História I Found Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Descendentes
Personagens Carlos de Vil, Doug, Evie, Jane, Jay, Lorrie, Mal, Príncipe Ben
Tags Bevie, Descendentes, Descendentes 2, Evie, Evie Grimhilde, Príncipe Ben
Visualizações 50
Palavras 431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction I Found Love - Capítulo 1 - Prólogo

 

*Evie*

Tudo que eu penso e faço, sai errado.

 Me enganei com vários garotos da ilha a muito tempo atrás, me enganei com o Chad e agora com o Doug...

Todos esses enganos, decepções e arrependimentos, estão me deixando cada vez mais vulnerável, e estou baixando a minha guarda, isso definitivamente não pode acontecer, eu não posso deixar que descubram meus problemas, defeitos e angustias.

Não sei mais o que fazer para manter a pose de “garota de Auradon”, melhor amiga da Lady Mal, conselheira do Rei Ben, amiga de todos, sempre feliz, e disposta a ajudar qualquer um que precise.

Na ilha tudo era mais fácil, confesso que ser malvada e cruel não eram uma das minhas coisas preferidas de se fazer, mais combinava muito mais com o meu “eu interior” do que essa coisa oca que sou hoje, mas também não vou dar uma de Mal e voltar para ilha, até porque passei as piores experiências da minha vida lá e os pesadelos, medos, fobias e cicatrizes vão estar comigo para sempre.   

Estou sem saber o que fazer ou pensar, e nessa viajem pelo meu interior confuso e patético acabei chegando a uma conclusão inevitável.

Eu estou completamente perdida.

Aaaarggh e agora mais essa do casamento da Mal com Ben , que estava me corroendo por dentro, mais do que qualquer coisa.

Qual é o meu problema?

A Mal é a minha amiga, minha irmã!

Eu quero que ela tenha um namorado, na verdade um noivo agora, mas isso não vem ao caso, ela merece ser feliz....

O Ben merece ser feliz também, ele é uma ótima pessoa, um rei excepcional e um amigo maravilhoso.

Não quero que nenhum dos dois se machuque, não mais que já se machucaram.

Mas é claro que eles vão ser felizes juntos.

Espera aí! Por que eu estou tão preocupada e chateada com isso?

O relacionamento deles não me diz respeito, é claro que a Mal é minha amiga e o Ben também, mas não é como se eu fizesse parte disso, das discussões e das brigas, dos momentos alegre e mágicos que eles tem um com o outro.

Eu desejo tudo de melhor para os dois!

Mas por que que isso não faz com que essa angústia saia do meu peito?

 

E de repente.

- AI MEU DEUS!

SERA QUE EU ESTOU APAIXONADA PELO BEM ?

E com essa pergunta e as estupidas imagem projetadas pela minha cabeça de nós dois justos, foi como um baita chute na boca do meu estomago.

 

Eu estou

Fodidamente;

Loucamente;

Ridiculamente;

E completamente apaixonada pelo Ben!


Notas Finais


As Patricinhas de Beverly Hills 99.9% Mode On


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...