova um músculo. –Dei um selinho nela. –Me deixe cuidar de você.

 

 

Dei mais um beijo castro em seus lábios e quando ela quis aprofundou dar o beijo sai apressada da sua vez ela não conseguiu segurar a gargalhada alta. E eu como uma boba apaixona sorri com o som do seu riso. O som da sua risada era como uma suave melodia pra mim fez meu coração palpitar mais rápido e uma vontade absurda de sorrir junto. Era o melhor som de todo mundo.

 

 

Merda! Será que é isso estar paixonada? Se for com certeza estou ferrada. Estou dependente até do seu sorriso.

 

 

[...]

 

 

Um prato foi posto na frente de Camila e ela franziu o cenho, coitada aquilo nem de longe parecia agradável mas era a única coisa que eu conseguia fazer com a pouca comida da dispensa.

 

 

–Sei que a aparência está ruim mas eu provei antes e o sabor está bom.  –Sorri disfarçadamente envergonhada. –Poderia até ser melhor mas eu não sou acostumada a cozinhar, quer dizer eu quase nunca cozinho e...

 

 

Sua mão quente que cobrira minha boca me fez parar o falatório. Ela estava tapando minha boca com a mão.

 

 

–Obrigada. –Franzi o cenho e ela retirou a mão dos meus lábios. – Você está sendo perfeita pra mim. Se não fosse você eu provavelmente estaria muito... muito... ferrada.

 

 

A analisei por alguns segundos enquanto seu sorriso grande dominava.

 

 

–E sobre a comida... tenho certeza que está divina. –Disse sorrindo.

 

 

–Como pode ter tanta certeza se nem provou?

 

 

–Porque foi você que fez e tudo que você faz é perfeito. Até você é a perfeição em pessoa. Sou tão fodidamente sortuda por você estar aqui, se esforçando pra cuidar de mim. Sério mesmo eu estou mais encantada por você a partir de agora. –Camila entrelaçou nossas mãos e olhou no futuro do dos meus olhos.–Estou falando sério. Você abriu completamente meus olhos agora. Você me fez perceber que se eu não torna-lá minha agora... serei uma completa idiota.

 

 

Aquilo causou arrepios por todo o corpo. Engoli a saliva ao ouvir tais palavras saindo dela. Pra mim aquelas simples palavras valiam mais que o mundo todo. Camila se levantou da cama devagar, deixou a comida no criado, rodeou e se abaixou em minha frente ficando de joelhos.

 

 

Meus olhos se arregalaram e meu queixo caiu em descrença. Não ela não ia... 

 

 

–Já pensei em milhões de formas diferentes em te pedir isso mas vejo que os melhores momentos são os que não preparamos. –Ela pegou minha mão e beijou. –Lauren quer ser a minha namorada?

 

 

Meu suspiro forte foi o único som que podia se ouvir naquele quarto enquanto a mulher mais incrível me pedia em namoro. Mil e uma inseguranças passaram por minha cabeça... Raios... eu a amo tanto. Sou uma filha da puta de uma egoísta mesmo sabendo que é impossível minha estadia aqui na fazenda durar mais que trinta dias minha resposta um emocionante "sim".

 

 

 

 


Notas Finais


1/3 Oi estou um pouco atrasada pra começar a a maratona mas nunca é tarde pra ser feliz 😂😂😂
Beijos e até.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...