História I hate myself ?! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anti-social, Depressão
Visualizações 4
Palavras 1.210
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Então .. isso não é uma fanfic .. é mais um desabafo que eu só queria colocar aqui .. nem precisa ler se não quiser .. deve ser horrivel ficar lendo sobre a vida tediosa dos alheios .. mas okay .....

Capítulo 1 - É isso aí ...


Fanfic / Fanfiction I hate myself ?! - Capítulo 1 - É isso aí ...

[26/7 11:44 PM] Segunda-feira


 É... então começou meu inferno pessoal, odeio ter que ir pra escola, ver aquelas pessoas que simplesmente não ligam pra mim, nem pros meus sentimentos, só pensam em si mesmas, buscando pela própria vida e felicidade, sem se preocupar se vai te machucar ou não ... só querem saber de si mesmas, só olham pro próprio umbigo.

Viver é foda, morrer sinceramente seria bem melhor. Todos vão embora quando a gente mais precisa que eles fiquem.

Mas sobre a vida, cara eu tô cansada dessa merda, a hora que eu penso em desistir vem alguma coisa que me diz "Fica viva e se fode mais um pouco", aí eu desisto de pular do sofá.

Eu penso muito nas pessoas a minha volta e na minha família, não em mim, eu não ligo pra mim mesma, o que me prende nessa porra de mundo é minha família. Cara eu só não faço nada por causa deles, se eu ainda vou pra escola e tiro boas notas, é por causa deles.

E é bem isso ... eu só tenho medo de decepcionar eles ... se não eu ja tinha ido a tempos, só quem sente sabe como é.

Eu acho que eu devo ter algum problema psicológico. Eu falo assim, mas o pior de tudo, é que isso  não é normal ...Mas não dá, o mundo nos deixa assim,as pessoas, tudo...

É muita coisa em cima de mim, e é dificil suportar, mesmo que você tente muito, mesmo que você dê o seu melhor parece que nada melhora, parece que a vida olha pra nossa cara e fala "não .. eu quero que vc se foda mais .. ainda não é o suficiente .. eu quero te afogar cada vez mais até que você sufoque" a vida ta me fodendo tanto que perdi a virgindade.

Kkkkkkkkkkkkkkkkk

Cada K é uma lágrima de desespero, a minha posição natural é de quatro porque eu ja nasci tomando no meio do meu cu.

Mas um dos meus maiores problemas, é que eu amo demais e me importo demais com quem não ta nem aí pra mim.

Quem ama se fode e não é pouco, o amor é um real fodedor de cu, mais faz sofrer do que faz feliz, esse trem é uma porra.

Sobre amar: ou é uma merda, ou é a melhor coisa da sua vida, ou te fode totalmente. Eu tenho uma frase que define muito sobre o amor na minha vida "era uma vez o amor ♡ ... ai eu matei ele <\3

fim"

Mas esses dias ta sendo o contrário,  ele que me matou. Tem dia que eu não quero falar com ninguém, tem dia que eu me isolo de todo mundo ... eu sou estranha ... pra caralho. Tipo por mim eu só ficava deitada, não ia pra escola, não fazia nada.

Mas eu finjo ser feliz o dia todo pelos meus pais e pelas pessoas que me rodeiam, mas quando chega de madrugada eu desmorono eu choro pra CARALHO e eu nem sei porque...

Eu fico triste sem motivo nenhum, as vezes eu to com tudo pra ficar feliz, e mesmo assim não fico, é estranho, porque "os meus pais me amam, eu tenho amigos legais, eu tenho uma casa pra morar, eu tenho um celular, eu tenho tudo que alguém poderia querer.. mas isso nao me faz mais feliz .. eu sou idiota"

 Eu tenho tudo, mas isso não muda o que eu  sinto. Porque pra mim ''viver é uma merda'' eu mal vejo a hora de morrer, porque eu sei que quando isso acontecer eu não vou fazer falta á ninguém.

Viver é perigoso...

Pior ainda é quando me aparece o sentimento de inferioridade, tipo "eu não sei fazer nada, eu sou horrível em tudo que faço, ninguém nunca vai me amar, eu nunca vou conseguir nada de bom na minha vida .." isso é um cu.

Eu não fico mostrando meus problema psicológicos pros outros não, eu guardo tudo pra mim acho que é por isso que me fodo tanto.

Meus pais acham que eu sou uma pessoa normal, mas eu não sou.

Eu vivo na bad, só que eu sei desfarçar muito bem. Só que as vezes é difícil, e eu acabo deixando transparecer, mas eu odeio isso, porque eu nunca quero preocupar ninguém, não quero que ninguém saiba dos meus problemas, mas é difícil esconder quando já te consumiu e você não sabe mais o que fazer.

Mas eu ainda consigo as vezes quando eu não dou conta e começo a chorar perto da minha mãe do nada eu invento alguma coisa, eu sempre fui boa com mentiras.

Eu sei mentir bem pra CARALHO.

Sempre que alguém pergunta se eu to bem, eu sorrio e falo que to bem... mesmo sabendo que é errado, é a unica forma de evitar perguntas que eu não quero responder.

E o problema é que na maioria das vezes eu não consigo responder as perguntas, porque é tudo uma paranóia.

Mas mano, eu vou é queimar no inferno pelo visto .. porque eu nem pra acreditar em Deus eu sirvo.

Pelo que eu sei de Deus todos os lgbts vão pro inferno. Isso é uma merda, a vida é minha poxa.

Eu sou "catolica", sou batizada .. fazia catequese e já fiz primeira comunhão .. e agora eu to essa porra que eu to hoje.

Dá mais não cara, mas vou continuar por quem eu amo. Fingir que to vivendo, porque quem sabe um dia eu não saio dessa, ou melhora, ou fode tudo. E ... vou só continuar existindo, só pra não decepcionar os outros.

Porque viver, eu não vivo, eu só sobrevivo e deixo correr solto, tá tudo indo ...indo de mal a pior.

Massa mesmo é quando alguém chega falando que é frescura pra chamar atenção, dá vontade de bater até perder os dentes, já não basta sofrer como se fosse natural ... tem que vim um imbecil se achando o rei da cocada preta.

Frescura é o CARALHO, niguém sabe o que a gente sente, niguém entende o dor do outro...

Minha mãe um dia deu uma burrada dessas, a gente conversando sobre o suicídio, e ela me solta "isso é frescura ... gentinha fraca" eu dei umas respostas fodidas quase chorando, aí ela quieto, hoje ela fala "ainda bem que tu não deixou eu continuar com esse pensamento ridículo" por que nossa mano ... serião, ninguém é obrigado.

Não é fácil, todos os que fogem do padrão da sociedade São discriminados, as pessoas já vem com o conceito formado sobre essas questões, tanto questões psicológicas, de gênero, etc... as pessoas querem o padrão, a regra imposta, e tudo que foge do ''normal'' é visto pela grande maioria da sociedade de uma maneira errada...

Como se quizessem que todos fossem iguais, isso é a pior coisa de grande maioria da sociedade, parece que ninguém aceita ninguém.

Morrer sinceramente seria bem melhor.

-" E é isso, eu me afogo cada dia mais,

Ela nao me deixa jamais,
Me seguindo na escuridão,
E agora, é só lamentação
E é isso, eu te afogo cada dia mais,
Eu não te deixo jamais,
Te sigo na escuridão,
E agosa, é só lamentação.
E agora, meu lado sombrio grita mais alto,
Me ensurdece e me puxa a razão,
Não queria estar aqui,
Mas agora, eu sou a própria lamentação.
E é assim, eles me puxam,
Me levam para o fundo, 
Mas eu não me importo,
Não quero mais ser desse mundo -
~¤ GnomoDasTrevas ¤~"



Notas Finais


Fez sentido não, mas okay ...

Bye 🌈🙏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...