História I Feel Invincible - BTS - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), The Heirs
Personagens Choi Young-do, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Choi, Choi Young Do, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kookie, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Seul, Suga, Tae, Taehyung, Yoongi
Exibições 24
Palavras 1.074
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meu povo que come pão com ovo que é um ovo e que gosta de ovo!
Pois é, eu estou aqui, com mais um capitulo maravilhoso e cheio de bad para vocês e somente para vocês. (Promoção de Black Friday?)
Então, por hoje é isso, tem muito aviso não.
Musica de hoje: Empty - Winner - Os reis da Bad.
Boa leitura ♥
E desculpem se houver algum erro!

Capítulo 6 - Ajuda?


Um barulho forte, meu rosto ardendo, Jungkook caído no chão novamente com o empurrão que o dei, lágrimas de ambos e um Shin com cara de espanto.

- M-mas o que você está fazendo? Está maluca? - Shin dizia.

- Não Jung Shin, não estou louca. Estou defendendo quem amo. Você é quem deve estar louco se pensou que eu estava ao seu lado, seu bastardo! Nunca que eu ia ficar contra os meninos, você é um idiota e agora eu tenho provas. - Disse com cara de nojo.

- Sua pirralha maldita! Eu vou te matar. - Ele ia me dar outro tapa, jungkook a essa hora tinha se levantado e estava se encolhendo atrás de mim.

- BATE - Gritei e logo após abaixei a voz. - Bate de novo, será só mais uma denuncia contra você não é mesmo? 1º Maus tratos a um menor de idade, 2º ameaça de morte e 3º Violência contra mulher. Sua ficha na polícia vai ficar linda Shin. - Sorri vitoriosa quando ele abaixou a pata (ou mão, tanto faz).

- QUE GRITARIA É ESSA AQUI? - Sr. Bang já chegou irritado pela bagunça no local.

- Eu vou te explicar a gritaria Sr. Bang. - Disse Jin. - Kyung Soon tem provas de que Jung Shin bate em Jungkook, confissão do próprio e ainda por cima bateu e ameaçou a Soon também.

Os outros meninos olhavam estáticos de mim, para Shin, de Shin, para o Sr. Bang e do Sr. Bang para o Jin.  Depois que eu mostrei a gravação foi uma bagunça enorme, Sr. Bang chamou a polícia, fomos Jin, Sr. Bang, Jungkook, Shin e eu para a delegacia. Shin foi escoltado na viatura enquanto eu e os outros fomos no carro do Sr. Bang logo atrás dos policiais. Eu estava sentada no banco da frente com o Sr. Bang e Jin e Kookie no banco de trás. E particularmente estava muito feliz , tínhamos conseguido pegar Shin, mas um sentimento triste me abateu, Jungkook não pronunciou uma só palavra depois daquilo, acho que ele realmente ficou chateado comigo. A polícia pegou todos os depoimentos e prendeu Shin até o julgamento. Sim, eu o denunciei por aqueles três motivos citados acima.

Voltamos para a BigHit, meu rosto resolveu ficar inchado com o tapa do animal, peguei gelo e me deitei em um sofá, estava cansada de mais. Dormi. Senti mãos acariciando meus cabelos e me lembrei que Kookie poderia estar machucado, fiquei preocupada mas não consegui abrir os olhos, estava cansada de mais, acho que o estresse emocional foi muito grande. Mergulhei em meu sono de novo. Já que não conseguia acordar, não lutaria contra.

Olhei no relógio e já haviam se passado 2h desde que deitei. Bufei, não era para ter dormido tanto. Estava deitada ainda e vi Hoseok passando no corredor, comecei a chorar. E se não me perdoassem pelo que fiz? Tudo bem que eu queria ajuda-los, mas mesmo assim, ainda devo ter magoado-os.

< Jin POVs > - 2h atrás!

Estavam todos conversando eufóricos na sala de dança, passei reto e vi que Soon estava dormindo, o rosto dela havia ficado bem feio pelo tapa. Voltei para a nossa sala de dança e fu conversar com os meninos.

- Gente, presta atenção aqui. - Todos me olharam - Eu queria explicar o que ouve com a Soon.

- Então fala logo amor. - Disse Namjoon apreensivo.

- Tempo atrás quando Junkook apareceu com aquelas marcas feias no braço e no rosto, Soon queria saber o que tinha acontecido.

- E você falou que era o Shin? - Taehyung disse.

- Não, não falei, mas ela sabia de alguma forma.

- Foi porque eu deixei escapar. - Disse Namjoon.

- Então, resumindo, ela fez um plano comigo, eu basicamente, teria que cuidar dos mais novos, que ficariam chateados como previsto e ela se aproximaria de Shin e gravaria tudo que ele dissesse de ruim sobre nós.

- Deve ter sido nesse dia que eu e Yoongi hyung vimos ela conversando com o Shin. - Jungkook afirma.

- Sim, foi nesse dia mesmo. - Continuo - Mas ela precisava que ele batesse em você de novo Kookie, uma gravação não seria prova o suficiente.

- E o tiro de Shin saiu pela culatra quando o tapa acertou a Soon. - Foi a vez de Yoongi se pronunciar.

- Isso mesmo, agora mesmo, ela deve estar achando que vocês não vão perdoa-la por isso.

- Como poderíamos fazer isso? Foi ela quem salvou a gente do Shin. - Jimin que até o momento estava calado resolveu falar.

- Agora ela precisa saber disso também.

< Choi Kyung Soon POVs > hora atual.

Consegui controlar meu choro, me levantei mas fiquei tonta, sentei de novo. Suspirei e levantei quando a tontura passou, coloquei meu casaco mas não achava minha bolsa.

*Mas que droga, onde será que ela está? Meus  documentos estão  lá dentro, tudo que eu preciso está lá dentro! AH MEU DEUS... A AGENDA COM OS HORÁRIOS*

Já ia começar a chorar de novo, será que na confusão, roubaram ou perdi minha bolsa? Eu estava extremamente frustrada.

*Calma Soon, deve esta em algum lugar.

Sai procurando pelas salas, até que em uma estava tudo apagado, entrei de vagar para não tropeçar em nada. A porta se fechou atrás de mim, voltei e ela estava trancada, legal né? Mais nada para acontecer hoje? Já pode para universo! Acendi as luzes e estavam todos os meninos lá me olhando e eu sem jeito. Abaixei a cabeça, não sabia o que iria acontecer. No meu fone de ouvido tocava "Empty - Winner" e me parecia que encaixava literalmente na situação.

"Geoul soge nae moseubeun teong bin
Geotcheoreom gongheohae
(Misoga eobseo pyojeongen)
Honja gireul georeobwado teong bin
Georin neomu gongheohae
(Nae maeumcheoreom joyonghae)
Da ra dat dat dat dat dat dat
Baby don't worry
(Da dat dat dat da ra)
Neoran kkumeseo kkaen
Hyeonsirui achimeun gongheohae
(Nae maeumi neomu gongheohae)"

"Meu reflexo no espelho
Está tão vazio, como se não tivesse ninguém lá
(Não há um sorriso no meu rosto)
Eu ando sozinho na rua
Mas essa rua vazia parece tão vazia
(É quieta como meu coração)
Da ra dat dat dat dat dat
Baby, não se preocupe
(Da dat dat dat da ra)
Depois de acordar do sonho que era você
Essa manhã de realidade se parece tão vazia
(Meu coração parece tão vazio)"

*Continua...


Notas Finais


Se gostarem, favoritem e comentem!
BEIJÕES!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...