História I Can Try... |Imagine EXO & MONSTA X - Capítulo 61


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Joo Heon, Jungkook, Kai, Ki Hyun, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Min Hyuk, Rap Monster, Sehun, Show Nu, Suga, Suho, Tao, V, Won Ho, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Baek, Baekhyun, Bts, Byun Baekhyun, Chae Hyungwon, Chen, Do Kyungsoo, Exo, Got7, Hyungwon, Imagine, Jinyoung, Jooheon, Kai, Kihyun, Kim Jongdae, Kim Jongin, Kim Junmyeon, Kim Minseok, Kyungsoo, Lee Jooheon, Minseok, Monsta X, Park Chanyeol, Park Jinyoung, Suho, Você, Xiumin, Yoo Kihyun
Visualizações 120
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA LEITURA!

Capítulo 61 - •Irritants N Secret Person•


Fanfic / Fanfiction I Can Try... |Imagine EXO & MONSTA X - Capítulo 61 - •Irritants N Secret Person•

              [4 Meses Depois…]

– Xiumin, para, isso não tem graça! – falei enquanto estávamos na sala de aula antes de começar mesmo os assuntos e ele me fazia cócegas.

– Claro que tem graça! – falou ainda com os toques em minha barriga que me faziam rir muito, já estava quase chorando.

– Não, não tem, eu estou chorando, MinSeok! – falei tentando me recompor, mas digamos que não deu muito certo…

– Isso são lágrimas de felicidade, acha que eu não sei?!… – eu já não aguentava mais, minha barriga estava doendo e eu estava vendo a hora de eu fazer xixi na calça.

– Xiu… – antes que eu pudesse fazer qualquer coisa a professora falou.

– S/n e Xiumin, para fora de sala, agora! – sua voz era autoritária, sua cara vermelha de tão brava e seu corpo tenso.

Nós nos calamos e apenas saímos da sala, todos os alunos nos olhavam, mas eu não estava ligando muito para isso.

Eu nunca fui aquela aluna exemplar que tira sempre boas notas, mas nunca, em toda minha vida escolar, eu fui excluída de sala. Bem, para tudo tem sua primeira vez não é?!

Assim que saímos da sala eu comecei a rir depois de estar à uma distância segura que a professora não pudesse ouvir.

Xiumin era completamente o contrário de mim, ele ficou muito vermelho e mais tímido do que se tornou.

Não sei porquê, mas com o tempo ele foi ficando mais fechado, não comigo, claro, porém com os meus amigos Minseok se fechava.

– Bebê, não precisa ficar assim, foi só um exclusão. – falei depois que sentamos em um banco perto da quadra e fiquei massageando seus cabelos, tentando acalmá-lo.

– Eu sei, eu posso sobreviver com isso. – eu ri e ele também.

– Então qual é o problema?… – perguntei ainda acariciando sua cabeça.

– É que você não estava fazendo nada e saiu junto comigo. – ele mudou sua expressão, parecia triste.

– Oppa, não fala isso, não foi culpa sua, eu também estava no seu colo. – falei e ele que estava deitado sobre minhas pernas agora se levantou como um flash.

– Repete isso. – falou olhando para mim com os olhos brilhando.

– Eu também estava no seu colo… – repeti sem entender.

– Não, isso não. A primeira parte. – falou me olhando profundamente.

– Oppa? – ele sorriu, um sorriso tão largo que chegava de orelha à orelha. Nunca tinha o visto sorrir assim, o que eu falei demais?

– O que foi? – perguntei confusa.

– Você nunca me chamou assim… – ele falou ainda com aquele sorriso aberto.

– Você não gostou?… Desculpa, eu não te chamo mais... – falei desviando o olhar.

– Não, não é isso! É o contrário, eu amei ser chamado assim, ainda mais pela garota que eu tanto amo. – falou tocando no meu rosto. Eu não podia fazer nada além de sorrir, mas acabei descobrindo outra coisa bem legal, eu poderia dar um beijo nele.

Foi isso que eu fiz, mas com a iniciativa dele. Nos beijamos suavemente, ora um chupava o lábio do outro, ora mordia, estava muito bom até sentir algo me atingir.

Nos separamos na mesma hora, quando olhei para o lado não vi ninguém, absolutamente ninguém. Achei estranho, mas não dei muita atenção, Xiumin ficou chateado por terem atrapalhado nosso beijo, mas eu o acalmei com outro. *risos*

Depois de um certo tempo nós voltamos para a sala, a aula da professora já havia acabado mesmo.

Sim, eu sei. "Não fomos para a diretoria". Mas pensa comigo, quem iria?

Ficamos conversando um pouco antes do outro professor entrar e começar sua aula. Dessa vez eu e Xiumin não fomos pegos fazendo nada então prestamos bastante atenção na aula, foi tranquilo.

– Gente, vocês não vêem? – Baek perguntou. Eu e Xiumin ainda estávamos na sala depois de todos terem saído para o intervalo. Diz ele que queria passar mais tempo comigo, o que é engraçado, já que passamos muito tempo juntos, principalmente hoje.

– Já vamos, já vamos! – exclamei ao Baekhyun que apenas saiu do batente da porta.

– Vamos, oppa. – Chamei-o quando ele me impediu de levantar.

– Não, eu quero ficar o recreio todo com você, aqui, confinados nessa sala... – falou super fofo com um biquinho nos lábios.

Eu beijei seu lábio/biquinho e falei. – Xiumin, você sabe que eles vão ficar com raiva, aliás, já estão, vivem dizendo que a gente esqueceu deles, e eu não quero isso, você sabe! – falei tentando sair de seu colo e falhando, mais uma vez...

– Por que você ainda liga para eles? – eu fiquei quieta. – Eles estão só brincando, sabem que um casal precisa de privacidade as vezes... Não é, Chanyeol?! – ele disse virando a cabeça para a janela da sala onde se encontrava o orelhudo nos espiando.

– Às vezes vocês querem privacidade de mais! – ele falou saindo da janela e se juntando aos demais do outro lado. Eu podia ouvir eles reclamando de nós.

– Está vendo, amor?! Eles já estão com raiva, vamos! São só uns minutinhos e depois voltamos, pode ser?... – perguntei fazendo um aegyo que é só meu e dele.

– Tudo bem, mas só uns minutinhos, nada mais! – Eu assenti e fomos para perto dos meninos.

– Pronto, já estamos aqui, satisfeitos?... – Xiumin disse quando chegamos perto deles. Ele realmente não queria ter saído da sala. Coitado do meu oppa.

Comecei a fazer carinho nele, para deixá-lo confortável ou coisa assim. Pareceu funcionar.

– Nossa, é bom saber que você trocou a gente por uma vagina. – falou Baekhyun. Eu fiquei bem envergonhada com toda a situação, mas Xiumin não, o que foi bem, bem estranho, mas ele apenas respondeu.

– É claro! Por que eu iria querer ficar num lugar onde só tem testosterona, se eu posso ter ela... – apontou para mim. – Sentada no meu colo, me beijando?... – Eu olhei para Xiumin sem acreditar em tais palavras. Ele não era assim, o que houve?

– Ele tem razão. – Lay disse e eu o olhei incrédula também.

– Exatamente! É claro que eu tenho razão. Agora se me dão licença eu vou voltar para a sala, para ficar com a minha namorada. – falou dando ênfase em "minha".

Me puxou de volta para a sala e eu continuava sem reação nenhuma, nunca pensei que ouviria algo desse tipo saindo da boca daquele homem tão fofo e gentil.

  Agora eu conheço seu outro lado...


Notas Finais


Olá, meu bolinhos! Me desculpem por demorar tanto a postar, me perdoem mesmo, eu espero que não tenham desistido de mim;-;...

Eu queria dizer que mudei sim o jeito de escrever e tals, mas é pq esse jeito é bem melhor e mais bonito, me desculpem se não gostaram...

Mas vamos falar de Kim MinSeok. Que safrado! Ele não era assim, o que aconteceu?

E quem será que jogou a bolinha de papel neles? Kihyun​, talvez?... Hum...

Não desistam de mim, amanhã tem mais.

Mais uma vez, me desculpem!...

SARANGHAEYO!❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...