História I hate love you - Kaisoo - Capítulo 1


Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Colegial, Comedia, Drama, Incesto, Kaisoo, Lemon, Novela, Romance, Yaoi
Visualizações 191
Palavras 1.294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


boa leitura <3

Capítulo 1 - 1



*POV KYUNGSOO*
      Preciso me apresentar? Sei que não sou obrigado mas vamos lá, meu nome é Kyungsoo,tenho 17 anos, tenho uma vida bem merda, com um padrasto que forçou minha mãe a casar com ele, AQUELE EMBUSTE! ELE SÓ TEM 19! ELE PODIA SER FILHO DELA! Bom, meu melhor amigo é Baekhyun, um afeminado (gay porpúrina segundo ele) cujo ele é apaixonado por um garoto da nossa classe, Park Chanyeol, o que o Baek viu nele? Eu não sei, só sei que tenho que ouvir ele falando do mesmo vinte e quatro horas por dia, mereço.
     Acordo, entro no banheiro que há em meu quarto, faço minhas higienes, visto meu uniforme da escola e saio de meu quarto. Ao chegar no quarto degrau da escada consigo ouvir gemidos ouvindo do quarto da minha mãe, sinto meu sangue ferver e vou correndo em direção ao mesmo abrindo a porta, vejo Jongin e minha mãe semi-nus na cama dela, eles me olham surpresos e vejo que minha mãe está vermelha de vergonha. Bato a porta com força e desço as escadas rapidamente, pego um pedaço de pão e coloco-o na boca junto ao leite que bebo do gargalo antes de pegar minha mochila e sair de casa. QUE RAIVA! ELE VAI VER SÓ, ESSE CABALO IMUNDO!!
.
.
.
*~
.
.
.
            - Como é? Então tua mãe estava sendo fodida pelo seu padrasto gostoso desde cedo? - Baek diz sentando em minha mesa.
            - Baek, você é uma puta, um dia o Chanyeol outro dia é o meu padrasto, cansa não? - Digo o olhando irritado.

- Claro que não. Eu só gosto do Chany, eu apenas disse um fato sobre seu padrasto, já imaginou como ele deve ser na cama? Só de pensar eu fico com calor, ufa. - Ele diz se abanando com mão direita.

- Não, nunca imaginei, nunca imagino e nunca vou imaginar, por que eu ainda sou teu amigo hein? - Pergunto a ele enquanto o mesmo pega sua cadeira sentando nela ficando de frente para mim.

- Porque você é um trouxa, tem noção de quantas garotas e quantos garotos te querem?

-Não muda de assunto não doido, o que você tanto vê no Jongin que te atrai? - Digo enquanto ele tenta deixar o lápis em pé, falhando todas as vezes.

-Ah,ele não me atrai, só que eu acho que ele é um homão da porra com uma beleza imensa e que se ele dissesse que queria meu cu eu daria na hora.

-Não era você que se dizia não ser puta? - Digo rindo.

-E eu não sou, mas ele não me atrai como... o Chanyeol me atrai, você sabe né Soo? - Ele diz olhando para os lados para ver se alguém não o ouviu.

- Falando no Chanyeol...- Aponto para a porta onde o mesmo olha, era Chanyeol lá. 

- Meu pai amado do c... Soo, olha quem é a professora. - Ele sussurra no meu ouvido.

- Put...tinha que ser essa mocréia da Kyong? - Digo o fazendo virar para a frente. - Me pergunto o que eu fiz pra deus me odiar tanto.

Intervalo~

-Soo? Soo?! KYUNGSOO OLHA O KAI! - Ele diz me fazendo olhar para onde ele aponta fazendo-o rir desesperadamente. - Santo Yoongi, parece até que tu gosta dele.

- Eu não gosto dele, eu o odeio. - Digo levantando da minha carteira, indo com Baek para fora da sala.

-Ata, nem uma criança de três anos acreditaria nisso Soo. - Ele diz sentando junto a mim no gramado de fora da escola.

- Oi Chanyeol! - Digo ao ver Chanyeol sentar ao lado de BaekHyun.

- O-o-oi C-Chanyeol... - Diz Baek nervoso, ele abaixa a cabeça e Chanyeol o olha preocupado.

- Tudo bem Baekie? - Chanyeol diz e Baek levanta a cabeça surpreso ao ouvir o apelido dado por Chanyeol.

- Povo, vou sair daqui,ficar de vela é uma merda ,depois tu vem me procurar Baek .- Digo e saio dali deixando o "casal" ali, entro na escola e sento-me em um banco vazio, pego meu celular e coloco meus fones de ouvido, vejo que alguém senta do meu lado e ignoro, o mesmo retira meus fones me fazendo olhar para ele.

-Quem foi o embuste que ti... - Eu olho para o mesmo e ele sorri para mim.

-Sou Sehun. E você? - Ele diz. 

 - Kyungsoo. - Digo com uma expressão confusa.

-Prazer, Soo, eu sou novo na sala e não tenho amigo algum, você poderia ser me...

- Só não enche meu saco. - Digo o interrompendo. - Já tenho uma bicha porpurinada na minha vida. Conhece o Luhan?

- Conheço não.

- Vou te apresentar ele, super legal, você me lembrou ele, então vão se dar bem... LUHAAAAAAAN! - Grito e o mesmo vem até mim. 

-ESCANDALOSO! - Ele grita e olha pra Sehun maliciosamente. - Quem é...esse? - Ele diz e sorri para Sehun.

- É o Sehun, vocês podiam virar...

-Claro, claro, vou me dar super bem com ele. - Ele diz maliciosamente e tira Sehun dali andando com o mesmo pelo pátio.

- Eu sou um cupido. - Digo a mim mesmo.
.
.
.
*~
.
.
.

-Então - O  professor faz uma longa pausa. - Vocês formaram trios para o trabalho de ciências, então os nomes serão sorteados.

Ficou assim:

Luhan, Sehun & Chen

Siwon, Taemin & Minho

Minhyuk, Hyungwon & Lisa

Jisoo, Jooheon & Jimin

Xiumin, Chen & Suho

Lay, Tao & Kris

Chanyeol, Baek e eu

- O trabalho tem que ser entregue daqui a uma semana, boa sorte. - O professor diz e nos libera.

-Fodeu. - Baek diz puxando Chanyeol e indo em direção a minha mesa.

- Porque? - Digo confuso.

- Lembra da primeira vez em que fui na sua casa quando Kai estava lá? Então, hoje vai ser a primeira do Chanyeol...

-PORRA BAEK! POR QUE TU NÃO FALOU ANTES? - Digo assustado.

- Gente, o que houve? - Chanyeol pergunta praticamente boiando no assunto.

- A primeira vez que o padrasto do Soo me viu, ele pensou que eu fosse namorado dele, e fez questão de ficar nos monitorando durante o tempo em que estive lá, só depois ele descobriu que eu gostava de vo... de outra pessoa e parou de infernizar minha vida . - Baek diz nervoso.

- Chanyeol, fighting! - Digo junto a Baek e entramos no ônibus.
.
.
.
*~
.
.
.

-Cheguei! Mãe? - Digo e percebo que não tem ninguém em casa, ai vem o Jongin e brota na minha frente. - QUE SUSTO DA PORRA BICHO!

- Quem é esse? - Ele diz furioso e aponta para Chanyeol.

- Namorado do Baek. - Minto.

-Duvido, eu quero provas. - Ele diz franzindo o cenho.

- Chanyeol, tu po... - Antes de eu terminar Chanyeol sela seus lábios rapidamente nos do Baek fazendo ele ficar corado. -V-viu?

- Hm... ok, o que vieram fazer aqui?  -Ele pergunta desconfiado.

- Trabalho de ciências.

- Interessante, eu posso aju...

- NÃO! - Digo puxando os dois pro meu quarto trancando a porta.

-Vem cá Soo, o que foi isso? - Baek diz.

-Eu que pergunto, que beijo foi esse?  -Digo e os dois ficam corados.

- Era pra provar que nós somos namorados, segundo você, para seu padrasto, ah, e ele é bem bonito viu, pensei que fosse teu namorado. - Chanyeol diz.

- Chanyeol do céu bata na sua cara antes que eu bata. - Digo franzindo o cenho.

- Mas é ué, até ele disse, e dois é maior que um, ou seja, vocês parecem. - Baek diz.

- Tá, tá, vamos começar o trabalho logo? - Digo mudando de assunto.


Notas Finais


comentem e favoritem
é sério, eu fiquei até tarde da noite arrumando esse capítulo...
sophia eu te amo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...