História I Hate cats... or not. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Personagens Originais
Exibições 9
Palavras 368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oioioioi, já pedi a capa, não se preocupem, MASSSS, POR ENQUANTO, a capa será aquela ali ;u;, espero que gostem, xoxo.

Capítulo 1 - Prólogo.


Olho para o diretor que está na porta a me encarar, reviro meus olhos e abro a boca para comentar o quão ridículo era eu estar ali, mas resolvo deixar quieto.

—Entre – Suspiro cansado e entro na sala -, então, suas notas baixaram muito, está acontecendo alguma coisa com sua família ou parecido?

Não, eu moro sozinho, pensei.

—Não há nada acontecendo senhor... – Apoio o cotovelo na mesa, e em seguida, o queixo na mão.

A não ser eu ter ficado cinco dias sem dormir direito, pensei.

— Então por que sua nota abaixou?

—Perdão senhor, prometo prestar mais atenção nas aulas e aumentar minha nota, posso ir agora?

Ele suspira e entrega-me um bilhete de autorização, agradeço mentalmente por isso e me retiro para a sala.

Cinco minutos para acabar, penso e suspiro, guardando meu material.

...

Chego em casa e largo minha mochila no chão, olho para os lados em busca dele.

— Gatinhooo... – O procuro na sala, banheiro e quarto, onde se meteu? —Ah, a cozinha.

Bingo!, penso.

— Você voltou! – Ele pula encima de mim, nos derrubando.

— Ai! – Boto a mão na cabeça. – Mais cuidado gatinho.

— D-Desculpe Chany! – Ele fala saindo de cima de mim. —

— Está com fome? – Falo abrindo a geladeira – talvez eu peça algo para comer.

— Sério?! – Ele dá uns pulinhos.

— Sério.

...

Faz uma semana que esse híbrido está aqui, e o pior: eu não consigo me concentrar em outra coisa a não ser ele. E o pior²: Eu odeio gatos, jamais teria um! Então, por que não consigo odiar esse ser?

Ah, eu me lembro de quando ele chegou aqui!

“Eu estava meio tonto, uma dor de cabeça forte, então resolvi me deitar, pego um comprimido e um copo d’água e tomo o remédio, vou em direção a cama, cambaleio e me apoio na porta.

Ressaca!, Penso.

Deito-me naquela cama macia, mas, hey, espera.

— PFFFF! – Levanto-me rapidamente ao ouvir aquele miado de dor, eu não tinha gatos!

— É o que?! – tiro as cobertas, revelando um corpo todo encolhido, ferido e magro, muito magro! — q-quem é você?

— Miau? — Ele me olha, seus olhos semiabertos, ele tenta se levantar, mas seu corpo está fraco — Miau...

Solto um suspiro, Eu só posso estar imaginando coisas, certo?


Notas Finais


ENTÕOOOON! Será que o nosso querido Chany está somente IMAGINANDO coisas?
Façam suas apostas!, hehe.

Xoxoooo '3'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...