História I Hate Loving You - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alycia Debnam-Carey, Eliza Taylor-Cotter, The 100
Personagens Alycia Debnam-Carey, Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Costia, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Eliza Taylor-Cotter, Indra, Jasper Jordan, John Murphy, Lexa, Lincoln, Marcus Kane, Maya Vie, Octavia Blake, Raven Reyes
Tags Alycia Debnam-carey, Clarke Griffin, Clexa, Eliza Taylor, Elycia, Heda, Lexa Woods, Octaven, Romance, T100, The 100, The Hundred, Wanheda
Exibições 489
Palavras 1.800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, FemmeSlash, Festa, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom domingo meus amores <3
Eu nunca posto no domingo NUNCA. Mas eu estava completamente ansiosa para poder postar esse cap e então eu acabei de escrever e decidi postar :3 acho que vocês vão gostar <3
bjs meus amores

Capítulo 7 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction I Hate Loving You - Capítulo 7 - Capítulo 6

 

Lexa POV

 

— QUEM QUER JOGAR VERDADE OU DESAFIO?

 

Imediatamente todos começaram a gritar alegres e se juntar formando um círculo ao redor de uma garrafa de alguma bebida qualquer. Eu apenas continuei encostada na parede sem me mover pois não estou com vontade alguma de jogar e além disso já estava um pouco alterada por causa das bebidas. Vejo Clarke olhando para mim do outro lado da sala, ela está bem sexy com aquela fantasia gótica. Espera porque eu estou pensando isso dela? Ficamos nos olhando por alguns segundos quando escuto uma voz gritando:

 

— Clarke e Lexa parem de ficar flertando e venham jogar. — Zombou Raven fazendo os outros rirem.

 

Antes que eu pudesse dizer alguma coisa Clarke joga uma latinha que por pouco não acerta Raven.

 

— Cala boca Rav. — Resmungou Clarke.

 

— Você esta louca? Essa latinha quase bateu na minha cabeça.

 

— Eu errei. — Clarke sussurrou com um sorriso de canto enquanto ia para o círculo.

 

— Vamos jogar galera, e você Lexa vem logo antes que eu conte para todo mundo o que significa Clex... — Vou correndo para o círculo antes que Octavia pudesse terminar de falar. Ela ficou me zoando muito com esse tal de “Clexa” achando que é possível eu e Clarke termos alguma coisa.

 

 

Realmente jogar verdade ou desafio com esse pessoal estava completamente divertido, Bellamy estava seminu, Murphy com um chupão no pescoço e Raven teve que beber molho shoyo, e agora a garrafa estava apontando de Octavia para Clarke, queria muito que ela se ferra-se.

 

— Verdade ou desafio Clarke? — Perguntou com um sorriso. — Verdade. — Responde Clarke.

 

— É verdade que você gosta da Le...

 

— DESAFIO, ESCOLHO DESAFIO. — Gritou Clarke a interrompendo.

 

Octavia ficou em silencio por alguns instantes pensativa quando Raven cochicha algo em sua orelha a fazendo arregalar os olhos e em seguida Octavia estava olhando para Clarke e para mim com um olhar malicioso me fazendo engolir seco.

 

— Clarke eu te desafio a dar um beijo de língua na Lexa. — Disse dando de ombros como se fosse a coisa mais simples do mundo.

 

— O QUE? —  Eu e Clarke gritamos ao mesmo tempo. — Eu nunca vou beijar a boca nojenta da Lexa. NUNCA. — Resmunga cruzando os braços.

 

— É claro que você não vai beijar ela. Você é minha namorada. — Diz um rapaz bêbado irritado que estava do meu lado. — Sua “Ex” namorada e sabe muito bem o porquê. — Rosna fazendo questão de frisar o “Ex”...

 

— Clarke se você não quiser fazer esse desafio vai ter que tomar a “supervitamina”. — Diz Raven revirando os olhos e Clarke a olha com dúvida.

 

— O que é essa “supervitamina”?

 

— É uma bebida nojenta feita com qualquer ingrediente que encontrarmos. — Responde como se fosse obvio.

 

— Eu obviamente aceito, não deve ser pior do que ter que beijar a Lexa.

 

 

Todos estavam na cozinha observando Clarke olhando horrorizada para o copo que Octavia e Raven tinha preparado para ela. As garotas tinham feito uma mistura de praticamente tudo que você pudesse imaginar de mais nojento. Elas bateram no liquidificador: Feijão congelado, banana, macarrão instantâneo cru, molho shoyo e várias outras substancias, e depois ainda pediram para todo mundo cuspir no copo. E eu me sentia completamente ofendida por ela preferir beber aquela coisa do que me beijar.

 

— Lembrando que você tem que beber ele todinho. — Lembrou Octavia com um sorrisinho.

 

Clarke pega o copo e cheira fazendo logo em seguida uma cara de ânsia.

 

— Oky eu faço o desafio. — Sussurrou Clarke.

 

— Agora eu que não quero te beijar. — Digo irritada.

 

— Se você não quiser vai ter que beber a vitamina também. — Zombou Octavia enquanto eu revirava os olhos.

 

Clarke POV

 

Eu não iria conseguir dar um gole naquele negócio nojento sem acabar vomitando então aceitei fazer o desafio de beijar Lexa.

 

Todos voltaram para a sala e fizeram o círculo novamente enquanto todos olhavam de forma divertida para nos duas, pois quem não iria querer ver duas garotas que estiveram em uma briga se beijando?

 

Lexa estava a poucos centímetros de mim, parecia nervosa e corava, eu obviamente não estava diferente. Coloquei uma das minhas mãos em seu braço e olhava para os seus olhos verdes.  A última coisa que vi antes de fechar meus olhos e me aproximar foram seus lábios entre abertos que exalavam um hálito quente. Nossos lábios se encostaram e eu senti como se meu coração fosse parar de bater a qualquer momento, ficamos apenas com os lábios encostados quando escuto uma voz me fazendo se afastar de Lexa que não olhava para mim.

 

— Eu disse que é beijo de língua não selinho. — Lembrou Octavia impaciente e eu mostrei o dedo do meio para ela que riu.

 

E eu voltei a olhar para Lexa nervosa.

 

— Vamos acabar logo com isso. — Sussurrou Lexa olhando para minha boca e logo em seguida para a minha surpresa colocou as mãos em meu rosto e me puxou para logo me fazer sentir a pressão de seus lábios sobre os meus enquanto eu sentia seus dedos finos e gelados em meu rosto. A passagem para o interior de sua boca foi concedida sem que eu precisasse pedir permissão e minhas mãos pousaram em sua cintura enquanto aumentávamos a pressão dos nossos lábios. Nossas línguas finalmente se tocaram, e eu podia sentir seu hálito de menta misturado com bebidas, sentia um calor enorme dentro de mim. Nossas línguas deslizavam uma sobre a outra enquanto os lábios de Lexa sugavam os meus lábios inferiores me fazendo dar um pequeno suspiro e apertar meus dedos ainda mais em sua cintura.

 

Já nem lembrava mais que haviam várias pessoas nos olhando quando escuto alguém pigarrear fazendo nos duas nos afastarmos assustadas e completamente ofegantes enquanto nos olhávamos envergonhadas sem entender o que acabou de acontecer.

 

— Eu sabia que esse “ódio” todo de vocês duas eram tensão reprimida. — Zombou Raven que nos olhava com malicia junto com as outras pessoas que estavam com os olhos arregalados de surpresa.

 

— Se não tivéssemos interrompido vocês estariam se comendo até agora. — Gargalhava Octavia enquanto todos riam. — E já pode soltar a coitada da Lexa.

 

Foi então que eu percebi que ainda estava segurando a cintura da Lexa e que a mesma estava olhando para baixo envergonhada. Me soltei dela rapidamente pedindo licença e andando em direção da cozinha.

 

Que beijo foi aquele? Nunca fiquei desse jeito enquanto beijava Finn. Estava perdida em meus pensamentos enquanto lavava o rosto com agua fria, quando vejo Finn se aproximar de mim com uma cara nada boa.

 

— Você não tem o direito de beijar outra pessoa além de mim Clarke. — Sussurrou Finn completamente irritado.

 

Lexa POV

 

Vejo Clarke praticamente correndo envergonhada para a cozinha enquanto eu estava atordoada por causa do beijo. Logo em seguida Finn vai atrás dela, mas ninguém além de mim parece perceber isso já que estavam todos comentando parecendo não acreditar no que tinham visto. Finn parecia estar meio bêbado e isso me deixou preocupada com Clarke.

 

Segui em direção a cozinha e escutei os dois brigando um com o outro quando vejo Finn dar um tapa no rosto de Clarke fazendo a mesma cair no chão.

 

— Você está louco? Fique longe dela. — Berrei fazendo Finn se assustar quando me viu.

 

— Melhor você não se meter Lexa.

 

— Sai daqui seu idiota. — Gritei passando por ele indo ajudar Clarke que estava no chão parecendo estar atordoada por causa do tapa. E antes que eu pudesse ajudar Clarke a se levantar Finn me empurra fazendo eu bater a testa no balcão e sinto uma dor aguda no local da batida.

 

Me levanto cheia de raiva do garoto e quando olho para trás vejo Bellamy e Murphy entrando na cozinha já partindo para cima de Finn que tenta acertar um deles, mas erra provavelmente por estar bêbado. Os dois seguravam e retiravam Finn do local a força enquanto me ajoelhava para ajudar Clarke a se levantar.

 

— Você está bem? — Pergunto preocupada tocando o canto de sua boca que estava sangrando.

 

— Sim. Eu só quero ir embora. — Sussurra olhando para mim enquanto se levanta segurando em minha cintura.

 

Antes que eu pudesse disser algo e perceber que estávamos próximas demais Raven e Octavia entram preocupadas na cozinha junto com algumas pessoas que nem fiz questão olhar.

 

Clarke POV

 

Depois de receber um tapa de Finn enquanto tentava me explicar com todas as palavras possíveis nós não estávamos mais juntos, Raven estava dando uma carona para mim e para Lexa que estava no banco do passageiro em um silencio constrangedor. Eu ainda não acreditava em tudo que tinha acontecido na festa, eu e Lexa nos beijamos, e ela ainda apanhou por minha causa enquanto tentava me defender de Finn.

 

Logo Raven para o carro em frente de uma casa e vejo Lexa agradecendo pela carona, mas antes que Raven voltasse a dirigir eu saiu do veículo e vou atrás dela.

 

— Ei Lexa. —  Grito e Lexa se vira e me olha confusa.

 

— O que foi?

 

— E-eu só gostaria de agradecer pelo que fez hoje na festa. — Gaguejei nervosa não sabendo ao certo porque estava me perdendo nas palavras ao falar com Lexa.

 

— Tanto faz. Eu não me importo. — Ela disse como se não estivesse nem ligando pelo que aconteceu naquela festa mesmo eu sabendo que talvez isso fosse mentira e eu a olho incrédula. — O que foi? Pensou que só porque eu ajudei você com aquele garoto iriamos ser amigas? Eu continuo não gostando de você. — Debochou Lexa e se virou continuando seu caminho.

 

— Você é uma idiota Lexa eu te odeio. — Gritei com raiva antes dela abrir a porta de sua casa.

 

Voltei para o carro sem olhar para trás e vejo Raven me olhando com um olhar curioso antes de voltar a dirigir. Quando chegamos em minha casa eu pergunto se Raven poderia dormir comigo esta noite pois eu estava precisando de colo, ela no começo não estava muito afim pois ela reclama que eu sempre derrubo ela da cama, mas ela aceita depois que eu insisto.

 

— Como está sua boca? Doendo? — Perguntou Raven enquanto estávamos deitadas.

 

— Sim está dolorido, mas acho que amanhã fique melhor. Acho que a testa da Lexa vai ficar roxo, fiquei surpresa por não ter cortado.

 

— Você gosta dela não gosta?

 

— Oque? Eu não gosto dela. — Gaguejei.

 

— Clarke somos amigas a muitos anos eu te conheço. Vocês discutem toda hora mas sei que gosta dela, e o beijo que vocês deram naquele desafio confirmou as minhas suspeitas. — Disse com um sorriso sincero.

 

— Eu não sei o que eu sinto em relação a ela. — Sussurrei enquanto ela massageava meus cabelos.

 

Eu realmente estava confusa com o que eu sinto em relação a Lexa, ela é completamente irritante e me intriga tanto. Mas aquele beijo me fez sentir coisas que eu nunca tinha sentido em ninguém, mas eu não podia gostar da Lexa, e além disso ela me odeia.


Notas Finais


Oque acharam do beijo? Tanto da cena como na escrita? Pois eu nunca escrito uma cena de beijo antes :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...