História I Don't fucking care-IDFC- - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Blackbear, I Don't Fucking Care, Idfc, Igualdade Só Em Direitos, Muralhas, Não Me Importo, Pessoas
Visualizações 4
Palavras 975
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Música de recomendação-Yuna-mermaid

Aqui estou eu que demorei uns 4 dias a mais do que eu tinha combinado comigo mesma

Capítulo 2 - O tédio acaba quando se tem uma mini-eu ao meu lado


Fanfic / Fanfiction I Don't fucking care-IDFC- - Capítulo 2 - O tédio acaba quando se tem uma mini-eu ao meu lado


23/01/2016

Se você acha que eu e Murphy viramos melhores amigas,está errada!Definitivamente está não vai ser uma daquelas histórias,se conheceram no elevador,viraram melhores amigas e compraram um caixão em conjunto.


Ela me evitou todos esses dias,não fui atrás dela.Okay se ela só fala comigo se estiver na pior,posso estar sendo exagerada ou não sei lá.Sempre ia na biblioteca pra ver se Murphy estava,não combinamos nada,eu só ia pra lá por mísera esperança.Realmente a  esperança é a última que morre.Estou tão desesperada quanto vocês imaginam,me senti uma blogueirinha.Nesse exato momento,eu precisava de pessoas com opniões diferentes das minhas,não queria ficar aprisionada em uma bolha social!

Depois de olhar pra parede refletindo sobre a vida,sim pode parecer muita maluquice mas recomendo.Se você for hiperativa recomendo com uma música calma(recomendação nas notas iniciais).Fiz o de sempre quase como se o universo estivesse rebobinando o dia de ontem,anteontem e etc.Dessa vez,não enganei nenhuma atendente de alguma cafeteria qualquer.Peguei um pêra,andei enquanto estava comendo.Lucca faltou hoje então o que me resta é perguntar para planta se ela gosta da Alcione.

A aula foi se passando,passando, e o que me restava era prestar atenção na aula.Uma vez me peguei ouvindo a conversas das pessoas ao meu redor,falaram algo engraçado, e eu ri,perceberam minha risada de eco então voltei a minha tradicional cara meio médio meio merda.FINALMENTE SAI DAQUELA AULA!!!
 
Eu tive um momento de felicidade ao lembrar que era a hora do recreio,intervalo, tanto faz,não comi nada.Lembrando que eu não tinha ninguém,dei um passeio na escola.Entrei na sala dos expectores,vi uma camisinha usada,aproveitei a deixa mandei uma foto pro Lucca.Ele não vai intender nada,mas essa é a graça!E mas uma vez o tédio bateu,não tive escolha o tédio estava me obrigando,e assim rumei a biblioteca,afinal se ela não foi todos esses dias,não vai ser agora que ela vai aparecer. Porém literalmente a Lei de Murphy entrou em ação meus caros amigos. 

Meu sorriso sem aparecer os dentes,desapareceu no mesmo instante.Obviamente ela me viu,estava diferente com um sorriso,sem alfacinho,e uma camiseta rosa,com um botton da Avril.Percebi que meu olhar se fixou nela,então botei um capuz.Olhei as estantes,achei um anuário de fotos,da época que os dinossauros não existiam só no acre.Foliei,pela minha supresa não tinha bigode de Hittler em nenhuma das fotos.talvez porquê nesse tempo Hittler era um adolescente cheio de espinhas e problemas hormonais.

As imagens era algo divertido de se ver.Pode ser pelo motivo que tinham educação,liberdade de verdade conquistada,não era uma falsa liberdade.Depois da análise das fotos, resolvi me alto analisar.Eu estava normal.Serio não tive nenhuma paranoia nem nada,talvez eu esteja me acostumando nessa coisa de não me importar.Achei um canto vazio na biblioteca,dessa vez não tinha uma camisinha.Comecei a me alongar,isso mesmo me alongar,pergunte a qualquer dançarina se quando estão vendo TV,por exemplo,da uma vontade de se alongar no tédio.

Essa não foi a aula mais importante e divertida na minha vida.Tocou o sinal não sabia o que fazer,ou sentir,então fiz o que todos os zombies da minha frente fizeram andei.Andei, Andei,Andei.Subi as escadas a minha quarta aula seria no 3ºandar,do lado do 7º ano.Olhei pela janela lá havia uma mini-eu versão endemoniada que costumo chamar de irmã,o nome dela é Malu.Talvez a única diferença seja seu sorriso e sua risada gostosa,debochadas que quando faz um piada sobre você,até você dá um risada só para vê-la feliz.Ao me perceber o sorriso que estava nela ficou maior,não pude evitar sorrir também,mesmo sendo rabugenta igual um velho.A professora dela parece que me notou,então fiz a coisa mais adulta a se fazer me abaixei,então a porta se abriu,por minha sorte era a minha irmã.

-Você é péssima em disfarçar.-disse ela caminhando até um lugar longe da porta.

-Não ganho nem um abraço?-pergunto com uma pose típica de Cristo redentor,que foi um dos maiores erros que cometi hoje,ela veio correndo e ficou que nem um bicho preguiça num galho.Okay não foi ruim,acho que foi até a coisa mais maravilhosa do meu dia.

-Queria ficar com você o dia todo,o professor de história está passando sobre política.-disse ela fazendo cara de cachorrinho pidão 

-É importante saber a história do passado para não se repetir e ser trouxa.-eu disse e ela deu uma risadinha,aí caramba com aquela risadinha fofa eu cedi-Okay mas isso nunca aconteceu, e também vai pegar a matéria depois com os mini-demónios que tem na sua sala.

-Okay,mas como você vai fazer isso?-Mallu perguntou alisando as mãos como se fosse o Gargamel.

-Eu tenho um plano,vamos na coordenação,você fala que esta com dor de cabeça e só lá em casa tem o remédio,os outros você é alérgica.Então eu ligo pra nossa mãe.-Eu não ia falar pra ela que o áudio dela não a ligação-Okay?E antes que eu ia esquecendo nada de falar pra mamãe!

-Certo,mas a mamãe já vai saber já que estamos ligando pra ela.-Mallu disse e porra por que essa menina é tão inteligente.

-Porque se não ela vai te dar aquele remédio ruim pra dor de cabeça de novo. Porem se você não falar,eu falo pra ela que você já tomou.-eu explico com um ar de superioridade 

~~NA COORDENAÇÃO~~ 

-Então está dizendo que a mãe de vocês ligou para liberarem mais cedo?-ela perguntou com o mesmo tom de sempre o de vaca �� 

-Isso mesmo,eu tenho a confirmação!-eu disse mostrando a Vaca bovina esquecida fora do açougue 

-Certo,liberadas-ela disse,nem pra desejar melhoras aquela vaca servia 

¥AO SAIR DA ESCOLA¥

-Conseguimos-Minha Irmã disse logo então fizemos um HI-5.

Lembrei que hoje não tinha comido,então tinha dinheiro.

-Você quer tomar um sorvete?-Disse,mesmo sabendo que a resposta seria um sim

-SIIIIMMMM!Você é a melhor irmã do mundo!!-Mallu disse me abraçando

-Okay então exagerada.Posso ligar pro Lucca?-Perguntei 

-Não vai ser só nós duas-Ela disse com um biquinho 

-Se eu chamar o Lucca você ganha um sorvete maior.-Ao dizer isso ela mudou a opinião rapidamente para um sim

 

/Fim do capítulo pequeno e atrasado|

 

 


Notas Finais


Eu sei que vocês ficaram decepcionados cmg ao não deixar mais esssa amizade fluir mas quem sabe.sou imprevisível xuxu

Aparência da Mallu: http://pin.it/8lqol4s
O que você acha?

Outra coisa importante eu sei que tem gente tipo:Como assim senhor não era pra ela não se importar com nada.ERA, mas eu quero que vejam o desenvolvimento dela

Bjs com uma imagem de bom-dia que provavelmente sua tia botou no grupo da família


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...