História I hate in Joker - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Dr. Jonathan Crane (Espantalho), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Jason Todd, Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Selina Kyle (Mulher-Gato)
Visualizações 22
Palavras 785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


essa é a minha primeira história, então espero que gostem

Capítulo 1 - A traição, briga e separação


Fanfic / Fanfiction I hate in Joker - Capítulo 1 - A traição, briga e separação

            Harley Quinn

Era mais ou menos nove horas da manhã como sempre Joker já tinha acordado e estava em seu escritório, levantei e fui até o banheiro fazer minhas higienes matinais, me troquei e desci para tomar café da manhã quando escutei Joker me chamar subi e fui em sei escritório.

-Sim pudinzinho, o que foi - perguntei curiosa.

- Hoje iremos sair para brincarmos em Gotham, esteja pronta aqui ás 20 horas,ok - ele disse um de mau humor

- Ok pudinzinho - respondi desci terminar de comer o café da manhã. Depois do almoço decidi sair pela cidade já que estava no tédio. Voltei pra casa perto do horário de eu e Joker sairmos, e quando cheguei Mr. J não estava em casa , achei estranho mas ignorei e fui logo me arrumar, quando terminei de me arrumar escutei alguém chegar, logo pensei ser Joker, peguei minhas armas, desci correndo, e sim era ele, mas ele estava com uma mulher aos beijos com ela. Ao ver isso dei um berro:

-JOKER!! - eles pararam na hora, Mr. J ficou me encarando e disse:

-Harley por que está tão arrumada, na verdade o que faz aqui? - ele disse nitidamente bêbado:

-A GENTE IA SAIR PARA FAZER ALGUNS CRIMES E VOCÊ FAZ ISSO!! - eu gritei muito brava

-Olha aqui gata, ele pode fazer o que ele quiser, ele é solteiro - a mulher que estava com ele disse . Sem pensar duas vezes peguei ela pelos cabelos e disse:

-Olha aqui, ele é meu homem, e saia daqui antes que algo muito ruim aconteça com você - abri a porta e a joguei pra fora de casa, depois bati a porta e comecei a gritar:

- O que foi isso? Você estava me traindo em casa, na minha frente!! - ele me olhou debochado, pegou sua pistola, apontou pra mim e disse:

- Olha Harley, você é muito ingênua em achar que eu te amava. Eu nunca te amei e nem nunca vou te amar, eu só te queria por perto pra você me satisfazer na cama, mas como você não é boa nisso, eu te trai. Mas já que você acabou com a minha noite, que tal brincarmos na sala de tortura.

Ele começou a rir, pegou seu canivete e veio andando até mim, peguei minha pistola sem ele perceber, fiz cara de choro e de medo, e quando ele chegou perto de mim eu dei um chute na suas partes íntimas e depois dei uma joelhada na sua cabeça, o derrubando no chão, corri e apontei minha pistola pra ele. Joker levantou pegou o canivete dele e começou a falar com raiva e ódio em seu olhos:

- Você está ficando louca Harley? Me enfrentar desse jeito só dará mais algumas horas na sala de tortura, o que será ótimo pra mim, agora a você não tão bom assim, hahaha.E então, vai me enfrentar ?

- Sim, eu vou te enfrentar, pois eu aceito tudo menos traição e eu já aguentei muitas torturas, agora isso não, ISSO NÃO!! - Disse com raiva que eu nunca tinha visto eu ficar.

Ele pegou seu canivete e partiu pra cima de mim, eu desviei da faca e dei um chute na sua barriga, corri e peguei meu taco, ele correu pra cima de mim, eu dei uma tacada em sei braço, ele gritou de dor, olhou pra mim, me pegou pelo pescoço e me levantou, dei um chute tão forte que ele vou pro outro lado da sala, corri e comecei a dar vários socos enquanto ele estava caído no chão, depois ele chutou, por coincidência perto do meu taco peguei ele, desviei rápido do chute que ele ia me dar, levantei e dei uma tacada muito forte que o fez desmaiar.

Corri para meu quarto, peguei minha coisas, coloquei em uma mala, peguei minha armas e fui pra casa de Hera. Chegando lá Selina abriu a porta e perguntou:

- Harley entre! O que faz aqui?

entrei e comecei a contar a elas o que tinha acontecido. Já que não tinha entendido o motivo de Selina estar lá, perguntei bastante curiosa:

-Bom, mesmo motivo que você Harley, eu e o Batman brigamos!

Ficamos a noite toda conversando, quando era mais ou menos uma hora da manhã fomos cada uma pra um quarto fiquei presa nos meus pensamentos de contra o Joker.

"Eu o amava, morreria por ele, mas ele mentiu quando disse pra mim que me amava, ele me usava por prazer... que ódio... eu só percebi isso agora, na nossa pior... eu...EU ODEIO O JOKER E SEMPRE VOU ODIAR!!"

  Fiquei repetindo isso pra mim, até dormir um sono pesado,pois, estava muito cansada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...