História I Found You - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Harry Bottom, Harry Styles, Larry, Louis Tomlinson, Narry, Niall Horan, One Direction
Exibições 141
Palavras 1.220
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Estupro, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura!

Capítulo 14 - 14°


Fanfic / Fanfiction I Found You - Capítulo 14 - 14°

Niall segurou firme na cintura de Harry e o cacheado suspirou. Ele odeia se sentir impotente, mas se ele for falar isso para Niall, o loiro vai ficar triste. 


"Harry, eu sei que você odeia se sentir impotente, mas impotente e uma coisa que você não está!" fala Niall e Harry bufa. 


"Caso você não tenha percebido, eu não estou enxergando!"


"Harry, qual foram as palavras do médico?"


"Ele disse que eu estou cego, mas não impotente!" 


"Exatamente! Agora muda essa carranca e vamos entrar na nossa nova casa!" falou Niall e Harry sorriu de lado. 


"Nossa nova casa?" perguntou Harry com o cenho franzido. 


"Claro, você achou o que? Que eu ia te deixar sozinho?"


Niall parou de andar e encarou Harry. 


"Você realmente achou que eu fosse te deixar Harry?"


O cacheado olhou para o chão e mordeu o lábio inferior. 


"Achei..."


"Harry eu te amo, eu nunca deixaria você!"


"Agora eu sei disso!"


Falou Harry sorrindo de lado e Niall bufou. 


"Vamos entrar!"


A casa tinha sido um presente do pai de Niall. Ele disse que finalmente o loiro tinha tomado vergonha na cara e tinha encontrado alguém. O local tinha sido todo adaptado para o cacheado. 


"Eu nunca mais vou poder fazer doces, né?" perguntou Harry e Niall sorriu.


"Harry, você vai ter uma vida normal sim, você só precisa aceitar que você agora e cego!" 


"E meio difícil aceitar isso Niall!"


"Eu sei que e, mas eu estarei aqui pro que você precisar." 


"Eu sei!"


Niall ficou encantado com a casa, o seu pai tinha mesmo caprichado. Tudo ali lembrava Harry, até as cores e a decoração. Ele foi até a sala e lá, tinha um vista para a a rua. 


"Harry, você está bem?" Styles estava em silêncio e isso não e algo bom. 


"Estou... Eu só queria ver a casa, sabe?" falou Harry com o semblante triste. 


"Imagina a sua outra casa, eu tentei fazer parecido porque um sei que você adora rosa e azul!" falou Niall e Harry sorriu. 


"Eu te amo!" falou Harry sorrindo de lado. 


Niall se aproximou e passou seus braços pela cintura do mais novo, que riu de lado. 


"Eu te amo mais, muito mais!" falou Niall. 


Ele se aproximou e selou os lábios de Harry, que fechou os olhos e passou os braços pelo pescoço do mais velho. 


"Você é meu Harry e ninguém pode mudar isso!"


Niall se aproximou e beijou o canto da boca de Harry, que sorriu. 


"Sem tortura Niall, pelo amor de Deus!" falou Harry e o cacheado ouviu a risada de Niall e esse som se tornou o seu favorito. 


Sem mais delongas, Niall atacou os lábios de Harry em um beijo sedento, mas logo depois ele transformou em um beijo calmo. Styles merecia toda calma do mundo. 


"Vem!" 


Niall pegou Harry no colo, em estilo noiva e o levou até o quarto. O menor não conseguia esconder seu sorriso. Niall lhe deixava feliz de muitas formas. 


"Sabe, quando eu tive a ideia para esse quarto... Eu pensei muito em você, ele acabou sendo azul e verde."


"Verde?" 


"Verde e minha cor favorita Harry e nada pode mudar isso." falou Niall deitando o cacheado na cama. 


"É azul sempre será a minha!" falou Harry se apoiando em seus cotovelos. 


Niall engatinhou até Harry, parando a centímetros de seu rosto. A respiração do menor estava acelerada. 


"Só relaxa, tá?" falou Niall e Harry assentiu. 


Niall beijou o menor sem presa, deitou ele na cama, mas sem quebrar o beijo. Harry era uma mistura de sentimentos e incertezas. Mas ele sabia que o loiro nunca o iria deixar e isso o confortava, já que ele não tinha mais ninguém em sua vida. 


"Nunca que esqueça que eu te amo!" falou Niall e Harry assentiu. 


O loiro o despiu e Harry ficou apenas de calcinha, causando um enorme rubor no menor. Niall riu o e deixou um beijo em Styles, que sorriu. Niall tirou sua própria roupa e em seguida voltou a beija o menino mais novo. 


O beijo foi ganhando muita intensidade. Niall passava a mão por todo o corpo de Harry e o menor gemia baixo. 


O ar foi necessário e o loiro foi descendo os beijos até o pescoço branco de Harry, que arqueou as costas e gemeu novamente. 


"Agora você é meu!" sussurrou Niall, chupando o lóbulo da orelha do menor. 


"Eu sempre fui seu!"


Horan foi descendo os beijos molhados, passando pelos mamilos de Harry e abdômen. Por onde Niall passava, ele deixava um chupão, ele queria provar que Harry era seu e de mais ninguém. 


Niall se levantou e quando voltou, ele segurava um frasco de lubrificante é uma camisinha. O loiro tirou a calcinha de Harry e logo depois sua box. O mais velho se posicionou na frente do cacheado, que exibia um sorriso fofo e tímido. 


Niall colocou a camisinha e passou uma quantidade exagerada de lubrificante. Logo depois ele se posicionou e olhou para o menor, que assentiu. 


Niall deitou sobre o menino mais novo e entrou aos poucos em Harry. O cacheado mordeu o lábio inferior e cravou suas unhas curtas nas costas do irlandês, que gemeu de dor. 


Aos poucos Niall começou a entrar e a sair de Harry, que deixou de sentir dor e começou a sentir prazer. A cada estocada funda do loiro, o cacheado gemia alto. Ele nunca tinha feito amor. Ele sempre fez sexo e para ele não é a mesma coisa. 


Harry sempre achou que nunca iria encontrar alguém que lhe amasse da forma que ele era. Mas aí, Niall apareceu e virou a cabeça do menino de cachos ao contrário, mas foi bom. Só aí Styles percebeu que poderia ser amado. 


Niall deixava beijos e marcas por todo pescoço de Harry e o menor gemia alto. Ele não queria esconder que é apaixonado por um cara incrível. Ele quer que todos saibam que finalmente ele seria feliz, depois de tanto sofrimento. 


Niall sentia que viria logo e aumentou ainda mais as estocada, fazendo Harry arranhar ainda mais suas costas e logo depois, se desfazer, sujando suas barriga e a do mais velho. Não demorou muito para o loiro se desfazer dentro de Harry. 


Niall caiu ao lado do cacheado e os dois estavam ofegantes. Harry se virou e sua mão foi até o rosto do loiro, que sorriu e fechou os olhos. Styles analisou cada detalhe do rosto de se namorado e sorriu. 


"Nunca mais eu verei seu rosto!" falou Harry alisando o nariz de Niall. 


"Você vai sobreviver a isso." falou Niall e Harry riu. 


"Eu sei... Mas eu gostava de admirar seus olhos, eles me davam paz."


"Vamos fazer assim... Quando você quiser ter paz, de alguma forma, alisa meu rosto, não é a mesma coisa, mas acho que pode ajudar." falou Niall e Harry riu. 


"É uma opção."


Niall se levantou com Harry e os dois foram ao banheiro. Eles tomaram uma longo banho. Assim que o loiro saiu, ele colocou apenas uma cueca box e o cacheado apenas uma calça de moletom rosa. 


"Sabe, eu não sei o que seria de mim sem você!" falou Harry passando as pernas pela cintura de Niall, que riu. 


"Também não sei o que seria de mim sem você!" falou Niall deixando um beijo no topo da cabeça Harry. 


"Ainda bem que eu te encontrei, né Niall?!"


"É Harry, ainda bem que você me encontrou!"



Notas Finais


Esse é o fim, mas ainda tem o epílogo.

Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...