História I Don't F*cking Care - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Dois Capítulos, Idfc, Jikook
Visualizações 47
Palavras 900
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooii
Essa fic vai ter 2 caps só
Fiquem atentos

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Eu não ligo porra nenhuma.


Essa é mais uma noite em que eu passei em claro esperando você voltar. Voltar da farra, dos pecados e diversões secretas e silenciadas, dais quais a mídia não tem conhecimento algum, e nem deveriam ter. Estou esperando você, deitado no sofá e enrolado nos lençóis, com a visão fixa na porta, imaginando repetidamente na minha cabeça a cena de você chegando sorridente, carregado de flores e ursinhos e pelúcia, dizendo que me ama, que me deseja, e que se dane o mundo, você quer é ficar comigo.

Mas não foi o que aconteceu. O que aconteceu foi você entrando na casa com um cheiro insuportável de álcool, acompanhado dele. Daquele meu grande amigo e irmão mais novo, que eu tanto amo e estimo, mas que sinto um leve e sufocante ódio quando o vejo abraçando você. E, devo ressaltar, que não são as poucas vezes em que ele te abraça. Não são poucas as vezes em que vocês se beijam, se tocam. E não são poucas as vezes em que eu vejo essas trocas de carícias e choro a noite toda em meu quarto. Mas, tudo bem, Jungkook. Tudo bem. Eu não me importo.

Não me importo de ter esse sentimento cortante dentro de mim que me possuí e confunde minha alma desde que coloquei os olhos nesse seu sorriso de coelho. Você tem noção do que me causa? Tem noção das noites que passei em claro me culpando por gostar de um homem, e ainda mais meu colega de trabalho? De quantas vezes eu me senti um lixo por desejar você? Foram muitas. Mas eu não ligo. Não ligo para você.

Eu tentei, Jeon. Quando eu percebi que os sentimentos em meu peito eram amor, eu tentei me aproximar de você. Comecei com aqueles abraços sutis, por trás e na frente das câmeras, comecei a mimar você, te dar todo meu amor, mas você não retribuía. "Ele deve ser tímido!"

Era o que minha mente dizia. Mas você não era tímido com Taehyung. Por que não, Jungkook? Por qual razão você aceitava os abraços inocentes de Kim Taehyung mas não aceitava os meus?

"Faça dieta, Jimin! Seu abs é o seu brilho! Como espera conquistar Jungkook com essa barriga?"

"Vai mesmo comer isso? E quanto as suas bochechas? Você parece um porco!"

"Tae é lindo. É por isso que Jungkook prefere ele!"

Sabe o quanto dói pensar isso? Dói muito. E o pior de tudo, é que a medida que os anos passavam, eu ia acreditando nessas frases que passavam na minha cabeça. E com o passar do tempo, você começou a corresponder meus carinhos. Eu estava feliz, feliz de verdade. Até parei com esses pensamentos tristes e comecei a parar de malhar, a não exigir mais um corpo bom.

Por que, Jungkook, quando você me beijou no banheiro do estúdio de gravação enquanto filmávamos "Dope", eu fui para o céu e para o inferno ao mesmo tempo. Eu fiquei mais louco ainda por você. E a cada dia em que íamos nos beijando mais, fazendo coisas que iam além de beijinhos inocentes,e fodendo escondidinho no banheiro de nossa casa, bagunçando a cama dos nossos quartos de hotéis, eu senti que era amor. Eu senti que você me amava. Mas, eu senti errado.

Ainda me lembro bem do dia em que você me beijou, e disse que era melhor pararmos com aquilo. Que todos estavam desconfiando; até as fãs perceberam. E eu, apesar de arrasado, concordei, pelo bem dos meninos, pelo bem da empresa. Eu te dei meu último beijo de despedida, e voltamos a ser o que éramos: amigos, companheiros de grupo. E eu não liguei, Jungkook. Eu não dei a mínima, de verdade. Eu só chorei para um caralho.

Eu poderia aceitar isso, poderia mesmo. Só que ai eu descobri que você e ele estavam aos beijos. Na frente de todos, de todos os meninos, se beijavam sem pudor algum na nossa frente. Na minha frente. Mas não, Jungkook. Eu não ligo.

Eu pensei a respeito, fiz uma pesquisa, e percebi que o problema era eu. Percebi que o problema não era eu e você sermos dois homens famosos. O problema era eu. Eu nunca seria tão lindo, tão sexy quanto Taehyung. De repente, nenhuma comida mais tinha sabor. Dançar também não me agradava. Ver as fãs gritando meu nome era bom, mas não preenchia aquele vazio em meu peito que gritava desesperadamente o seu nome, tr chamando para ser meu. Nem mesmo quando fomos para os EUA receber aquele prêmio foi o suficiente para me fazer feliz de verdade. Tudo que eu sempre quis para ser feliz foi você. Mas você não é meu. Tudo bem. Eu não ligo.

Eu não liguei quando você entrou por aquela porta, cambaleando, com Taehyung te segurando com a maior cara de assustado do mundo. Não liguei quando você se jogou no sofá onde eu estava e começou a gritar comigo, me culpando por coisas sem sentido, murmurando palavras desconexas e desnorteadas. E, apesar de sentir meu coração quebrar ao ver você daquele jeito, eu olhei em seus olhos e te tratei como você me tratou nesses últimos tempos: como um amigo.

Mandei Taehyung te dar banho e te colocar na cama, com a maior cara de indiferença que consegui vestir. Por que eu não dou a mínima para você. Por que eu finjo que não dou a mínima para você.

Por que você não dá a mínima para mim, Jeon Jungkook.


Notas Finais


Espero que gostem😘😘
XOXO
-DramaQueenie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...