História I Hate U, I Love U - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon
Personagens Cameron Dallas, Nash Grier, Personagens Originais
Tags Cameron Dallas, Colegial, Família, Romance
Exibições 10
Palavras 665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Amooores, em breve estarei pondo todas as minhas fics em dia ♥

Capítulo 6 - Cine


Point Of View Alice

Enquanto Cameron estava na fila, eu e Nash olhávamos os filmes em cartaz para decidirmos e ver se Cameron estava de acordo.

-Quero filme de ação.-Eu disse.
-Eu quero de terror-Disse Nash.
-Nem vem.
-Ah, qual é Alice, filme de terror, vai.
-Você quer terror? É só se olhar no espelho, Grier.

Nash dizia algo, mas, não prestei atenção, pois Cameron estava nos chamando.

-Cala a boca Nash-Eu disse o puxando até Cameron.
-Eu preciso saber o filme-Disse Cameron irritado.
-Terror-Eu disse fazendo o Nash me encarar surpreso.-Insisti só pra te provocar.-Eu disse piscando para o mesmo.

Ele revirou os olhos.

-Algum problema? -Perguntou Cameron arqueando as sobrancelhas ao ver nossas expressões.
-Apenas implicâncias-Disse Nash ainda com a cara fechada.

[ͺͺ͵]

Point Of View Cameron

Após chegarmos do shopping fui tomar banho e ao voltar, escuto Nash e Alice conversando, e prefiro me esconder.

-Nash, ele nem percebeu que dia é hoje, ele esqueceu-Disse Alice animada.
-Dia.... que dia? Ah... aniversário de namoro dele e da Liv, certo?
-Lerdo.-Ela disse assentindo.
-Que bom, será que recuperamos o nosso Dallas?
-Espero que sim.
-É...acho que sim-Eu disse coçando a nuca, surgindo no quarto.
-Cam...-Disse Alice assustada.
-Você ouviu tudo? -Perguntou Nash.
-Sim.
-Droga, não queríamos que você lembrasse, você estava tão bem...
-E ainda estou, estou ótimo-Eu disse sorrindo.
-Parece que alguém superou...-Disse Alice sorrindo de lado.
-Superou?-Nash perguntou para mim querendo que eu confirmasse.
-Sim
-Estou orgulhosa de você- Disse Alice depositando um beijo em minha bochecha.
-Até que enfim, não aguentava mais você nessa bad, tendo que escutar você reclamando da vida-Disse Nash que logo em seguida recebeu uma cotovelada da Alice.
-Ele tem razão Ally.-Eu disse e ela sorriu com um olhar carinhoso.
-Você não sente mais nada por ela?-Perguntou Alice.
-Acho que não, a distância está colaborando bastante com isso-Eu disse e Nash sorriu.

[...]

Point Of View Nash

Cameron estava olhando para o teto pensando na vida até eu jogar meu travesseiro na cara dele.

-Porra Grier!-Ele disse jogando meu travesseiro de volta, o mesmo bateu na parede da minha cama e caiu no chão.
-Você é ruim de mira, em Dallas. Como consegue ser Capitão?
-Cala boca Nash.
-Ei, precisamos conversar-Eu disse agora sério.
-Precisamos?
-Sim, precisamos-Eu disse.
-Qual é a bronca?
-Não é bronca.-Eu disse revirando os olhos.
-Então qual é o assunto?
-Alice e Liv.
-Liv é passado-Ele disse deixando de ficar deitado e sentando encostado na parte da cabeceira de sua cama.

Gargalhei.

-Qual é a graça?-Ele perguntou arqueando as sobrancelhas.
-Há um pouco tempo atrás você não diria isso, seria "Minha Liv", "Liv, o amor da minha vida"-Eu disse fazendo-o rir.
-Pois é, as coisas mudam.
-As pessoas mudam-Complementei.
-A vida muda, os pensamentos....-Ele dizia antes de eu interrompê-lo.
-Chega, não comece com a ladainha da Alice.
-Eu acho que andamos muito com ela, estamos pegando as manias.-Ele disse rindo.
-Você acha? Não seu se você percebeu, mas desde o primeiro dia andamos com ela.

Ele ignorou e continuou rindo com a cabeça baixa e balançando negativamente a mesma.

-A Ally tem essas paranoias dela, esses deboches, mas ela é muito especial.-Ele disse.
-Sim, ela é especial, mas você já percebeu que ultimamente você anda enfatizando muito isso?-Eu disse.
-O que você está querendo dizer com isso?-Ele perguntou com uma expressão séria.
-Cara, vou ter mesmo que falar?
-Não começa Nash.
-Você sabe muito bem da verdade.
-Não, não sei.
-Você está apaixonado por ela.
-Nash, já estou confuso o suficiente.
-Você baba por ela. Não suporta ver algum cara dando em cima dela.
-Você acha que eu teria chances com ela?-Ele disse e eu sorri com um ar de vitória.
-Sim-Eu disse deitando e virando se costas para ele.
-Nash-Me chamou e ignorei.
-Nash, cacete.-Chamou mais uma vez impaciente.
-Tá vendo, você admitiu.-Eu disse virando para ele.

Ele suspirou vencido.

-Agora me deixe dormir, fique aí pensando-Eu disse virando se costas novamente.
-Você está fazendo isso de propósito, não é?
-Uhum.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...