História I hate loving you - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~LoohJauregui

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Luna Valente, Matteo, Personagens Originais, Simón
Tags Disney, Gastina, Jazmón, Lumón, Lutteo, Pelfina, Simbar, Souluna, Soyluna
Exibições 242
Palavras 1.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ooii Amoores 💕 Aqui é a Anna☺

Obrigada por todos os favoritos e comentários... Sério, muito obrigada...

Vamos ler? Espero que gostem...

Capítulo 11 - Amor e o ódio💔


Fanfic / Fanfiction I hate loving you - Capítulo 11 - Amor e o ódio💔

ANTERIORMENTE

" Eu sei que demorei tempo demais, que você deve estar achando que estou te enrolando, mais não é nada disso eu só estava pensando em alguma forma legal, fofa e romântica de fazer oq eu quero fazer, que vc não se esqueça nunca na sua vida esse momento porque eu com certeza não vou, bom o importante é que eu consegui e to aqui nesse exato momento prestes a fazer... Então eu queria saber se... Vc quer namorar comigo?"

Pov Autora


Após Luna ler o que estava escrito, fica alternando seu olhar entre Matteo e o urso que ela segurava em suas mãos... Seus olhos começaram a lacrimejar, em sua mente, estava uma revolução, uma batalha de sentimentos, e não conseguia achar as palavras certas para descrever o que sentia.


Nesse momento, um jovem que aparentava ter uns 16 a 17 anos de idade, passa por Luna, e vai na direção a uma garota que aparentava ter a mesma idade...


O menino lhe entrega o buquê de flores, e se ajoelha na frente dela, tira uma caixinha de veludo de seu bolso e abre, mostrando lindos anéis de compromisso.

Eles sussurram algumas palavras e se beijam, um beijo urgente, mas ao mesmo tempo calmo.


Depois de longos segundos, Luna sai de um pequeno transe, e se pergunta mentalmente, "Será que tiozinho da barraquinha havia trocado os ursos de pelúcia acidentalmente?" 


Ela olha pra Matteo, que mantém sua expressão séria, olha para o casal, que continuavam se beijando, e dono da barraquinha, sorrindo ao ver a cena.


Luna faz uma menção de ir até a barraca devolver o urso de pelúcia, achando ser um engano, e todas aquelas palavras bonitas, achando não ser pra ela e sim para a menina, que continuava aos beijos com o jovem rapaz.
Nesse momento, Matteo grita um "NÃO", fazendo ela parar assustada e olhá-lo. O casal que ainda estava aos amassos, parou e passou a olhá-lo também, resumindo, todos a sua volta o olharam.


-É... Eu realmente não esperava que fosse assim... Não estava nos meus planos, mas como não tem como voltar atrás, vamos lá novamente: Luna eu sei que demorei mais tô aqui agora... não esperava que acontecesse desse jeito mais como eu falei não dá pra voltar atras... Luna vc entrou na minha vida como um furacão, e revolucionou tudo, mudou meu jeito  de pensar, meu jeito de ver as coisas... Aceita me fazer o seu mauricinho? Aceita namorar comigo?


Luna ficou em choque com essas palavras, esse sentimento era novo a ela, era um sentimento inexplicavel, mil sentimentos misturados, pura adrenalina... Por semanas, isso foi tudo o que ela esperou, e agora, estava acontecendo...
Ela não conseguia responder, mas suas expressões falaram por ela, seus olhos começaram a lacrimejar, e ela não conseguia juntar as palavras para dizer o que sentia, era um momento mágico, e concerteza, inesquecível para os dois.
Luna vendo que não conseguiria agir, sorriu, e sem nem dizer nada, por impulso, se jogou em seus braços, o beijando, era como se fosse uma batalha, nenhum dos dois queria perder. Suas línguas dançavam de uma forma sincronizada. Era a explosão de seus sentimentos... Nem as mais belas palavras poderiam descrever o que eles estavam sentindo em apenas um beijo.

Na mansão Valente, Miguel e Ana esperavam suas respectivas filhas para o jantar, até onde sabiam, era que iriam jantar os quatro  juntos, conversar um pouco e se divertir. 
Miguel e Ana, já estavam impacientes com a demora das filhas... Isso estava os irritando, e muito.
Miguel por um impulso, chamou Amanda, estava super irritado, ele não suportava ficar esperando, Amanda prontamente foi ver por que Miguel a chamava, ela já sabia o que era né, mas prometeu as meninas que iria encobri-las, então assim fez...

-Sim senhor Miguel, algum problema? - Perguntou Amanda com expressão séria.

-Perguntei a Luna se ela vai demorar, não tenho todo tempo do mundo... - Falou enfurecido.

-As meninas saíram Senhor... -Amanda disse olhando para o chão.

-O QUE? - Gritou irritado. -Como elas saíram se elas mesmas marcaram esse jantar?

Amanda apenas fez um gesto indicando que não sabia, e logo se retirou da sala de jantar.

-B...Bom, me desculpe, eu vou indo então... -Disse Ana envergonhada, já se levantando para sair.

-Não seja por isso, podemos jantar, Mas Luna não escapará de uma bela bronca... - Falou entre os dentes.

Ana se sentou novamente, e eles começaram a comer...
O silêncio já estava constrangedor, eles não tinham nenhum vínculo sem ser profissional, e também não tinham assunto que não falasse de negócios.
Ana percebendo que Miguel não diria nada, puxou assunto.

-E como anda sua relação com a Luna? -Disse sem pensar. -Quer dizer, você não gostava de deixá - la sair, ou algo do tipo... E como estão agora?

Na mansão Perida

-Filho, eu e seu pai temos que ir, prometo que amanhã quando acordarem, estaremos aqui... -Stella disse. -Steffany vai ficar em casa com você, na geladeira tem o resto do almoço, tem uns números de delivery colados da geladeira, e tem dinheiro guardado no lugar de sempre, cuide da sua irmã... Tchau meus filhos... -Disse e beijou a testa de Gaston e Steffany, logo saiu acompanhada de seu marido...

"Essa vai ser uma longa noite"... -Pensou Gaston

Neste momento, Nina e Vinicius acabaram de chegar ao shopping, entre muitas risadas...

Flashback ON

-Pronto para conhecer a cidade com a melhor guia turística? -Pergunta Nina com um sorrisinho no rosto.

-Acho que sim, mas antes vá calçar seus patins... Vamos patinando... -Vinicius falou convencido.

-Eu não patino...- Respondeu

-Não hoje é seu dia de sorte, serei seu professor... - Falou e Nina revirou os olhos.

(...)

Vinicius ajudava Nina a patinar, no início, até segurou em sua cintura, até que ela conseguisse andar sozinha... Eles foram por todo o trajeto colocando a conversa em dia, rindo e brincando, quem os visse, achariam que eles eram um casal, mas não, eles eram só bons amigos...

Depois de assistir um filme, Vinicius queria levá-la de volta para casa, Nina obviamente não aceitou, e acabou tendo que explicar tudo a Vinicius, que riu da situação e concordou, eles então, decidiram ir à praça de alimentação.

Luna e Matteo se separaram ofegantes, os dois estavam muito felizes pelo que tinha acabado de acontecer...

-Vou considerar isso como um sim... -Respondeu Matteo rindo.

Gaston decidiu que como irmão mais velho, levaria Steffany para lanchar, o lugar mais próximo, era o shopping, então lá foram eles, em menos de 10 minutos, Gaston e Steffany chegaram no shopping, estavam caminhando direto para a praça de alimentação, mas derrepente, Steffany começou a correr, pra onde? Gaston nem imaginava.
Quando Gaston vê Steffany, ela já está no colo de Nina, rapidamente Gaston vai em direção a elas, mas quando vê que Vinicius acompanhava Nina, fechou a cara, Gaston realmente odiava o Vinicius...


Notas Finais


Desculpa pelos erros😆



Até o próximo capítulo, ou nos comentários☺


Comentem o que acharam, eu gosto de ler os comentários...💕 SÉRIO COMENTEM❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...