História I Can't Be Just Your Friend - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bianca Andrade (Boca Rosa), Christian Figueiredo, Depois das Onze, Felipe Z. "Felps", Flavia Sayuri, Gustavo Stockler (Nomegusta), Kéfera Buchmann, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Bianca Andrade, Christian Figueiredo, Felps, Flavia Sayuri, Gabie Fernandes, Gustavo Stockler, Kéfera Buchmann, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Thalita Meneghim
Visualizações 22
Palavras 1.812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oooooooiiiiiiiii, voltei mundo! Eu to conseguindo adiantar vários capítulos então acho que amanhã consigo postar um novo. EEEEEEEEEEEE.
MEO DEOS!!! 11 FAV. NUM CREIO. MT OBG! <3
Eu ia falar uma coisa quando postasse esse cap mas esqueci ;-;.
Os capitulos da viagem vão ser divididos em partes e provavelmente vai ser mais que três caps da viagem.
Espero que gostem.

Capítulo 7 - "Eu me autorizo."


Fanfic / Fanfiction I Can't Be Just Your Friend - Capítulo 7 - "Eu me autorizo."

Vih Pov On

O despertador toca e eu acordo. Me levanto e me visto. Vou para a cozinha, tomo café enquanto mexo no celular. Escovo os dentes, arrumo minha mochila e sento no sofá enquanto o tempo passa. Estava na hora de ir pra escola, se não me atrasaria. Peguei meu celular e minhas chaves. Saio do meu apartamento e o tranco. Estava quase indo embora quando Rafa sai de seu apartamento.

- Rafa: Oii. – Ele diz terminando de trancar seu apartamento.

- Vih: Oie. – Eu digo sorrindo.

- Rafa: Quanto tempo não é mesmo *risos*. – Ontem eu fui na casa dele.

- Vih: *risos* Ta melhor hoje? – Eu digo enquanto saiamos do elevador que chegara no térreo.

- Rafa: Não. To com uma praga que não descola de mim desde domingo *risos* - Ele diz tentando fingir que achava isso um saco.

- Vih: A “praga” que você gosta. – TAALVEEZ um pouco convencida.

- Rafa: Eu não. Credo. – Ele fala e eu dou um tapa fraquinho no seu braço. Nós fomos o resto do caminho até a escola conversando. 

Chegamos na escola. Estavam Bia, Ké, Gusta e T3ddy conversando. T3ddy nos vê e faz um escândalo.

- T3ddy: AI MEU DEUS QUE FOFOS! – Ele grita apontando pra mim e Rafa que chegamos juntos.

- Bia: Miga, eu super shippo vocês, mas nem tentam disfarçar? – Ela fala me zoando. Eu coro.

- Vih: N-nós não... – Sou interrompida, como sempre.

- Gusta: *risos* Quando vocês começaram a se falar? – Ele pergunta com uma cara maliciosa.

- Rafa: Err... – Ele me olha como quem não sabe o que dizer. – D-domingo, nós fomos na p-praça.

- Ké: Ownt, que fofos. Tão cedo já tão apaixonadinhos. – Cala a boca Ké.

- Vih: N-nós não... É q-que nós moramos na frente um do outro. – Digo sem graça.

- T3ddy: Ta, agora parem de gaguejar e vamos que daqui a pouco vai bater. – Nós concordamos e vamos para a sala e ficamos conversando enquanto o professor não chega. Quando ele entra na sala todos sentam em seus lugares e prestam atenção no que ele fala.

- Profº: Bom dia! – Ele fala enquanto vai entregando uma folha para os alunos. – Como vocês sabem, a escola está planejando viagens com o ensino médio. Eu estou passando a autorização pra seus pais assinarem. Nós a pegaremos sexta quando vocês chegarem. Na folha está escrito o que vocês precisão levar.

Depois de entregar as folhas pra turma inteira ele começou a aula.

Quebra de Tempo

O sinal toca. Todos descem pro pátio ficando só alguns alunos na sala. Incluindo eu, o Rafa, a Gabie, a Thali e um menino com quem elas conversavam. Eu fiquei um tempo procurando algo na minha mochila que desse pra comer, ou comprar comida. Mas dessa vez não encontrei nada. Peguei meu celular e fiquei por mais uns segundos ali sentada até que o Rafa vem falar comigo.

- Rafa: Oi Vih. – Ele fala ficando de pé ao meu lado.

- Vih: Oi Rafa. – Falo me levantando da cadeira.

- Rafa: Vamos? – Ele fala me apressando.

- Vih: Eu vou. Mas não com você. – Digo indo pra perto da porta.

- Rafa: Até parece. Não aguenta ficar um segundo longe de mim. – Ele fala cruzando os braços.

- Vih: Veremos. – Digo saindo pro corredor. Ele tinha razão, eu não iria sem ele. Então fico esperando ele vir, mas ele estava demorando então eu coloco só a cabeça pra dentro da sala. – Vamos?

- Rafa: Eu disse! – Ele fala, faz uma cara de convencido e eu mostro a língua pra ele.

Nós descemos as escadas, estávamos indo pro pátio, mas o Gusta e a Ké nos param.

- Ké: Que tal termos um encontro duplo? – Meu deus.

- Vih: Nós não estamos namorando nem nada. – Falo fazendo uma cara de brava.

- Gusta: Você fica tão fofinha bravinha, mas mentir é feio. – Ele fala apertando minhas bochechas.

- Rafa: Vocês são muito idiotas *risos*. – Ele fala corando.

Nós podíamos não estar namorando ou qualquer coisa do tipo, mas definitivamente o que eu sentia por ele não era só amizade. Mas acho que ele não sente o mesmo que eu. Nós saímos dali e nos sentamos em uma mesa.

- Vih: Rafa. – Ele olha pra mim. – Err, talvez isso seja meio estranho de se dizer, até porque só faz três dias que começamos a nos dar bem. Mas eu queria que você soubesse que é meu melhor amigo, e que eu te considero muito.

Vih Pov Off

Rafa Pov On

- Vih: Rafa. – Ela chama minha atenção e eu olho pra ela. – Err, talvez isso seja meio estranho de se dizer, até porque só faz três dias que começamos a nos dar bem. Mas eu queria que você soubesse que é meu melhor amigo, e que eu te considero muito. – Melhor amigo? Isso não é nem um pouco estranho. Estranho é eu sentir algo a mais por ela do que só amizade. Mas pelo visto ela não sente o mesmo.

- Rafa: Isso não é estranho. Você também é minha melhor amiga. – Digo dando um sorriso.

- Vih: Ta, mas já vai bater. Precisamos voltar pra sala. – Ela fala se levantando.

- Rafa: Aah! Eu to com preguiça de subir as escadas. – Ela revira os olhos e vem na minha direção.

- Vih: Deixa de ser preguiçoso. – Ela me puxa pelo capuz do meu moletom.

- Rafa: Ai Ai Ai Ai. Ta eu vou. Não precisa me matar também. – Eu falo passando a mão no pescoço e fazendo bico.

- Vih: Ta o delicado. Vamos pra sala. – Ela vai em direção ao corredor.

Nós entramos na sala e, de novo, o T3ddy faz escândalo.

- T3ddy: DEPOIS DIZEM QUE NÃO TÃO NAMORANDO! – Ele grita e a turma inteira olha pra mim e pra Vih.

- Gabie: Ownt, que fofinhos! O novo casal da turma. – Ela fala fazendo um coração com as mãos.

- Rafa: Nós não somos um casal. Somos apenas amigos. – Pelo menos é o que parece ser.

- Thali: Não importa. A gente shippa mesmo assim. Mas é muito difícil montar um shipp pra vocês. – Eu reviro os olhos e vamos para nossos lugares.

A aula até que não foi tão chata, mas não via a hora de o sinal bater pra irmos pra casa.

Quebra de Tempo

O sinal toca e todos saem incluindo eu e a Vih. A Bia mora perto de nós, então fomos juntos conversando no caminho.

- Bia: Qual o lance de vocês? – Ela pergunta com um sorriso malicioso.

- Vih: Nós não temos um lance. Somos só amigos. – Estou começando a achar que ela realmente não sente nada mais por mim.

- Bia: Então por que vocês estão sempre juntos?

- Rafa: Nós somos amigos. MELHORES amigos.

- Bia: E eu aqui? – Ela olha pra Vih.

- Vih: Ele é meu melhor amigo. – Ela faz cara emburrada. – Você é minha melhor amigA.

- Bia: Ah ta. – Ela sorri.

Nós nos separamos de Bia e entramos no nosso prédio. Subimos o elevador e eu vou em direção a meu apartamento.

- Vih: O que você pensa que ta fazendo mocinho? – Ela fala colocando uma das mãos na cintura.

- Rafa: Abrindo meu apartamento? 

- Vih: Você vai ficar na minha casa, se lembra? Eu não arrumei ela pra nada. – Agora ela tentava fazer cara de brava.

- Rafa: É mesmo. Tinha esquecido. – Eu não me lembrava.

- Vih: Nossa, nós ficamos a manhã inteira juntos e você ainda esquece de mim. – Ela faz bico.

- Rafa: Eu não esqueci de você, eu esqueci que ia pra sua casa. 

- Vih: Uhum, sei. – Ela revira os olhos, eu não aguento e rio.

- Rafa: Ta, agora abre esse apartamento que eu to cansado. – Ela abre a porta e nós entramos no seu apartamento. Estava tudo arrumado e tinha uma decoração colorida. – O que vai ter de almoço? – Falo me jogando no sofá.

- Vih: Noossaa. É a primeira vez que você vem aqui e já ta assim, é? – Ela fala séria mas não aguenta e ri.

- Rafa: Sim. Agora vai masterchef. – Falo fazendo um sinal com a mão como se estivesse a enxotando.

- Vih: Só vou porque estou com fome. Vai ter Pizza. – Ela fala enquanto tirava as Pizzas do congelador.

- Rafa: De que são as pizzas? – Pergunto erguendo um pouco o pescoço pra conseguir enxergar.

- Vih: Calabresa e Portuguesa. Rimou *risos*. – Ela coloca a primeira no forno.

- Rafa: São minhas favoritas. – Falo pegando meu celular da mochila.

- Vih: As minhas também. – Ela sorri.

Ela sentou do meu lado e nós ficamos ali conversando até as pizzas ficarem prontas. Nós comemos e ficamos um tempo sentados no sofá mexendo no celular até ela puxar assunto.

- Vih: Onde seus pais estão? – Ela pergunta do nada e eu me assusto.

- Rafa: Eles não moram muito longe. Eles moram naquele prédio ali. – Falo apontando pela janela um prédio perto do nosso.

- Vih: Por que vocês não moram juntos? 

- Rafa: Eu queria mais privacidade, então pedi pra me mudar. – Olho a hora no celular e guardo ele no bolso. – E o seus?

- Vih: Eles estão em outro estado. Sou emancipada. 

- Rafa: E como vai fazer pra eles assinarem a autorização? 

- Vih: Eu me autorizo. Por ser emancipada não preciso deles pra essas coisas. – Ela fala se achando.

- Rafa: Grande coisa. Não precisa se achar por causa disso. 

- Vih: Sem graça. – Ela joga uma almofada em mim e eu a jogo de volta. – Quer dormir aqui?

- Rafa: Sim, mas preciso pegar umas coisas pra isso. Eu vou ali no meu apartamento e já volto. 

Eu fui até meu apartamento, guardo minha mochila e começo a pegar o que precisava: Pijama, escova de dente, etc. Voltei pro apartamento dela e nós ficamos conversando e assistindo séries no sofá de baixo das cobertas. Estava frio.

Quebra de Tempo

Estava tarde, então decidimos nos arrumar pra dormir. Ela diz pra eu ir tomar banho primeiro. Então eu pego minha toalha e meu pijama e vou pro banho, depois que saio do banho já escovo meu dentes. Quando saio do banheiro e vou pra sala, a mesma esta arrumada com um colchão de casal no chão.

- Vih: Tem problema se nós dormirmos juntos? – Nenhum!

- Rafa: Não. – Falo e me jogo no colchão bagunçando a coberta.

- Vih: Eu vou tomar banho. E você vai arrumar a bagunça que fez. – Ela fala me olhando com cara de brava.

- Rafa: Ta mãe. – Eu falo e ela me mostra o dedo do meio.

Ela sai do banho com uma blusa longa, um shorts curto e o cabelo preso em um coque frouxo. – Mulher, não faz isso comigo que eu não aguento. – Ela se deita do meu lado e nós ficamos assistindo mais séries até irmos dormir.


Notas Finais


E aí? O que acharam? Comentem aí em baixo. Interajam ;-;
Novamente obg pelos 11 fav.
Me avisem se tiver algum erro.
Até o próximo cap. BBBJJJSSSSSSSS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...