História I Hate U - Imagine Suga e Jimin - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 38
Palavras 2.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~ especial de aniversário da protagonista ~
Enfim, faz um mês que eu fiz aniversário e minha melhor amiga fez hoje. Inspiradíssima aqui estou eu ❤

Capítulo 36 - Bêbada


A noite foi ótima, socorro. Estava eu gostando dele denovo. Dessa vez tem que dar certo, senão...

- Bom Dia. - ouvi sua voz e senti seus braços me apertarem.

- Bom dia. - o dei um selinho e procurei a cartela de remédios na gaveta. 

- O que tá procurando?

- Dia seguinte.

- Mas a gente não...

- É, mas nunca é demais.

- Não vejo...

- Quer ser pai aos 18 anos? - ri.

- Olha... - falou sorrindo.

- O filho não vai ser meu, então. - rimos.

- Achei! - fui até a cozinha e peguei água, para tomar o remédio. 

- Sorte sua que a Yumi ainda não acordou - apareceu o garoto, com pacotes de camisinha abertos na mão, e pegando mais um no chão da cozinha. 

- Joga isso fora - falei rindo - no meu banheiro, de precaução. 

- Até parece que a Yumi não sabe o que...

- Ela não sabe. 

- Sabe sim - riu - eita porra falei demais.

- Não creio...

- Não crê oque?

- Ela não me falou! 

- Não falou o quê?

- Da primeira vez, lerdo. 

- O Kook não iria mentir, iria?

- Nunca pensei que a Yumi fosse capaz de fazer isso...

- Quase 6 meses de namoro, cê tava querendo o que? Fase do beijinho de boa noite, ainda? - rimos.

- Nossa chateei...

- Com quem você perdeu?

- Vai dizer que você não pensa?

- Sei lá, ué. Quem sabe antes da gente se conhecer no começo do ano você já não tinha...

- Yoongi - ele cuspiu toda a água que estava tomando na parede.

- Mas o que? - riu - minhoca. 

- Vai, viado. Você já viu?

- Uai, sem querer mais já. Entrei no quarto num momento muito ruim - continuou rindo da minha cara.

- Que foi que você tá rindo? Ele me fodeu muito melhor que você. 

- Tá bom, acredito - ri.

- Já transou com ele pra saber?

- Depois de pegar 50 amostra grátis você reclama do produto?

- Tava na seca, ué. 

- Então volta pra ele, ué. Num tô te obrigando a nada.

- Ficou putinho, é? 

- Não.

- O que adianta ter o carro do ano e não saber dirigir, Jimin?

- Digo o mesmo pra você.

- Parei - rimos.

- Mas ele continua transando melhor do que você - falei baixo para provocar.

- Criança.

[...]

- E a noite foi boa, hein! - Yumi chegou zoando. 

- Para, as suas também foram né?

- Ele te contou, né?

- Tava esperando um convite formal pra me contar?

- Quer beber?

- Isso não vai me comprar.

- Eu pago!

- Tô indo...


Mais tarde na balada.

- Vai me deixar de vela?

- Aham... - estendeu uma nota de 100 pra mim e eu me sentei no bar.

Chamada para Jimin

- Pode vir aqui no Rizzo, por favor...

Eu tô aqui. Acompanhado -

- É uma mina? 

Érr sim... -

-  Pega ela e enfia no cu.

Chamada encerrada

- O que vai querer? - uma menina de olhos claros veio me atender.

- 5 doses puras de Vodka, favor.

- Uau, tá pro crime. - serviu os copos

- Tô pra depre, isso sim. - virei as doses e senti um calor e uma tontura, juntei todos os copos e entreguei para a garota.

Uma figura se aproximou. 

- Bebendo denovo?

- Deus ?!

- Eu mesmo, o que tá acontecendo. 

- Eu quero alguém, Senhor. Alguém pra me fazer cafuné e acordar do meu lado todos os dias. Alguém que eu planeje um futuro.

- Tava te observando... e o Jimin?

- Ele me trata como qualquer uma. A gente passa a noite juntos e eu apaixonadinha né! Chega no dia seguinte tá saindo com uma menina.

- Talvez ele...

- Ele acha que eu não sou suficiente pra ele? Que eu sou mais umazinha. Assim como o Yoongi fez - comecei a chorar.

- Ei! Vão achar que eu tô te fazendo algo. Não chora - o abracei.

- Eu quero morrer, eu passo meus melhores momentos com ele! Minha noite foi incrível ontem a melhor de todas, eu tô me iludindo por ele, não vale a pena.

- Você é pecadora, viu. E gosta muito dele, não é?

- Sim. - solucei.

- E do Yoongi?

- Me meteu um chifre que não era chifre, outro que não gostava de mim. Tá vendo? E eu amo o Jimin e ele ainda tem uma ex namorada, ai meu deus do céu. 

- Calma, tenho certeza que ele também. - a partir daí senti tontura e continuei abraçada a ele...

Dia Seguinte 

- Bom Dia Srª PT. - falou Jimin, rindo.

- Bom dia Sr. Pega todo mundo e tá indo embora da minha casa agora. - sorri sarcástica.

- Wow? - comecei a tacar a blusa, a carteira e os tenis dele. 

- Pode ir. - apontei pra porta.

- Conversa comigo. - segurou no meu braço e deu um daqueles sorrisos.

- Eu não quero. - falei firme. 

- Calma, isso é ciúmes?

- Não, não é. Se fode ai, vou falar altas pro Yoongi te bater.  

- Que? Você teve uma daquelas conversas com deus ontem. Desculpa.

- Você já me deu motivos demais, desculpas demais. E para de me ouvir quando eu tiver bêbada, porra.

- E foi a melhor noite da sua vida.

- Foi sim, agora eu vou dar pra qualquer um que aparecer. Vai embora. 

- Respira...

- Sai logo, antes que eu te faça parar de respirar. Me solta.

- Vai me fazer perder o fôlego? - riu.

- Eu te mato. 

- Eu te amo.

- Ama sim, ama muito. Ama tanto que me troca pela primeira que viu na frente. Você só quer se aproveitar de mim Jimin. 

- Feliz aniversário. - me pegou no colo e me colocou de cabeça pra baixo na suas costas.

- Qual vai ser seu presente? Um par de chifres?

- Um café da manhã, talvez...

- Você não vai me comprar com um café da manha. Eu tô brava com você, merda.

- Era um pretexto... Só pra te deixar nervosinha.

- Mas eu te vi com uma mulher seu lixo.

- Sua irmã. 

- VOCÊ PEGOU MINHA IRMÃ? AGORA ME SOLTA EU VOU TE BATER MUITO.

- Foi só pra brincar com você. Acho que deveria ser mais delicada na frente de seus pais..  - me colocou no chão e me deparei com toda minha família, Yumi, Kook, uns amigos do colégio e meus avôs.

- Ah... oi... - sorri sem graça pra todos eles.

- Ele dormiu aqui? - perguntou meu pai e minha irmã o interrompeu.

- SURPRESAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA - gritou tão alto que receberia uma multa no dia seguinte. 

- Owwnt, muito obrigada.

[...] tomamos café e os meus pais e avos foram embora, iriam no spa e deixaram os meus irmãos com a gente.

- O que a gente faz com criança? - perguntei para o Jimin.

- O que vocês mais gostam de fazer. - falou a peitos.com e Jimin começou a rir imediatamente.

- What? NOSSA JIMIN - comecei a rir também. 

- O que vocês mais gostam de fazer? Anda fala !?

- Comer. - Jimin falou e começou a rir mais ainda.

- Literalmente comer. 

- Não, não vamos pagar comida pra vocês. - falei em uníssono com ele.

- Qual é a graça então? Era melhor a gente ter ido no spa ouvir os adultões falando de novela. - falou Youngjae.

- Então pode ir. Não vai ter carona! - exclamou Jimin. 

- O que a gente vai fazer então?

- Podem ouvir eu falar do meu ex. - falei pegando água.

- Nem ferrando. - falou Jimin pegando no celular.

P.O.V Jimin ON 

Mensagens

Yoongi (3)

- Desce aqui na portaria do prédio da S/N pra gente resolver umas coisas. 

hm? -

Tá doido? -

- Quero ver se você é homem o suficiente, pra ficar pegando mulher dos outros você é.

____

- Já volto crianças... - falei calçando meu tênis e quase saindo do apartamento.

- Aonde você vai? - a mais velha me puxou pela camisa. 

- Na rua, mas eu já volto... - puxei ela pela cintura e dei um abraço apertado.

- Não se engulam na nossa frente, eu imploro - disse Hwasa.

- Tá bom... - falou S/N e eu a roubei um selinho - ó, foi ele. Vem falar pro papai não. - riu.

Desci até a portaria e vi Yoongi me esperando lá embaixo em frente ao prédio pelas portas de vidro fumê, com cara de quem comeu e não gostou.

- Qual é, mano? - cheguei perto dele.

- Tem essa não cara. - me deu um soco no rosto e jogou na parede. - vai se ver comigo. 

Revidei o soco e o derrubei no chão, dando mais uma sequência de murros nele enquanto o mesmo tentava recuperar o controle da situação. E eu levei um puta de um soco no nariz que fez sangrar, e eu dei outro na boca, cujo meu anel cortou a boca do menino.

- Parou, parou... - o porteiro e outros caras que estavam na rua tentaram intervir. Confesso que por modéstia a parte Yoongi tinha apanhado bastante. Subi denovo para o apartamento com a maior cara de pau possível.

- Oi... rs. - entrei direto na sala.

- Que porra... você foi brigar? - S/N se aproximou de mim e praticamente me jogou no sofá, procurando alguma coisa pra passar em cima de uns dois machucados que tinha no rosto - quem foi que fez isso?

- Ah... relaxa S/N.

- QUEM FOI QUE FEZ ISSO PARK JIMIN.

- Eita poxa-  disseram meus cunhadinhos.

- Sério, deixa...

- Eu descubro então. - peguei o celular dele e abri as conversas - Yoongi. YOONGI?

- Eitaaaaaa caralhow- disseram meus cunhadinhos novamente. 

- Mas isso nem machucado foi direito, osh - riu - só o nariz, mas perae - foi até o banheiro e pegou uma toalha gelada e colocou em cima do meu nariz.

- Se eu tivesse assim na balada você ficaria comigo? - ri me olhando no reflexo do espelho.

- Não. Porque um doido ia sair com uma toalha no nariz pra balada - todos riram e ela foi pra me beijar, mas olhou para os irmãos d recuou.

- Deus viu e eu também - apareceu Yuri.

- De onde você surge, sério? - S/N sorriu.

- Pode não, pode não. 

- SIM PODE OQUE JESUS CRISTO. - gritou Hwasa.

- Fica quieta ai Peitos.com - S/N tirou o pano do meu rosto e segurei na mão dela por baixo de algumas almofadas.

- Nunca vi um irmão quase mais velho tão normal por ver sua irmã ficando com um cara. - falou Yumi - eu não fui criada com você Youngjae pra você apoiar homem nenhum osh.

- Mas ele é meu friend, tem que arrumar as namoradinha pra ele.

- Fala de namoradinha não , vai que ela se ilude... - falei pra provocar e acabei rindo.

- VAMO COMER CAMBADA? - gritou o Chef Kook, deixando três pizzas enormes em cima da mesa. Colocámos as velas formando um 18 e cantamos parabéns, com direito a com quem será no qual o escolhido foi eu, óbvio. Quem mais seria? Yoongi. Xiu. Tinha que ser.

- Vai depender se o Jimin vai querer! - disse o coro.

- Eita, eu aceito casar, noite de núpcias, alô? - rimos.

- Vamo comer logo! 

[...]

- Eu pretendo cursar Jornalismo em Busan.

- Mas não é a mesma faculdade que o Yoongi? - se intrometeu Kookie.

- Pior que ele tá certo... - disse Yumi e coloquei minha mão em sua coxa.

- Mas eu não vejo problema, certo? - deslizei minha mão para a parte de dentro das coxas dela e apertei.

- Não vê? - perguntei meio inquieto.

- O nome disso é ciúmes heim. - falou Hwasa.

- O campus é enorme, Jimin. Nossos prédios vão ser próximos mas não vamos nos ver todos os dias. - apertei com mais força pra deixar marca e quando soltei a mesma suspirou e falou - sim Jimin, eu vou ficar em Seul, feliz agora?

- Gostei da novidade.

[...]

- Você vai dormir aqui hoje, tem nem desculpa, nem protesto. E não é um convite para oque eu sei que você tá pensando. 

- Tenho nem escolha de onde dormir, né? - falei.

- Tadinho, vai ter que passar um tempo comigo. 

- É... Tadinha de você. - sorriu malicioso.

- Começou? - sorriu.

- Posso ver uma coisa? 

- Pode... - a mesma estava sentada, então eu apenas puxei o seu short meio transparente de pijama para cima, vendo a marca. 

- Quero te marcar inteira. 










Notas Finais


oeoeoeoeoeoeo comenta gostosinho aí pra mim que eu demorei pra escrever


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...