História I Hate Everything About You - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias South Park
Exibições 51
Palavras 1.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HEYA!!! ANTES DE TUDO NÃO ME MATEM!!!!
Eu sei que demorei pra kct.............eu sei que deixei vocês esperando..........e eu também sei que sempre venho cm uma desculpa...............
E dessa vez é simplesmente porque eu tava com bloqueio e preguiça!
Certo, vou começar a levar esse negocio de fic mais a serio, afinal eu tava escrevendo tudo direto no site..........(por falar nisso fiz a revisão dos capítulos, então se quiserem reler acho que não haverão mais erros (na verdade só tinha no ultimo cap) mas agradeçam o word por isso!!!
Enfim, vou tentar escrever um capitulo bem grande, e talvez eu escreva os próximos dois juntos para não demorar na postagem :3
Novamente me desculpem qualquer coisa................MAAAAAAS esse cap provavelmente vai compensar pelo menos um pouco..........eu acho...........
Só isso mesmo X3

Capítulo 6 - Real Feelings


POV. PETE

  Certo, eu realmente não sei o que achei do filme. Quer dizer, de acordo com alguns é um dos melhores filmes de terror do século, já outros acham que ele é uma grande merda. As opiniões sobre ele são tão divididas que recebeu 2,5 de 5.

Argh quem estou tentando enganar?! Achei o filme uma merda! Mas mesmo assim, ver a cara de pavor de Mike realmente me causa um prazer mórbido que me faz dar um leve sorriso. Não sei como um viadinho desse pode se considerar um “vampiro” amante de ocultismo....ah mas é claro, para ele vampiros, lobisomens e ocultismo são coisas daquela desgraça enjoada de Crepúsculo.

Mike se vira cuidadosamente e me olha de relance, logo desviando seu olhar. Ele acha o que?! Que eu mordo?! Sério, só falta ele dizer que a pior coisa do filme foi o unicórnio!

Eu estico meu braço para alcançar o controle e desligar a tv. O vampiro aparentemente ainda esta processando o que acabou de assistir.

-Então, o que achou? – pergunto erguendo uma das sobrancelhas.

Ele me encara por alguns segundos, como se estivesse tentando achar uma maneira de me responder sem parecer  idiota que é.

            -Eu.............eu não faço a menor ideia...........-ele vira seus olhos para o chão, porem, volta sua atenção aos meus – hu.......o que VOCÊ achou?

            -É uma merda, mas já vi piores......esse filme não deve atormentar nem mesmo uma criança....... – okay eu exagerei......... mas se essa criança for Firkle é certeza que ele não irá ter medo.

            -Claro...........- ele volta a encarar o chão aparentemente envergonhado.

            -Sério mesmo que você teve medo disso, Conde Bixa? – o pergunto com um sorriso cínico

-NÃO! Quer dizer.........talvez...... – ele se encolhe um pouco -  e será que pode parar de me chamar assim?! Eu venho tentando ser legal e gentil com você o dia todo, e tudo que você faz é me ofender e me deixar para baixo, mesmo com tudo que eu estou fazendo por você.......

-Quer dizer o suborno? Eu não preciso nem dependo dessa merda, posso muito bem ir embora. Afinal, quem me quer aqui é você, quem quer minha “amizade” é você! A não ser que você tenha mudado de ideia pelo meu jeito desgraçado de ser!

-ARGH! – parece que consegui tira-lo do sério............ou é o que parecia, ate ele respirar fundo e me lançar um olhar fuzilante e sorrir sarcástico – sabe Pete, eu gosto de você, não é um dos paga paus que me seguem o dia todo, você realmente não tem escrúpulos de me enfrentar –ele começou a se aproximar, mas eu continuei na mesma posição e encarei afrontando-o.

-Certo Vampir-viado, perto demais – disse fazendo sinal para que ele se afasta-se – você esta ultrapassando meu espaço, e acredite, a ultima coisa que você quer é me ver puto. – disse calmamente, mesmo que ele tenha ignorado.

Olhei para a janela rapidamente, droga! Esta havendo uma tempestade, se eu brigar com esse cara, simplesmente não terei para onde fugir!

 

POV. MIKE

Certo, eu sei que é muito retardado um cara que paga de vampiro e praticante de ocultismo ter “medo” de filmes de terror. Mas eu não posso fazer nada! Aquele filme na verdade nem faz sentido, quer dizer, além das bizarrices acontecendo, a garota fica praticamente o filme todo sendo salva por um cara e no fim ela tenta mata-lo. QUAL O SENTIDO?! Eles deveriam se beijar e dar um jeito daquelas........”coisas” não destruírem o mundo, depois se casarem e terem filhos e acontecer algo romântico! A parte mais romântica desse filme inclui uma vadia....

Mas que seja, aquele gótico esta começando a me irritar! Eu estou tentando, fazendo de tudo para ele no mínimo não ser tão rude e estupido, mas nãaaaaaaaaao, ele simplesmente continua a me chamar com aqueles apelidos pejorativos, o que esta realmente me deixando com raiva.

Ah Pete, porque tão rude e rebelde?! O que devo fazer para te agradar?! Eu realmente não tenho ideia.......

Corro meus olhos pelas paredes verde-escuro, isso somado a decoração vitoriana deixam o lugar com um clima levemente sombrio mas ao mesmo tempo elegante. Eu amo isso. Talvez eu deva me acalmar antes de virar um soco naquele belo rosto pálido.

Ok, eu admito, estou apaixonado por Pete. Não acho que meus sentimentos estejam claros, mas mesmo assim. No inicio eu fiquei assustado, afinal, todos meus colegas namoravam ou falavam sobre garotas e eu nunca me senti atraído por nenhuma. Muitos achavam que eu e a Katie “Bloodrayne” Gelson namorávamos, mas a verdade é que, apesar dela assumidamente ter uma queda por mim, e termos ficado varias vezes, eu nunca me atrai realmente por ela.

Perceber que era gay foi um grande choque para mim, quer dizer, eu achava que eu só precisava achar a garota certa, como Edward encontrou Bella, mas não, eu percebi que garotas realmente não eram algo que me excitasse.

Porem nada foi pior do que descobrir que a pessoa por quem eu realmente tinha alguma atração era Pete. De todas as pessoas no mundo, de todos os garotos, porquê justo meu pior “inimigo”?!

Eu não conseguia aceitar, eu não queria aceitar. Tentei ficar com mais garotas e ate garotos, em segredo claro, não sei nem o que fariam se descobrissem que sou gay. Já não aguento as provocações de “Conde Bixa” ou “Vampir Viado” ou qualquer outra, mesmo com todos “acreditando” que eu sou hétero, imagina se soubessem que sou gay?! Ai que eles nunca mais irão parar!  

Enfim voltando ao Pete, é uma merda amar ele! Eu deveria ganhar um premio por estar conseguindo atura-lo sem perder a calma por um dia, esse cara é insuportável! Quando eu finalmente tomo coragem para fazer algo como demonstrar minha insatisfação, eu olho no fundo daqueles olhos azuis inexpressivos e me perco. As ideias se embaralham e o que era para sair como uma ofensa ou ameaça sai mais como uma desculpa ou o mais educado possível.

Droga! Porque não consigo ser sarcástico com ele?! Ou dizer logo minha intensões?! Argh eu te odeio Pete, e eu odeio amar você!


Notas Finais


Certo, hum, foi isso! Eu realmente espero que vocês me perdoem pela demora e que gostem do capitulo, e bem sobre a escolha de filme, o nome é "O segredo da cabana" e meio que eu não sei oq acho desse filme............quer dizer eu rio MT mas sla...........não é um filme de terror que seja realmente assustador (se bem que eu não tenho medo de filmes de terror)
Ele ser considerado por alguns o melhor filme de terror do século é verdade, assim como a nota 2,5 de 5 também.
Eu acho que recomendo ele pelo menos para render algumas risadas ou ao menos confundir a cabeça de vocês.
Só isso mesmo, e não posso deixar de agradecer a todos que comentam tanto elogios quanto criticas construtivas, se não fossem vocês eu teria desistido <333
Bjs e até o proximo X3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...