História I hate u, I love u - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chachi Gonzales (Olivia Irene Gonzales), Dylan O'Brien, Tyler Posey
Personagens Chachi Gonzales, Dylan O'Brien, Personagens Originais, Tyler Posey
Tags Amor, Chachi Gonzales, Comedia, Dylan O'brien, Escolar, Incesto, Romance
Exibições 145
Palavras 1.736
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E ai encrencas!! Desculpem o sumiço aqui nessa Fic, falta de tempo..
Enfim! espero que gostem.. Porque cara! Eu AMEI escrever esse cap ksks.. Sério!

Então favoritem, comentem e indiquem... Beijos!
Boa leitura.

Capítulo 4 - Four


Fanfic / Fanfiction I hate u, I love u - Capítulo 4 - Four

A semana se passou mais rápido que Bella imaginava, antes mesmo de perceber sexta- feira já havia chegado e Dylan tinha a expulsado de casa a pontapés. Mas Bella não deixaria por isso mesmo, quanto mais ele dizia que ela não iria, mais ela queria ir. E pelo que ela havia entendido ele não queria que ela ficasse a meio metro da festa, então além de aparecer na festa, estava planejando uma entrada triunfal. Queria que todos soubessem que a irmãnzinha de Dylan havia crescido e estava pronta para chamar a atenção numa festa de veteranos.

Estava tudo planejado, e com a ajuda de Jean e Louise, aquela seria a melhor festa da vida deles.

Dylan e Bella estavam meio distantes desde o dia que ele havia insinuado alguma coisa na escada, ela não parava de pensar nisso, mas ele parecia nem sequer ligar pro que havia dito, na verdade, ele sempre foi meio idem para o que aconteceu no passado.

Na cabeça de Dylan eles eram crianças, os dois tinham culpa no cartório, Dylan por não saber lidar com a situação e Bella por não segurar seus sentimentos. Desde então eles se odeiam, é algo bem simples mas ao mesmo tempo bem complicado, Bella guarda rancor até hoje e Dylan de certa forma não liga. “A partir do momento em que vira passado, não se deve mais falar nisso”.

- Ou maluca... – Jean acertou uma tampa de caneta na minha testa. – Está ai?

- Ai! – boto a mão na testa. – O que você quer?

- No que está pensando? – ele fica me olhando fixamente como se tentasse ler meus pensamentos.

- No passado.

- Hmmmmm, isso não é bom. – Louise disse saindo do banheiro enrolada numa toalha.

- O que tem de tão ruim no passado? – Jean abraça uma almofada e olha atento.

- Não é papo para hoje, vamos mudar de assunto? – digo me levantando e indo até a janela.

- Concordo! – Lo diz  soltando a toalha e ficando só de calcinha.

- Concorda porque você já sabe. Por que não me conta, Bella? – Jean se levanta e se aproxima de mim.

- Qualquer dia eu conto.

- Já adianto que é sobre a verdadeira história do porque ela e Dylan se odeiam. – Lo diz se vestindo.

- Calada matraca. – digo olhando ela feio.

- Sério? Achava que não existia um porque especifico. Na minha cabeça vocês nasceram e quando se conheceram decidiram que o mundo de um não funcionava com a existência do outro. – ele disse sorrindo e ficando ao meu lado.

- Para tudo existe um porque, meu bem. Até para algo tão complexo como meu ódio por Dylan. – mexo no cabelo dele e me viro para ver se Lo já está pronta.

- Não acredito que o dia finalmente chegou! – ela diz vestindo seus saltos. – Vou viver longe daquela Taylor maldita e ter Dyl só para mim... – ela me abraça de lado.

- E eu vou provar para aquele babaca que uma festinha daquela não vai me parar. – digo sorrindo e caminhando em direção a porta.

- Eu só estou indo porque adoro uma treta. – Jean nos segue.

A noite estava bem agradável e por sorte a casa de Louise não era tão longe da casa de Bella. Os três estavam bem bonitos.

 Jean arrasando com sua calça jeans preta rasgada, acompanhada de uma camiseta cinza com estampa de algumas aves, uma jaqueta jeans com as mangas dobradas até o cotovelo, algumas pulseiras e seus tênis Nike branco.

Lo estava linda com uma camisa preta transparente e sexy que dava a visão de seu decote e seu sutiã preto, um shorts Jeans detonado laranja com detalhes de tarraxas douradas e seu salto preto também com detalhes feitos com tarraxas douradas.

Já Bella como sempre dando uma de garota maloqueira, com uma calça Jeans cinza toda detonada, um cropped branco com estampa de filtro de sonhos, seus tênis Nike vermelhos de cano alto, uma camisa xadrez vermelha amarrada na cintura e um colar dourado.

Antes mesmo de virar a esquina da casa de Bella já ouviam a musica alta, e de longe viram várias pessoas dançando tanto fora do quintal, quanto dentro da casa. Bella só conseguiu pensar em “Tomara que não tenha ninguém transando no meu quarto”. 

Os três deram um sorriso e caminharam até o quintal da vizinha, nessa altura do campeonato eles rezavam para nada dar errado. Entraram na casa pela janela da sala de serviço onde todos os fuzis da casa se encontravam.

A partir de agora o plano estava em andamento.

(...)

A festa estava uma loucura do jeito que Dylan havia planejado, sem a presença de Bella para estragar tudo e com todos aqueles que no caso ele se “importava”, tinha de tudo drogas, bebidas e até dançarinas especializadas. Dylan estava no sofá com Taylor em seu colo o beijando, as mãos dele apertavam fortemente a bunda da garota que arfava vez ou outra.

As pessoas gritavam e a todo momento ele escutava algo quebrando, “Não dava para fazer a festa perfeita sem quebrar alguns ovos” ele pensava e sorria. Seus amigos o parabenizavam toda hora por ter conseguido montar uma festa tão louca.

Ele sorria vitorioso, mas la no fundo ele pedia ao Senhor para que a policia não aparecesse.
Tudo ocorria “bem”, até que a musica é cortada e todas as luzes são desligadas, deixando a casa inteira num tremendo Breu. Ficou assim por alguns segundos até que a luz voltou fraca e uma voz masculina ser transmitida.

- Senhoras e senhores, com vocês... Chachi Gonzales.

A musica Like a boy começou a tocar e então Dylan jogou Taylor de lado e se levantou empurrando as pessoas até conseguir enxergar Bella que começava a dançar encima da enorme mesa de bebidas. Aquele era um nítido pedido de guerra, Dylan olhou com fúria enquanto Bella lhe lançava um sorriso carregado de sarcasmo. Todos gritavam a cada passo que a garota dava, ela sorria e era incentivada a continuar.

Dylan cruzou os braços aceitado que havia perdido essa batalha, todos estavam adorando a garota e vibravam com a dança. Não tinha como negar, ela era uma excelente artista. Com alguns segundos de coreografia algumas pessoas no meio da multidão começaram a dançar a mesma coreografia que ela, realmente muitas pessoas estavam envolvidas nesse plano. Bella queria mostrar que não importa o desafio que Dylan lançar, ela vai cumprir com estilo.

Vários dançarinos mas a estrela estava sendo Bella, ninguém tirava os olhos dela. Ao fim de tudo todos pularam, gritaram e pediram BIS. Ela desceu da mesa e foi cumprimentada por todos, a carisma dela havia vencido naquela noite. Dylan ficou ao longe olhando feio pronto para tirar satisfações com ela.

(...)

- Cara! Foi incrível!! – Louise gritou me abraçando.

- Bella você arrasou, sambou na cara do Dylan!! Você viu a cara dele? – Jean chegou com duas bebidas em mãos.

- Eu vi!!! – gritei pulando de alegria, pegando a bebida e bebendo.

- Vem aqui! – ouvi uma voz rouca e alta atrás de mim, alguém agarrou meu braço e então fui arrastada por entre a multidão. Era Dylan, eu tentava me soltar mas ele era forte. Ele me puxou pela escada e só me soltou dentro do meu quarto. – Isso dói, sabia?!

- Calada! O QUE VOCÊ TEM NA CABEÇA?! – ele gritou.

- EU DISSE QUE VIRIA, NÃO TENHO MAIS QUINZE ANOS!!! – gritei.

- A QUESTÃO NÃO É ESSA BELLA!! AQUI NÃO É LOCAL PARA VOCÊ!! TEM BEBIDAS, DROGAS E NUDÊS!!! – ele segurou forte em meus braços e me aproximou dele ao máximo.

- Agora vai dizer que está preocupado comigo, sério Dylan?! – me soltei dele.

- É crime isso?

- Você não está preocupado, está com inveja!! Só porque eu atraio as pessoas muito fácil e você precisa de bebidas e drogas para ter amigos! – Abro a porta.

- Bella!! – ele gritou.

- Não se aproxime de mim!! – bati a porta e desci correndo, da escada pude ouvir o soco que Dylan deu na porta.

Ao chegar na sala Bella achou Lo encostada na parede e bebendo, ela pegou o copo das mãos de Louise e então bebeu. Sentiu o liquido descer por sua garganta queimando, Vodka pura. Sentiu-se meio tonta.

- Você está bem?! – Lo perguntou boquiaberta.

- Nunca estive melhor! Vamos dançar! – peguei o braço dela e a puxei pro meio da multidão.

Bella e Lo dançavam sem parar, toda hora pegando a primeira bebida que passava. Várias pessoas dançavam envolta das duas, aquilo estava uma tremenda loucura. Bella já estava meio bêbada quando Lo a lembrou do plano que as duas tinham bolado para se livrar de Taylor.

- Tudo bem... – eu disse. – Vou arrumar alguém para levar Dylan até meu quarto. E você espera ele lá, ok? – digo meio enrolado.

- Não demora! – ela se distanciou sorrindo e caminhou até as escadas. Peguei mais uma bebida e caminhei até um garoto qualquer.

- Oi, sabe o... Dyl-an... Tem uma menina querendo trepar com ele. Diz para ele ir até o meu quarto. – Falo lentamente. – Ou será que seria o quarto dele? – faço uma cara confusa. – Tanto faz, só diz pra ele. – digo irritada.

- Ta, quem é você? – o cara gritou.

- Meu nome é Taylor vadia! – digo dando uma gargalhada.

Bella via tudo girando, com dificuldade caminhou até a escada e subiu, entrou no primeiro quarto que encontrou e bateu a porta. Tudo estava escuro, tentou achar a luz mas não encontrou. Alguns minutos tentando achar a luz e sem querer derrubou algumas coisas.

- Luuuuz... Cade você? – chamei dando risada até que ouço a porta abrir e se fechar rapidinho. – Ei..

Ela foi interrompida por um beijo, sentiu os lábios quentes do garoto e não conseguiu não retribuir, a língua dele invadiu a boca de Bella e aquela sensação gostosa invadiu seu corpo, ela queria mais. O garoto agarrou a bunda dela e então Bella arfou mas logo teve sua boca novamente tomada pelo garoto.

Bella agarrou os cabelos do garoto e então puxou com um pouco de força. Ela tomou impulso e então subiu no colo do garoto que caminhou em direção ao que parecia ser a cama, ele começou a mordiscar o pescoço dela quando Bella passou as mãos pelo braço do garoto e sentiu suas veias saltarem. De imediato lembrou de Dylan e se afastou do garoto.

- Dylan? – ela segurou o rosto do garoto.


Notas Finais


O que acharam? Comentem e me digam ♥
Até a próxima!! ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...