História I hate my Life. 2 temporada. - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 3
Palavras 783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Hentai, Luta, Magia, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom e isso o por hoje bjs da sorvetw🍦

Capítulo 25 - Good...


Fanfic / Fanfiction I hate my Life. 2 temporada. - Capítulo 25 - Good...

Quando eu consegui equilíbrio eu fui até o vidro pessoas gritaram mais jungkook estava com fone. (Obrigado)
- jungkook!- eu não consegui sentir meus braços então começava a perder forças.- chama ele porfavor.- eu falo para o menino chamar ele.
- moço...moço...- ele tira o fone e olha pro menino.- tinha um anjo te chamando na janela.- ele olha pra janela e ve que eu estou há dois vidros atrás e perdendo forças. Então ele Corre até a porta abre e pula e eu desmaio de fraqueza.
- Bárbara!- ele estava tentando segurar minha mão mais não conseguia.- Bárbara acorda.- então ele segura minha mão e me puxa pra ele.- Bárbara se você não acordar nos dos vamos morrer. Bárbara!- nos dois estávamos chegando no chão. Ele me deu um beijo e eu acordei.
- segura.- eu dou propulsão pro chão e voei alto junto com o jungkook.
- pensei que você não ia acordar.
- pensou errado.
- desculpa por...
- cala a boca jungkook.
- não, mais é que...
- ja disse cala a boca.- eu voo até a casa do jin onde estão todos reunidos.
- Bárbara oque aconteceu?
- eu me machuquei fazendo um voo.
- jungkook porque está aqui?
- não sei foram me buscar no avião.- ele olha ironicamente pra mim.
- oque foi?...eu só fui te buscar porque...porque...esqueci.
- pra que?
- ok. Foi para pedir desculpas.
- do que?
- porque você eu é que...eu...aff.- faço cara de seria.
- fica quieta Bárbara...
- ok eu entenderei...mais de qualquer maneira desculpa.- eu me viro para ir a cozinha mais alguém me segura me puxando.- porque?
- eu é quem deve pedir desculpas.
- mas jungkook...
- shiii...só aprecie o momento.- eu fica abraçada com ele até que mohan entra na sala.
- omma oque é isso?
- mohan...- eu olho perdidamente pra ele...
- me diz oque é isso?
- é que...
- você cala sua boca phenex...- ele estava bravo.
- oque foi mohan?
- porque você está abraçando ele?
- ele é seu pai. Eu posso fazer isso.
- não ele não é meu pai nunca foi e muito menos seu marido.
- agora fique quieto mohan!- jungkook falou alto.
- porque se você não é meu pai?
- o meu Cristo me ajuda.- alguém bate na porta e namjoon abre.
- olá você queria comprar uma dose de uísque?
- não obrigado.
- e bolinho?
- não obrigado.
- mesmo?
- sim certeza.
- e sorvete quer?
- não obrigado não preciso de nada.- eu olhei pra aquele homem e parece que eu sabia quem ele era. Então suga olhou pra mim. Namjoon fechou a porta.
- espera!- suga gritou.
- oque foi?
- moço espera!- o homem volta.
- Boa tarde quer alguma coisa?
- sim.
- oque? Pode escolher.
- qual seu nome?
- meu nome é Gabriel.- ele da um sorriso.
- Gabriel yoon?
- sim...como sabe disso?
- posso conversar com você?
- claro
- você...conhece a Behemoth?- ele pensa...e me responde.
- acho que sim não me lembro muito bem...me descreva como ela é. Não conheço muitas pessoas.
- ela é bonita cabelos cacheados, olhos castanhos muito claros, pele clara, mais ou menos da sua altura e usa umas roupas não muito cheguei.
- você quer dizer a...a...miko?
- quem?
- miko uma mulher que eu conheci a muito tempo.
- não...não...
- a espera...behemoth?
- sim.- dou um sorriso pequeno.
- não...não...- ele parecia nervoso. Ele se virou de costas e começou a andar.- compre coisas. Paçoca, bolinho, sorvete ou picolé.
- espera...
- me deixe em pais eu ja disse que não há conheço.
- ok. Ok. Desculpe então.- eu volto para a casa do jin e suga sorri pra mim e depois muda de expressão.
- oque foi? Falou com seu pai?
- ele não é meu pai.
- claro que é Bárbara.
- como?
- se lembra o dia que nos fomos buscar sua mãe. Eu conversei com ele, acha que eu não o reconheceria?
- mas...Ele falou que não conhecia a behemoth minha mãe.
- ele mentiu por algum motivo.
- ok. Vou atrás dele.- eu sai la fora e nao havia ninguem.
- ele foi em bora?
- sim ele foi.
- fica para a próxima.- derrepente eu me sinto fraca e Caio no chão.- Bárbara...Bárbara...- suga tinha me pegado no colo e me ponhando na minha cama. Eu abri meus olhos estava tudo girando.
- oque aconteceu?- eu coloquei a mão na cabeça tava doendo.- ah.
- você caiu no chão e bateu a cabeça.
- ok. Acordei, está tudo bem.- eu olho para ele que está com uma cara...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...