História I Hate Me, For Loving You - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Chad, Colegial, Historia Original, Inglaterra, Internato, Isaac, Jake, Julie, Kriss, Leo, Lis, Quinn, Romance
Visualizações 33
Palavras 1.382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OLAAAAA PESSOAS! Mais um capítulo para vocês! Espero que curtam!

Capítulo 20 - Caindo Na Real


Lis's POV:

Acordei mais cedo do que devia. Na verdade, eu nem consegui dormir.
Por algum motivo, os meus beijos com Isaac não saíam da minha cabeça.
Kriss acordou alguns minutos depois de mim.
- Bom dia!! - Gritei.
- Bom dia... - Resmungou, enquanto bocejava.
- Como foi o jantar ontem? - Perguntei. Ela logo abriu um sorriso, e se sentou na minha cama.
- Foi incrível! Ele me levou em um lugar cheio de flores, e lá no centro, tinha uma mesa com velas. Nós jantamos, e depois ficamos caminhando. Quando senti frio, ele me deu a jaqueta dele. E... - Ela parou, e me olhou com um sorriso tímido.
- E...
- A gente se beijou! - Falou, pulando na cama de alegria.
- Meu Deus!!! - Gritei junto com ela. - Estou muito feliz por vocês dois! 
- Obrigada! Agora vamos nos arrumar. Não quero chegar atrasada. - Falou.
Eu apenas concordei com a cabeça, e fui escolher a minha roupa. Optei por uma calça branca rasgada; uma blusa de lã rosa, trançada atrás; e um All Star branco. 
- Estou pronta! - Gritei.
- Também! - Kriss gritou de volta.
- Vamos? - Perguntei.
- É claro! - Falou.
Nós saímos do quarto, e seguimos para a área das salas.
Para nossa surpresa, chegamos bem cedo. Os meninos ainda não estavam lá. 
Nos sentamos na mesa, e ficamos conversando.
- Bom dia! - Jake gritou, nos assustando.
- Que susto! - Falei.
- Bom dia... - O Topete falou, me dando um beijo na bochecha. E um selinho na Kriss...
- Assumiram!!! - Gritei.
Kriss sorriu envergonhada, e abaixou a cabeça.
Chad estava ao lado do Jake, e o Isaac... Bom, o Isaac estava lá, com a Quinn...
- Bom dia pessoal... - A Quinn falou de forma simpática.
- Bom dia... - Eu e a Kriss falamos juntas.
Olhei para o Topete, que lançava o mesmo olhar de ontem para o Isaac.
De repente a Julie surge. Mano, na moral, essa menina brota do nada. Não é de Deus não.
- Oi gente! - Falou, e eu pude ver o Chad corar.
- Oi! - Respondemos.
- Lis, eu posso sentar com você hoje na aula? - Perguntou.
-...- Isaac ia falar algo, provavelmente, que ele era a minha dupla.
- É claro! Por que não? 
- Ótimo! - Falou. - Te vejo na sala. Beijinhos. - Completou, e saiu andando.
Kriss me olhava, como se não entendesse nada.
- Posso falar com você migs? - Perguntei, me referindo á ela.
- É claro! Por favor! - Falou.
Eu peguei a mão dela, e a puxei para longe do pessoal.
- O que está rolando? - Perguntou.
- Eu e o Isaac nos beijamos ontem... - Comecei.
- Tá legal... 
- Só que hoje ele aparece aqui, com a Quinn... - Falei.
- Sacanagem. - Me interrompeu.
- O problema é que eu... - Parei.
- Você... - Insistiu, gesticulando para que eu continuasse.
- Eu... Eu acho que gosto dele... - Completei.
- Isso é um problema agora Amorzinho... - Falou, tristemente.
Nós estávamos voltando para o local em que o pessoal estava, mas antes a Kriss me parou.
- Sorria e finja que nada te atingiu. - Sussurrou.
- O.K - Concordei. - Vamos?
- Espera! - Falou, e me deu a mão.
Quando estávamos chegando, ela me girou. Eu apenas ri, igual ela pediu.
- O que é tão engraçado? - Isaac pergntou ao nos ver.
- Piada interna... - Falei, olhando para minha amiga. 
Trocamos um olhar cúmplice, e então o sinal bateu. 
Eu fui conversando com a Kriss, até chegar na sala dela.
De repente, alguém segura o meu braço.
- Qual o seu problema? - Perguntou.
- Nesse momento, é o fato de você estar segurando o meu braço. Me solta Isaac! - Exclamei.
- Só quando você me explicar, o que está rolando... - Falou.
- É o seguinte, eu conheci um cara, muito chato... - Comecei, e ele soltou uma risada. -... Eu não gosto dele. Alguna dias para trás, ele me falou que estava ficando com uma garota. Até aí, está tudo beleza! - Falei. - Mas no mesmo dia que ele me falou isso, ele me beijou. Várias vezes. O problema, é que eu não consigo entender esse cara. E sinceramente, não sei nem se ele mesmo se entende... - Assim que soltei aquelas palavras, saí andando. Deixando ele plantado.
Entrei na sala, e a Julie já me esperava na bancada.
- Oi! - Falei.
- Oi... - Respondeu, olhando para algo atrás de mim.
- Tem alguma coisa errada? - Perguntei, logo olhando para trás. 
- O que você quer? - Perguntei.
- Sentar em dupla com você... - Isaac falou.
- Desculpa, mas eu já estou com a Julie. - Falei, sorrindo sinicamente.
- Que pena... Mas ei! Eu não ligo! - Falou. - Julie! Deixa eu sentar aqui com a Lis... - Pediu.
- Por que eu faria isso? - Perguntou.
- Porque você me deve um favor...
- Tá legal! Senta aqui... - Desistiu.
- Obrigado! Você é a melhor! - Falou, dando um beijo na sua bochecha.
Ele se sentou, e começou a tirar os materiais da mochila.
- É! Você consegue tudo o que quer não é mesmo? - Perguntei, rindo falsamente.
- Não! Nem tudo. Têm coisas que eu não consigo... - Falou, finalmente olhando para mim.
- Tipo o que?
- Tipo...- Parou, fazendo cara de pensativo. - Tipo uma garota...
- Qual garota? A Quinn? Por que ela está super na sua... 
- Não, não...
- E quem é então?
- V...
- Bom dia classe! Desculpa o atraso, é que meu carro estragou no caminho para cá. - O professor gato falou, adentrando a sala.
- Ele é tão maravilhoso... - Falei.
- Não exagera. Se você olhar para o lado, vai ver alguém mais bonito que ele... - Isaac falou rindo.
- Eu ainda estou com raiva de você, senhor Isaac Milton Müler... - Falei, esperando a reação dele, ao ouvir o nome do meio.
- Como você sabe o meu nome do meio? - Perguntou.
- Eu nunca revelo as minhas fontes... - Falei, olhando para frente.
O resto da aula, o silêncio reinou entre nos dois. 
O sinal do recreio finalmente bateu, e nós seguimos para o local em que os nossos amigos estavam.
- E aí seus putos! - Gritei, quando cheguei. Eu ouvi esse bordão em um canal de um Youtuber brasileiro. 
- Oi Lis! - Eles gritaram de volta.
Estávamos todos conversando. Menos o Isaac, que estava com um olhar inquieto.
- Que foi Gazela? Ta com medo de alguma coisa? - Perguntei.
- É que eu quero fazer uma coisa... - Parou.
- Que coisa cara? - Jake perguntou.
- É! Que coisa? - Léo perguntou em tom ameaçador.
- Eu quero pedir a ajuda de vocês, para pedir a Quinn em namoro... - Falou, fazendo com que eu parasse de ouvir tudo que alguém falasse a seguir. 
Como assim "namoro"?
Aquilo foi um tapa na cara, e dos bons.
- Eu quero fazer algo especial. Que emocione ela... - Completou.
- Eu vou te ajudar! - Chad e Jake falaram juntos.
- Eu também... - Léo falou desanimado, e revirando os olhos. - E a Kriss também! 
- Eu não concordei com isso... - Falou.
- Mas vai ajudar! - O Topete retrucou.
Todos olhavam para mim. Como se eu fosse realmente importante na ajuda. 
Isaac me olhava, como se quisesse aquilo desde o começo. Me aproximar dele, me fazer gostar dele e depois me fazer de trouxa.
- Eu topo... - Falei.
- Sério? - A Gazela falou.
- Sim! Quem não ama a união de um novo casal? - Perguntei retoricamente.
O sinal bateu, e nós seguimos para a sala.
Antes de entrar na sala, eu segurei o Isaac pelo braço.
- Faz o favor, de sentar bem longe de mim. - Sussurrei no ouvido dele, e entrei. Pude perceber que ele se arrepiou.
Deixei minha mochila de lado, e me acomodei na cadeira.
- Finalmente vou poder sentar aqui! - A Julie falou rindo.
- Eu não quero que o Isaac sente aqui tão cedo...


Notas Finais


Primeiramente: NÃO ME MATEM! Se eu fiz isso, é porque nos capítulos futuros isso vai render muito love kkk

Segundamente (sei que essa palavra não existe, mas foda-se): Obrigada a todas as pessoas que passaram a acompanhar a minha nova fic também. Amo vocês!

Até o próximo capítulo! Beijos! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...