História I hate u, I love u - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, Suigetsu Hozuki, Temari, Tsunade Senju, Yahiko
Tags Itadei, Orochimaru X Kabuto, Sasunaru, Yaoi
Exibições 56
Palavras 1.430
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então, é o seguinte, me desculpem por custar a postar, vou tentar acabar essa fanfic logo então não sei ao certo quantos capítulos vão ter
Obs: Eu não sei fazer LEMON. Mais espero que gostem hshshshshshs

Capítulo 12 - Desculpas


 Você fala pra mim sair mais é isso que quer?


Pov Naruto

- Sim 

- Até que mente bem, mais sabe de uma coisa eu parei pra reparar em você, e decidi algo... - Sasuke 

- E o que foi posso saber? - Naruto 

- Claro!, Eu te quero. 

- Han?


- É isso mesmo eu te quero pra mim, só pra mim.

Naruto corou violentamente com a fala de Sasuke, ainda estava "digerindo" o que aquilo tudo queria dizer.

- Você é doido ?
Disse rindo de nervoso, coçando a nuca.

- Talvez, pessoas doidas fazem loucuras né?  E eu tô querendo fazer uma com você

- Mais de que diabos você está falando?

- Sexo.

- O QUEEE?
O loiro empurrou o Sasuke, fazendo o mesmo cair no chão. Ele até se assusta com a reação de Naruto mais logo se levanta e pula novamente em cima do menor completamente corado e coberto com a coberta...

- Que foi mozão, te deixei constrangido?
Fala com um sorriso vitorioso no rosto

- Não.

Sasuke tirou lentamente o cobertor da cabeça de Naruto, aproximou seus lábios do ouvido do mesmo e sussurrou

- Deixa eu te ter só pra mim.....
O loiro o empurrou de novo pra fora da cama.

- Hentai! Não se aproxime!

- Mais onde eu vou dormir?

- No chão! 
Naruto jogou em Sasuke um cobertor Grosso e um travesseiro. Apagou a luz e se virou pra parede para dormir

- Nossa Naruto você é muito mau

- Vai dormi logo !

- Tá bom, tá bom. 

Pov Deidara

Era mais ou menos 1 hora da madrugada quando escuto batidas na porta, de início fiquei assustado, mais pensando bem porque diabos um assaltante bateria na porta? tive a confirmação quando olhei pelo olho mágico e era Itachi...
Abri a porta logo em seguida...


- Você é idiota? Porque está batendo na porta da minha casa a essa hora?

- Desculpe, mas foi a única hora que eu encontrei....Posso entrar?

- Claro né seu idiota, eu não vou ficar com a porta aberta.

- Ok, obrigado...

- Então, o que quer?
Deidara já estava sem paciência

- Eu preciso conversar com você, urgentemente.

- Pode falar...

- Não aqui, Pode ser em outro lugar?

- Podemos ir ao escritório, é bem melhor mesmo assim os meus pais não nos escutam.

- Seus pais? Eles estão aqui? fudeu

- Sim estão, e não querem te ver nem pintado de ouro.

- Eu sei

Nos dirigimos até o escritório, e em seguida tranquei a porta.

- Vai pode falar.

- Deidara, eu te amo, eu tentei juro que tentei te esquecer mas pqp não dá, acho que todo mundo sabe que sou egoísta, e mesmo não tendo direito eu te quero, quando vi aquela notícia simplesmente  não aguentei, eu não me contive porque senti medo, medo de te perder, se qualquer outra pessoa me dissesse ou perguntasse meus medos, eu riria, porém quando se trata de você é diferente. Não tem idéia de como eu estou....


- Despedaçado? Frustrado? Se perguntando porque não é bom o suficiente? Se é assim que se sente eu entendo...


- Deidara me perdoa, por favor eu só te peço uma segunda chance!

Os dois continham olhos marejados, apenas segurando as mágoas. E foi quando Itachi se aproximou e o beijou,
Beijo esse cheio de desejo, carinho e saudade, muito necessitado em ambas as partes. 

Ao se separar Itachi pode notar o tom rosado do rosto de loiro, e as lágrimas grossas que ainda insistiam em cair.

- Porque você disse que não me amava? Você destruiu meus sonhos. O que eu fiz de errado? Me diz, só me responde.

- Você não fez nada errado, o verdadeiro errado era eu, você sabe que eu iria embora eu tinha que ir, você não iria permitir que eu me afastasse,  estava apenas te atrapalhando com essa situação, justo quando ia começar  a treinar para entrar no lugar de seu pai. Eu me arrependo, me perdoa.

Não tenho medo de começar de novo, tenho medo de ter o mesmo resultado.”

- Itachi, eu...

- Não precisa dizer nada.

Itachi se aproximou, tocou os lábios de Deidara com a ponta dos dedos logo selando - lhe os lábios num Beijo calmo e apaixonado, com o tempo colocou suas mãos na cintura dele colando ainda mais seus corpos, pediu passagem com a língua e Deidara concedeu, colocando sua mão na nuca de Itachi e a outra em suas madeixas, puxando as mesmas,  e lá se foi o beijo calmo, agora feroz, agitado e necessitado, Itachi já decia a mão da cintura para as nádegas as apertando com força.


Deidara já havia perdido o controle.

Itachi pegou nas coxas do loiro levantando - as e as colocando envolta da sua cintura. A primeira coisa que viu foi a mesa daquele escritório, o raciocínio já estava lento, quem não ficaria com aqueles chupões que o loiro dava em seu pescoço, não pensou duas vezes e o colocou sobre ela, ficando no meio de suas pernas logo tirando sua própria blusa. O lugar não estava quente porém já estava suado, Deidara observou o corpo do moreno com desejo, e Itachi já sentia sua ereção incomodar debaixo de todo aquele tecido, ao tirar a blusa de  Deidara e ver o leve enrubescer de seu rosto seguida por uma mordida no lábio inferior...ah aquilo era de mais, podia jurar que estava sendo provocado..
Tirou a calça que estava vestindo ficando apenas com a boxe preta. Deidara vendo o volume, sentiu sua ereção pulsar e a excitação já não podia ser contida, antes de qualquer outra coisa puxou o outro para mais um beijo, suas línguas travavam uma pequena guerra em busca de espaço. Deidara tirou a calça e sem querer sua cueca, fazendo Itachi logo visualizar seu pênis totalmente duro, o loiro que antes estava corado agora parecia um tomate de tão vermelho, virou a cabeça desviando o olhar, Itachi não ajudava muito, o olhando da forma mais predadora e imoral possível, mas ao notar seu constrangimento pegou em seu queixo e apenas pressionou seus lábios contra os dele descendo até o pescoço, clavícula, peitoral, abdômen e parando no meio de suas pernas, começando a mastuba-lo lentamente, vendo o mesmo arfar e gemer, foi aumentando os movimentos gradativamente, e de uma outra pra outra abocanhou seu membro colocando até onde podia alcançar, isso fez Deidara jogar a cabeça pra traz num gemido alto e arrastado, Itachi começou a fazer movimentos rápidos, seguido de vários gemidos, e quando percebeu que Deidara estava chegando ao ápice parou derrepente recebendo um olhar reprovador do mesmo.

- Desculpe amor mais quero estar dentro de você quando isso acontecer...

Itachi puxou Deidara pelos pulsos, fazendo o mesmo ficar de pé, e o virou de costas se deliciando com a visão obtida, forçou as costas do outro para que debruçar - se sobre a mesa fazendo ele ficar mais empinado. Percebeu que não tinha lubrificante então cuspiu em sua mão e passou a saliva sobre seu membro totalmente duro logo roçando na entrada alheia. Deidara já estava inebriado pela excitação e já prevendo o que viria a seguir. Então de uma só vez Itachi o penetrou arrancando um gemido alto, longo e arrastado, ficou parado até o loiro rebolar sinalizando que ele já podia começar a se movimentar, e assim o fez, de início com estocadas lentas e profundas. A única coisa audível naquele cômodo era o gemido de ambos, e coisas desconexas sussurradas ao ouvido de Deidara por Itachi além do forte cheiro de Sexo e do cheiro corporal adocicado do loiro e do cheiro amadeirado e cítrico do moreno

Eles eram perfeitamente imperfeitos.

As estocadas de lentas passaram a rápidas, quando acertou sua próstata recebeu mas um daqueles gemidos que levavam embora sua sanidade. Enquanto isso tratou de mastubar o membro de seu parceiro até então esquecido. Apenas algumas estocadas fortes e precisas foram necessárias para que Deidara chegasse ao seu ápice e mais algumas para que ele próprio se desfizesse dentro do loiro, logo em seguida saindo de dentro do mesmo. Após um tempo quando normalizaram suas respirações,  vestiram suas roupas 

- Você está.....Com raiva?
Itachi foi o primeiro a se pronunciar, recebendo um selinho de Deidara, o que lhe surpreendeu muito.

- Só não me decepcione, Ok?

- Pode deixar..

- Acho melhor você sair se meu pai te pegar aqui...Não quero nem ver.

- Tá eu já vou nos vemos amanhã.

- Tchau.

Eu sinceramente não me arrependia, só espero ter tomado a decisão certa.


Notas Finais


Então foi isso ficou meio médio meio merda mas blz.

Obrigado por ler. Até o próximo capítulo ^-^

Dêem muito amor à I hate u, I love u


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...