História I Hate Loving You - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alycia Debnam-Carey, Eliza Taylor-Cotter, The 100
Personagens Alycia Debnam-Carey, Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Costia, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Eliza Taylor-Cotter, Indra, Jasper Jordan, John Murphy, Lexa, Lincoln, Marcus Kane, Maya Vie, Octavia Blake, Raven Reyes
Tags Alycia Debnam-carey, Clarke Griffin, Clexa, Eliza Taylor, Elycia, Heda, Lexa Woods, Octaven, Romance, T100, The 100, The Hundred, Wanheda
Exibições 361
Palavras 1.280
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, FemmeSlash, Festa, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEEEI 💙💙💙💙

Eu estou amando MUITO escrever essa fic :3 e fico ainda mais feliz com os favoritos e os comentários de vocês. Muito obrigadas meus Bolinhos <3
E hoje alem desse tem mais um cap mais tarde <3

Capítulo 5 - Capítulo 4


Clarke POV

 

Eu estava completamente ferrada, minha mãe iria me esquartejar viva. Abby abre a porta de casa e dá espaço para mim passar sem ao menos olhar para mim. Entro na sala e me sento no sofá já esperando escutar muito dela hoje. Ela interrompe meus pensamentos pigarreando em minha frente e dou um sorriso amarelo.

 

— Pode tirando esse sorrisinho do rosto e me explicando tudo. Agora. — Rosnou me fazendo encolher no encosto no sofá.

 

— Eu e Lexa não nos damos muito bem, então eu acabei esbarrando nela sem querer na entrada da sala e acabamos discutindo causando uma briga. — Digo sussurrando.

 

— Meu Deus Clarke, eu nunca pensei que o motivo dessa briga fosse ser tão idiota assim. — Abaixo a cabeça envergonhada.

 

— Espero que isso não aconteça de novo. Eu estou decepcionada com você, quando eu iria imaginar que o diretor iria me ligar para buscar a minha filha da escola depois de uma briga? — Sussurrou Abby. — Agora sobre lá para o seu quarto e me dê o seu celular pois você está de castigo. Entreguei meu celular e subi sem questiona-la.

 

••

 

Raven estava na minha casa para podermos assistir algumas series juntas. Mas ela obviamente não iria deixar o assunto da briga de lado.

 

— Porque você falou aquilo para Lexa?

 

— Oque? Vai defender ela agora? — Perguntei incrédula.

 

— Não estou defendendo ninguém, vocês duas estão erradas, mas só achei meio pesado você ter falado aquilo dos pais dela. — Diz sussurrando.

 

— Porque? — Perguntei sem entender.

 

— Você não sabe o que aconteceu com os pais dela?

 

— Não, o que aconteceu? — Raven parecia realmente surpresa por eu não estar sabendo. — Os pais dela morreram em um acidente de carro Clarke.

 

Arregalei os olhos surpresa e levantei da cama passando a mão em meus cabelos. Eu sou muito idiota, porque eu fui falar dos pais dela? Justo quando iria tentar me acertar com ela eu faço essa burrada.

 

— Eu sou uma idiota. — Sussurrei mais para mim mesmo mas reparo que Raven escutou pois concordou com a cabeça com o que eu disse.

 

— Amanhã eu vou pedir desculpas para ela.

 

— Você já disse isso antes. — Ironizou e eu revirei os olhos.

 

Lexa POV

 

Depois da briga que teve sexta-feira passada a escola inteira estava comentando sobre, tudo quem não tem o que fazer a não ser querer saber sobre a vida alheia. Eu não me sinto confortável em saber que estão todos falando sobre mim, eu sempre fui o tipo de pessoa que não gosta muito de popularidade. Além disso eu não estava muito afim de dar de cara com a Clarke.

 

— Ei, Lex. — Escuto alguém me chamando e me viro vendo Octavia vindo em minha direção.

 

— Como você está? — Pergunta quando se aproxima mais.

 

— Estou muito bem, principalmente sabendo que a escola inteira está falando da briga de ontem. — Ironizo.

 

— Vocês duas são duas idiotas por brigarem por motivos completamente ridículos, esperava mais de você Lex. — Zombou Octavia enquanto dava risada.

 

— Ela falou dos meus pais Octavia, e quando eu vi já tinha partido para cima dela.

 

— Isso se chama paixão reprimido, já ouviu falar? Pergunta com um sorriso no rosto e eu reviro os olhos mostrando o dedo do meio para ela.

 

••

 

Chegou a hora do dia que eu não queria ter que aturar, o intervalo. Sim isso mesmo Clarke ficaria com nos junto com Raven.

Estávamos na mesa todos em um silencio completamente constrangedor enquanto eu comia ignorando os olhares que Clarke dava em mim. Dou uma mordida no meu lanche e escuto Bellamy fazendo um som nasal irritante.

— Meus pais irão viajar esse final de semana de novo. — Diz dando um sorriso amarelo. Todos olham para ele e então ele continua:

 

— Vou dar outra festa e vocês estão convidadas e dessa vez vai ser a mais foda de todas. — Disse com um olhar confiante enquanto esperava alguém disser alguma coisa. Eu apenas ignorei ele e continuei comendo enquanto colocava meus fones de ouvido para escutar Immortals do Fall Out Boys.

 

Logo sinto Octavia me cutucando para avisar que o sinal tinha tocado. Imediatamente me levantei para ir em direção a sala quando sinto alguém segurar meu braço. Me viro retirando os meus fones e congelo quando vejo Clarke em minha frente.

 

Clarke POV

 

Lexa se levanta da mesa rapidamente indo em direção a sua sala. Essa é a minha chance.

 

Corro tentando alcança-la e seguro seu braço a fazendo parar e se virar para mim, vejo seus olhos verdes penetrantes me olhar de surpresa e antes que eu pudesse disser alguma coisa ela corta minhas falas:

 

— O que você quer? — Rosnou, me fazendo encolher.

 

— Eu queria te pedir desculpas eu juro que não sabia sobre seus pais. — Sussurro para ela.

 

— Não ouse falar sobre meus pais você não tem esse direito. Eu odeio você Clarke, e eu vou mudar completamente o resto do seu último ano. — Diz com um sorriso no rosto.

 

— O que você quer disser com isso? — Murmurei.

 

— Passe bem Clarke. — Piscou para mim e saiu me deixando sozinha.

 

••

 

Raven havia me avisado que Octavia queria falar comigo no final das aulas então fiquei esperando ela aparecer na saída da escola. Rapidamente vejo ela aparecendo do meu lado.

 

— Eu preciso falar com você Clarke. — Diz nervosa.

 

— É sobre Lexa, não é? — Pergunto já imaginando sobre o que era e ela confirma com a cabeça.

 

— Eu sei que você não disse por mal sobre os pais dela, pois Raven me falou que você não fazia ideia disso e eu acredito em vocês.

 

— Tentei pedir desculpas para ela hoje mais cedo, mas ela me ameaçou. — Octavia arregala os olhos rindo.

 

— Bem a cara dela mesmo. Enfim eu só queria pedir que tenha paciência com a Lexa, ela já sofreu muito e eu não quero que ela estressada novamente e principalmente por um motivo tão ridículo desses.

 

— Isso se ela não me matar antes. — Ironizo.

 

— Eu conheci ela quando tínhamos 4 anos, e sempre foi uma garota completamente alegre e divertida, mas quando perdeu os pais naquele acidente ela mudou, ficou completamente fechada e diferente. — Suspira. — Então quando ela conheceu Costia eu vi o brilho em seus olhos voltar.

 

— E que olhos. — Sussurro e arregalo os olhos percebendo o que acabei de disser.

 

— O que disse Clarke?

 

— Eu? Nada. — Digo sorrindo amarelo enquanto Octavia me olhava desconfiada. — Mas e o que aconteceu? — Pergunto para disfarçar o que eu disse e por curiosidade também já que eu não sabia que Lexa gostava de mulheres.

 

— Elas começaram a namorar. Nunca vi Lexa tão feliz como estava desde que perdeu seus pais. Mas depois de 4 meses de namoro Costia magoou Lexa de uma forma que nunca imaginei que faria.

 

— Eu sei bem como é isso. — Sussurro.

 

— Então nunca mais vi ela confiar em ninguém de novo. Tem muita coisa por trás de toda a infelicidade dela. Então eu estou lhe pedindo para não tentar revidar por ter apanhado dela na última aula. — Pede sincera.

 

— Eu não vou e nem pretendia fazer isso.

 

— Obrigada Clarke. Você gosta dela, não gosta? — Pergunta com um sorriso de canto. Coro completamente com a pergunta dela.

 

— Cla-claro que não. El-ela é insuportável e além disso eu sou hétero Octavia. — Gaguejo nervosa.

 

— Acha que eu nunca reparei você olhando para ela? Mesmo antes dos incidentes da bebida? — Disse como se fosse obvio.

 

— Eu não olho para ela Octavia. — Digo já nervosa. Se Octavia percebeu será que outras pessoas taembora.E a Lexa, ela percebeu? Só de imaginar algo assim eu me sinto vontade de enfiar o meu rosto no chão.
 

— Meu “Gaydar” nunca falha Clarke, mas não se preocupe eu não conto para ninguém. — Disse enquanto me olhava com um sorriso safado e em seguida indo embora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...