História I hate u , I ♡ u - segunda temporada de amizade ou amor? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br), Manu Gavassi, Natalia "Nah" Cardoso
Personagens Caíque Gama, Manu Gavassi, Nah Cardoso, Nathan Barone, Paulo Castagnoli, Personagens Originais
Exibições 49
Palavras 1.357
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Pq eu ainda te amo seu imbecil !


Narração Natalia Cardoso

No dia seguinte Acordei, de bem comigo mesma , todos os dias acordo de bom humor mas hj eu tava de muito bom humor, levantei , fiz minhas higienes e troquei de roupa e sai , acabei indo pro Ibira, corri por um tempo e depois sentei debaixo de uma árvore, tava tudo tão bem até que o Rafael chega

Eu : o que vc quer ?

Rafael : oi tô bem sim obrigada por perguntar

Eu : cara vaza

Rafael : pq ? Achei que vcs gostava da minha companhia - falou se sentando ao meu lado

Eu : mano nunca tivemos nada e nunca teremos

Rafael : vc me usou esse tempo todo ?

Eu : não eu nunca faria isso , mas vc é muito chiclete e possessivo eu me sinto sufocada

Rafael : eu posso mudar , me dá mais uma chance

Eu : não, eu não quero mais nada com vc Rafael, eu já tô seguindo a minha vida e vc devia fazer o mesmo - me levantei e ele também, eu ia sair dali mas ele me puxou pelo braço e me beijou , eu tentei empurrar ele mas ele era bem mais forte que eu , consegui empurrar ele é falei

Eu : tá maluco?

Rafael : por vc eu sou o mais louco

Eu : caralho ... - eu ia falar mas vi o Paulo mais distante , vendo aquilo tudo ele saiu balançando a cabeça negativamente, ele pegou a Angel no colo e saiu - olha o que vc fez

Rafael : então era ele - falou sorrindo maldoso - a filha dele é muito bonitinha

Eu : vc não encosta nela

Rafael : quem é vc pra mandar em mim ? Toma cuidado , e fica de olho na filhinha dele - falou e saiu, eu sai correndo atrás do Paulo, corri atrás dele até encontrar o carro do mesmo

Eu : Paulo! -falei um pouco alto e ele olhou pra trás, era nítido em seu olhar decepção.

Paulo : vai embora

Eu : não - falei chegando perto dele

Paulo : eu já vou tá? Me espera no carro - falou pra Angel e a colocou no chão e a mesma entrou no carro - olha eu não sei nem o pq eu tô assim sendo que não temos nada

Eu : okay vc não entende o pq tá assim mas eu entendo o pq eu tô com um puta peso na consciência

Paulo : pq?

Eu : pq eu ainda te amo seu imbecil ! - falei e ele me olhou - é isso mesmo que tu escutou eu nunca deixei de te amar mas com o tempo achei que esse sentimento tinha saído de mim, mas quando eu te encontrei naquele dia aqui no parque eu percebi que esse amor nunca sumiu apenas ficou de lado -quando me dei conta ele já estava com os lábios colados nos meus , eu passei meus braços em volta do pescoço dele e o mesmo colocou as mãos em minha cintura .

Paulo : vc fala demais sabia ? - falou com a testa encostada na minha eu sorri .

Eu : sabia , mas vc não se dá conta do meu amor por vc

Paulo : até parece ser fofa - falou rindo e e dei um tapa no braço dele - agressiva - me mostrou a língua

Angel : ei casal , da pra adiantar aí ou tá difícil? - falou colocando a cabeça pra fora da janela -tá calei , demorem o tanto que quiserem - eu ri

Eu : ela tem razão

Paulo : vem com a gente -falou segurando minha mão

Eu : a não Paulo

Paulo : por favor - falou manhoso - dorme lá, a Angel ama vc e eu também

Eu : repete

Paulo : o que ?

Eu : que me ama - falei sorrindo e ele também sorriu

Paulo : eu te amo - falou calmamente

Eu : tá eu vou , mas tem que passar na minha casa antes - ele assentiu e entramos nos carro

Angel : vcs ainda acabam namorando -falou brincando com os dedos - ui pensei alto ignorem - falou sorrindo

Paulo : quem sabe ? - falou sorrindo de canto e a Angel sorriu abertamente - ui pensei alto ignorem - falou e a Angel gargalhou eu ri também

Eu : besta - falei controlando o riso - vc ainda tem medo de palhaço? - ele negou

Angel : mentira ! Tem sim ! Ele não pode ver um que sai correndo - falou rindo -é feio mentir papai

Paulo : okay Eu ainda tenho medo de palhaços - falou rindo - chegamos

Eu : quer subir ?- eles negaram - já volto - eles assentiram

Desci do carro e subi pro meu ap , chegando lá eu vi a Manu deitada no sofá vendo algo na TV

Manu : oiee

Eu : oie , não vou dormir em casa hj tá? - falei indo pro meu quarto

Manu : vai pra onde ? -falou vindo atrás de mim

Eu : vou dormir na casa do Paulo

Manu : okay na casa do Paulo - falou me olhando maliciosa eu ri negando

Eu : a filha dela tá junto

Manu : e daí?

Eu : vc é desnecessária na minha vida as vezes sabia? - ela assentiu rindo - tchau -falei quando terminei de arrumar uma mochila

Manu : tchau e não esquece a camisinha - falou quando eu sai eu ri e sai do prédio, entrei novamente no carro dele e fomos pro ap dele , fomos o caminho todo cantando as músicas que tocavam na rádio e conversando sobre alguns assuntos aleatórios

Paulo : chegamos - assentimos e descemos do carro ele pegou minha mochila e é entramos no prédio, fomos pro elevador e ele apertou o último andar, chegamos e saímos do elevador, entramos e ele falou

Paulo : fica a vontade - assenti e ele levou mija mochila pro quarto

Angel : nah ?

Eu : fale pequena - ele sentou ao meu lado

Angel : o que vc falou pro Paulo hj é verdade ? Vc realmente gosta dele ?

Eu : sim pequena eu realmente amo o Paulo -ela sorriu com os olhos brilhando

Angel : sabe , se vcs acabarem ficando juntos , vc promete cuidar dele e não deixar ele triste? Ou pelo menos fazer o possível pra não ver ele triste ?

Eu : farei o possível para vê-lo sorrindo - ela me abraçou

Paulo : o que as minhas duas princesas estão conversando ? -falou sentando perto de nós

Eu : coisa de menina - Angel assentiu

Paulo : então tá

Angel : vamos assistir filme ?

Eu : vamos,  sem terror

Angel  : ela tem razão sem terror

Paulo : okay - o Paulo pediu pizza e nos ficamos escolhendo o filme , escolhemos um de comédia, logo depois a pizza chegou , Paulo pagou e começamos a assistir o filme, deitei no sofá maior e Angel deitou ao meu lado , não sei quando mas eu acabei dormindo

Narração Paulo Castagnoli

Na metade do filme vi que a Angel e a nah dormiam tranquilamente no sofá, a Angel tava abraçando a nah e a mesma também abraçava a Angel, consegui pegar a vitória  ( Angel  ) no colo sem acordar a nah e a coloquei no quarto dela ,voltei pra sala e nah ainda dormia, ela estava com uma blusa que ficava um vestido nela , a peguei no colo e mesma apenas resmungou algo que eu não entendi , ela se aconchegou mais e eu a levei pro meu quarto, a coloquei na cama e vi que a mesma estava acordando

Eu : pode dormir

Nah : deita aqui comigo ? -falou sonolenta e eu assenti , me deitei ao lado dela e coloquei um braço em volta da cintura dela trazendo a mesma para mais perto de mim, ela se ajeitou em meus braços e logo estava dormindo novamente, instantes depois eu também adormeci.


Notas Finais


Continua ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...