História I choose you! (Eu escolho você!) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Guns N' Roses
Personagens Axl Rose, Duff Mckagan, Izzy Stradlin, Personagens Originais, Slash, Steven Adler
Tags Axl Rose, Duff Mckagan, Guns N' Roses, Izzy Stradlin, Slash, Steven Adler
Visualizações 18
Palavras 2.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey docinhos!
Mais um capitulo pra vocês <3
Espero que gostem!

Capítulo 3 - Ei, eu vou ficar!


Fanfic / Fanfiction I choose you! (Eu escolho você!) - Capítulo 3 - Ei, eu vou ficar!

Lilith pov's

Já se passou a porra de uma semana inteira e eu definitivamente não aguento mais!

Olho para Jonesy e ele está com cara de poucos amigos também, nem o coitadinho aguenta mais!

É exatamente uma hora da manhã e eu preciso dormir para acordar as seis e ir trabalhar, mas Sasha está no meio de um menage e está gemendo feito uma cabrita faz mais de uma hora, os caras estão falando cada merda pra ela... Bufei e me levantei, eu estou totalmente irritada por não conseguir dormir bem, pelo menos por essa semana Sasha está gritando o nome de caras diferentes o tempo todo, eu não me importaria com isso se ela fosse mais silenciosa.

Me levanto pra ir até a geladeira pra ir pegar algo pra comer pra ver se o tempo passa, mas no meio do caminho esbarro em um cara nu. Ele me encara com um olhar malicioso e me prensa na parede.

-Você devia participar da nossa festinha!- ele morde o lábio e observa meu corpo.

-Me poupe...- faço uma careta pra ele e volto a meu objetivo de ir até a geladeira. Até parece que eu vou transar, quando tudo que eu mais quero é dormir. Abro a geladeira e acho salame, Sasha odeia salame, então eu vou come-lo.

-AAAAH... MAIS RÁPIDO!- escuto ela gritar, bufo e volto para meu quarto. Eu definitivamente não vou morar mais aqui, amanhã mesmo vou procurar um quartinho pequeno pra alugar.

 

 

Sasha pov's

Meu corpo estava em êxtase, eu queria mais e mais a todo tempo, venho aproveitando bem essa semana. Os garotos brincaram com meu corpo e eu brinquei com o psicológico de cada um os tratando como nada depois que acabamos, os mandei embora e fui direto pro chuveiro. A água quente podia tirar toda sujeira de mim, ou é pelo menos no que acredito depois de uma noitada.

Demorei bastante tempo, e depois me enrolei em uma toalha e sai do banheiro. Lilith estava do lado de fora me encarando com uma cara nada amigável, parei e ri um pouco sem graça, seu rosto estava com olheiras.

-Desculpa?- acabei rindo. Não tenho culpa por ter uma vida sexual totalmente ativa.

-Eu só quero avisar que vou procurar outro lugar pra morar!- ela me deu a língua e eu franzi a sobrancelha.

-Não vou impedi-la, se ficar aqui vou sempre estar te incomodando...- suspirei.

-Eu sei, também não quero que pare de vulgarizar a sua vida por minha culpa!- ela riu e nos abraçamos.

-Mas venha me visitar, e visitarei você!- dei de ombros.

-Vou sair pra trabalhar, no horário de almoço procuro por algum lugar...- ela suspirou e pegou sua mochila- Até mais...

 

 

Duff pov's

Abri meus olhos e me espreguicei. O barulho de um liquidificador ligado me irritou.

-Mas que porra...- sussurrei e soquei a cama. Me levantei e descobri meu corpo, eu estava só de cueca e assim que a brisa fria me atingiu eu me arrepiei e me encolhi. Fui até meu guarda roupa que só tinha uma porta porque a outra estava quebrada e peguei uma camiseta e um shorts velho e praticamente sem elástico.

Sai do quarto e caminhei pelo corredor até chegar a sala que era um divisão com a cozinha, Izzy estava preparando uma massa no liquidificador, enquanto Steven estava sentado na mesa e Axl e Slash no sofá.

-Bom dia vadia loira!- Slash jogou seus cabelos pra trás e me olhou rindo.

-Bom dia matagal!- mandei um beijinho pra ele. - O que teremos para o café hoje, hein albino?

-Panquecas...- ele deu de ombros. Izzy realmente não dava importância a nada, sua calma chegava a me irritar.

Ajudei o albino a preparar tudo e depois do café fui até meu quarto e coloquei uma calça rasgada, uma blusa preta e minha jaqueta de couro.

-Vai aonde?- Axl perguntou.

-Vou comprar uns quadrinhos novos, estou ficando viciado em lê-los...- dei de ombros.

-Mais viciado do que em bucetas e pinga?- ele riu debochado- UAU!

-Vai se fuder!- mostrei o dedo do meio pra ele e continuei meu caminho. Eu conheci uma loja a pouco tempo, era muito boa por sinal, e os dois nerds que trabalhavam lá eram bons garotos. Demorei um pouco até chegar lá, quando entrei o sininho que estava na porta fez barulho, mas diferente das outras vezes eu não encontrei os nerds e sim uma garota no bacão, lendo tão avidamente um livro que nem ouviu o barulho do sino.

Uma música boa e bem antiga tocava e ela se balançava pra lá e pra cá na cadeira enquanto bebia algo quente e lia. Pigarreei e ela levantou seus olhos escuros e me observou, ela abaixou o volume da música e se levantou.

-Pois não?

-Você é nova por aqui?- acabei perguntando sem pensar- É que... bem, sempre venho aqui e encontro aqueles garotos... e nunca vi você...

-Ah, eu comecei a trabalhar aqui semana passada!- ela estendeu sua mão pra mim- Sou Lilith!

-Isso é tipo um codinome ou apelido?- franzi minha sobrancelha e ela acabou rindo.

-Na verdade, é meu nome mesmo, acredite se quiser!- ela deu de ombros.

-Bem, eu sou Michael!- peguei sua mão- Mas me chame de Duff!- pisquei pra ela.

-Ok, Duff! O que você está procurando?- ela abriu os braços indicando os livros.

-Bem, estou lendo um hq do batman, e sério, estou viciado... Vim buscar a edição 55!

-Batman?- ela franziu a sobrancelha- Bem eu estou na edição 61!- ela riu.

-Uau, não me conte o que vai acontecer!- ela me mostrou onde ficava a edição e eu a peguei, paguei por ela mas demorei a ir embora. Fiquei conversando com a garota de nome diferente, ela era bem interessante e maluca- Então, você está procurando um lugar pra morar?

-Sim, não quero que minha amiga vadia pare sua vida sexual potente por minha causa!- acabamos rindo.

-Bem, é bem estranho essa coincidência, mas eu meio que moro com um amigo e estamos alugando um quarto do nosso apartamento caindo aos pedaços...- dei de ombros fingindo desinteresse no assunto- É bem modesto e está realmente caindo aos pedaços, mas quando nossa banda decolar vamos reforma-lo...

-Ei, eu posso ir conhecer o lugar?- ela parecia um pouco mais animada- Uma banda? Uau!

-Que tal amanhã?- dei de ombros e sorri- Seria interessante!

-Claro, porque não?

Sai de lá com a certeza de que consegui uma garota pra morar no quartinho, e Axl dizendo que nenhuma garota ia querer morar lá.

Papo furado!

 

 

Izzy pov's

Duff chegou em casa todo animado dizendo que conheceu uma garota e que ela quer morar aqui, ou pelo menos conhecer. Fico preocupado só de pensar o tipo de garota que ele vai trazer pra morar aqui, e espero que não seja uma dos piores tipos, porque Duff normalmente anda com essas. Eu quero que isso aqui continue sendo uma casa, e não que se torne um bordel.

-Tem certeza que ela não usou nenhum tipo de drogas pra querer vir aqui?- Axl debochou- Normalmente trazemos drogadas, não sóbrias...

-Realmente, quero conhecer essa doida ai!- Slash riu.

-Vou mostrar toda a minha coleção de ursos pra ela!- Stee sorriu animado.

-Bom, vamos ver como vai ser amanhã! Não baguncem essa porra de casa!- bufei e me joguei no sofá.

 

 

Lilith pov's

Resolvi pegar o horário de visitas da noite, mas antes comprei um ursinho para Nancy como prometi. Eu não sei que loucura estou fazendo em relação aquele punk, mas me parece uma boa ideia conhecer o lugar, por pelo menos me parece que vou poder dormir tranquila. Depois que estiver lá eu posso ir pra outro lugar se não for bom, mas espero que seja.

Esperei a recepcionista me dar aquele papelzinho e o grudei em minha roupa. Subi até o quarto de Nancy e me sentei na cadeira de plástico ao seu lado.

-Ei querida, as coisas parecem querer melhorar um pouquinho pra nós.- peguei o ursinho e pousei ao seu lado na cama- Aqui está o seu presente... Acorde logo e só assim tudo ficará realmente bem...

-Senhorita acho que você chegou um pouco atrasada, mas o horário de visita já acabou!- uma enfermeira simpática e cansada me avisou enquanto apontava para seu relógio.

-Oh, tudo bem!- me levanto e beijo a testa de Nancy- Até mais, eu voltarei logo, prometo!

Pego um ônibus e volto pra casa, Sasha está vendo tv.

-E ai?- ela me olha curiosa.

-Talvez eu tenha encontrado o lugar, mas ainda preciso averiguar!- suspirei.

-Me diz que tem uns gatinhos lá!- ela fez biquinho e eu ri.

-Você não para né? Pelo que sei tem dois, eu conheço um, ele é meio punk!

-UAU! Já quero ele pra mim!- ela ri.

-Todo seu querida, vou tomar um banho e cair na cama!

-Boa noite "xuxu"!- ela me manda um beijo pelo ar.

-Boa noite...- sussurro e vou pro banheiro.

 

 

Narradora pov's

O dia amanheceu e Lilith foi para seu trabalho onde encontrou Matt e Scott, eles conversaram e venderam mais alguns gibis e livros, até a hora do almoço. Duff foi busca-la, e enquanto comiam um fast food eles foram até a casa dele, talvez a futura casa dela. Era um bairro que podia ser chamado de "impopular", muitas bandas que almejavam o sucesso moravam ali, e Duff fazia parte de uma delas.

Eles entravam num pequeno beco para poder chegar a porta do pequeno prédio, e o elevador que já não funcionava a alguns anos dava lugar a uma escadaria escura, mas Lilith não se importou, na verdade a madeira escura das escadas lhe pareceu até acolhedora de certa forma. A porta que daria a sala onde os garotos estavam era de uma madeira um pouco gasta, com um olho mágico e a maçaneta mal pintada.

-Bem, espero que goste!- o punk deu de ombros, e Lilith também. Sua mão pairou sobre a maçaneta.

 

 

Axl pov's

Sentado no sofá e fumando um cigarro enquanto olhava a janela. Minha manhã não foi muito boa com Stephen, ele estava batendo em Amy quando acordei, e eu acabei saindo em tapas com ele, minha mãe está em casa arrasada e eu sai de lá para que tudo não piorasse mais ainda. Vim pra casa dos meninos e não vou sair daqui tão cedo.

-Eles já devem estar chegando!- Steven bateu palminhas enquanto se remexia no sofá, ele parecia bem ansioso.

-Tomara que ela seja gostozinha!- Slash esticou as mãos no ar e as fechou em seguida como se estivesse apertando algo.

-Se ela não for uma vadia, respeitem ela!- Izzy nos lançou um olhar malvado e ameaçador.

-Ok, senhor comandante!- respondi prontamente.

Ouvimos a maçaneta da porta girar e a mesma se abrir, então Duff entrou e deu espaço pra que ela passasse.

A garota de moletom na balada...

Tenho certeza que é ela!

Ela está olhando em volta, mas eu sei que ela! Eu nem bebi tanto aquele dia, então posso me lembrar perfeitamente.

-Bem, eu sou Izzy, moro aqui com Duff!- o albino dá um aceno de cabeça e sorri meio fraco, afinal, seu forte não é sorrir.

-É um prazer conhece-lo!- ela sorri de volta.

-Ei, você não é a garota do hospital?- Slash gritou se levantando, a garota arregalou os olhos.

-Ainda se lembra de mim? Você me derrubou no chão!- ela colocou as mãos na cintura e fez uma careta.

-Mas eu te segurei a tempo, não é docinho?- ele piscou pra ela, e ela corou um pouco.

-Olá! Eu sou o Steven, e eu não vejo a hora que você venha morar aqui!- Steven sorriu e acenou.

-Vamos com calma!- ela sorriu, e se virou pra mim- Ah não!- seu pequeno e belo rosto se fechou ao me ver.

-Olá docinho, já nos conhecemos também, me chame de Axl!- não fui nem ao menos simpático, afinal, ela me deu um fora e eu não estou em um bom dia. Izzy e Duff me olharam com umas caras nada amigáveis.

-Vamos ver o quarto, ai você me diz o que achou!- Duff puxou ela pela mão.

 

 

Lilith pov's

Quando abri aquela porta senti um pequeno cheiro de mofo, a luz da janela incomodou meus olhos, e vi algumas roupas jogadas pelo chão. Garotos estavam sentados nos sofás e isso me assustou um pouco, mas acho que são apenas amigos e não moram ali de verdade.

O que dizer sobre o quarto?

Uma janela ampla e com cortinas que pareciam recém colocadas, uma cama de casal w as paredes...

Ah, as paredes!

Pintadas de um belo azul,e isso foi o suficiente para que eu me apaixonasse por aquele quarto. Ponderei por alguns minutos, mas, por que não?

-Eu fico com o quarto!- sorri e me virei pra Duff e pro albino que estava encostado na soleira da porta.

-Então, vamos negociar!- o albino deu de ombros.


Notas Finais


E ai, o que acham que vai dar essa maluca morando com os garotos?
Comentem plis!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...