História I found him in a hopeless place - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Personagens Originais
Tags Bambam, Câncer, Capítulo Único, Drama, Got7, Oneshot, Shortfic
Visualizações 23
Palavras 1.148
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


não tenho muito o que dizer dessa oneshot
eu queria que as fãs conhecessem um pouco mais da história dele e levassem um pouco mais pro lado emotivo da coisa.
eu peço desculpas se acabou ficando um pouco forçado. Eu fiz essa história na vdd pensando em algo que eu passo in real life hl0-adashoida.
gente eu amo o bambam e não desejo o câncer e nem a morte pra ninguém, pelo amor de deus.
inclusive o cara é meu bias então relaxem ai

Capítulo 1 - Capítulo Único - i found him in a hopeless place


Kunpimook Bhuwakul. O garoto mais vaidoso e com o maior coração que puderam conhecer.  

Ele estava perdido pela cidade de Seoul após chegar da Tailândia, é como dizem as mais clichês histórias: sua família o deixou ali sozinho e teria de se virar como podia. Mas isso não abalou o futuro membro do grupo GOT7, muito pelo contrário. Conheceu Park JinYoung e Jaebum nos seus três anos de trainee, o amor de irmão que recebeu de JinYoung e toda a provocação de Jaebum é o que o tornou o famoso BamBam. Não posso dizer por ele que o mesmo teria os melhores anos de sua vida, mas com certeza encontrou as melhores pessoas, os melhores fãs e pode fazer de tudo isso seus últimos melhores momentos.

02 AM.

Bambam havia adormecido após o longo dia de ensaios para o futuro show do grupo.

Eu, Arthit, sua melhor amiga que pude acompanha-lo nesses anos, mandei uma mensagem para que me chamasse assim que acordasse. Estaria no show e como conhecia seu agente, pedi para que me deixasse passar uns dias com os meninos.

08 AM.

Recebi a mensagem de Bambam dizendo que estava feliz por poder me ver nos próximos dias e que precisava conversar sério comigo.

Bambam sempre foi uma criança fofa, jovem também assumiu o papel de fofo e seu desejo era que as fãs ficassem com sua imagem como o “carismático” do grupo, porém já disputava esse lugar com outro integrante.

Seu desejo de estar em um grupo veio primeiramente de sua mãe. Ela sempre o apoiou e teve um pressentimento forte de que seu filho iria longe.

 

 

DIA SEGUINTE.

2 PM.

- Onde você está? – Perguntei para Bambam no celular enquanto tentava procura-lo no aeroporto.

- Arthit, para de graça! – Bambam já falava bravo.

- Você sabe que altura não é muito uma qualidade sua. 

Um silêncio tomou a linha.

- Ok Kunpimook... Se você não aparecer em dez segundos, eu saio daqui sem você! – Parei do lado de um Mc Donalds que havia no aeroporto. – E contando...

Quando olhei para o lado direito, no amontoado de pessoas, vi Bambam tentando se destacar pulando para que eu pudesse vê-lo. Não contive o sorriso.

Ele guardou o celular e tentou passar pelas trezentas pessoas que estavam querendo comprar seu lanche. Deixei minha mala no canto e fui ao encontro de Bambam no amontoado de pessoas.

Nosso abraço foi forte, fazia muito tempo que eu não o via.

- Kunpimook... – Parei um pouco para respirar. – Você não era tão forte assim antes.

- Quando você trabalha com garotos que gostam de parecer homem, você acaba virando um homem também.

- É... Não tenho certeza quanto ao homem. – Ri e ele me deu um soco no braço.

DIA SEGUINTE

APÓS SHOW PARA AS I GOT7

Parabenizei todos do grupo pelo ótimo show que haviam feito. Eu não era fluente no coreano, mas aprendi graças à Bambam. 

- O desempenho de vocês é incrível! – Falei para bambam quando entramos no camarim.

- Obrigado. Espero ter essa força por mais um tempo. Não quero desapontar nossas fãs agora. – Bambam falou enquanto tomava água.

- Logo agora que você está começando a ficar forte. Nada vai acontecer de ruim... – Bambam me puxou de lado.

- Era sobre isso que queria te falar. – Olhei preocupada. – Não tem sido fácil lidar com isso sozinho.

- Do que está falando?

DIA SEGUINTE.

1PM.

Era isso. Bambam por ser o mais vaidoso, acabou se tornando o com mais coração. Tudo pelas suas fãs.

Descobriu seu câncer no mesmo ano que entrou na GOT7 e desde então não contou para ninguém sobre o assunto que o assombrava todas as noites.

Sua família tentou convence-lo a fazer todos os tratamentos. Agora tinha dinheiro para isso, qual seria sua desculpa?

Bambam estava almoçando com os meninos, sabia que seus dias estavam contados então fazia o máximo para fazer todos se sentirem bem, desde seus companheiros até suas fãs.

- Ninguém sabe? – Perguntei baixo para ele.

- Não. Tenho tomado alguns remédios, mas acho que eles não merecem saber. Meus exames dizem que já espalhou por todo o corpo, eu só tenho que aceitar agora. Eu agradeço por ter demorado um tempo para ter se espalhado.

- Mas por quê? Há tantos meios de acabar com isso. – Lágrimas insistiam para cair.

- Eu aceitei desde o primeiro dia, Arthit. É algo que vai além do nosso mundo.

5 MESES DEPOIS.

Sim, meu Kunpimook se foi.

Never Ever era o single da vez. Não se opuseram a cantar um acústico no hospital para ele.

geokjeong ma dochakhaesseuni Shall we dance

 

CARTA DE BAMBAM NO CÉU.

Eu estou bem, pelo menos quero acreditar que estou. Eu poderia muito bem ter continuado do lado de vocês né? Eu sinto tanta falta disso. Eu sinto falta do frio na barriga ao entrar no palco, das sensações ao sentir nossas fãs gritando para nós. 

Eu perdi tudo isso, mas ganhei muitas coisas, muitas experiências ao decidir meu destino. ( O destino já estava traçado, eu não podia apenas quebra-lo). Encontrei meu pai. Sim, meu querido pai que não via á muito tempo. 

Duvido que Jackson esteja se dando bem sem mim, duvido que vocês estejam se vestindo tão bem quanto antes. Inclusive, espero que não estejam apenas usando preto de luto, eu não mereço isso! Quero deixar bem claro que decidi vir para cá, mas vim com estilo e espero que vocês continuem com estilo também. Eu ainda faço parte do GOT7, por favor... 

Enfim, eu sei que deixei uma imagem boa para minhas fãs, para vocês meus amigos, para minha família. Sei que vocês estão orgulhosos de mim, do que eu fui e sei que estão principalmente com saudades de quando eu era o mais engraçado do grupo. (Sempre). 

Ah, podem usar minhas maquiagens, a marca delas são ótimas. 

Meu pai sempre me dizia para eu ter orgulho de mim mesmo, não importa o que eu fizesse. E bom, eu tenho. Mas eu tenho mais orgulho de vocês.. Por terem conquistado o que conquistaram, por estar onde estão. O que seria do mundo kpop sem vocês? Vocês fazem pessoas felizes todos os dias, então é... Se orgulhem de vocês mesmos antes de olhar para mim e se orgulhar de todo o meu esforço feito. 

Eu sou um lindo, estiloso, com botox anjo. Eu estarei sempre com vocês. Dando uma cacetada a cada passo de dança que errarem. 

Vocês foram a melhor coisa que me aconteceram. Obrigada por essa oportunidade.

Arthit, eu te amo. Desculpa ser tarde demais para isso. Espero que você coloque meu nome no seu filho, se não vou ser obrigado a te dar uma cacetada também. 

Eu devia ter sido mais simples, mas rápido, mais sentimental. Mas se fosse assim, não seria eu.

Amo vocês.

Com amor, 

Kunpimook Bhuwakul (ou Bambam. Eu prefiro Bambam, é mais charmoso que nem eu).


Notas Finais


espero que tenham gostado.
se comentarem ai eu posso fazer uma shortfic (menos trágica) dos outros integrantes também!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...