História I hate u,I love u - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Hailey Rhode Baldwin, Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hailey Baldwin, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Matthew Espinosa, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Cameron Dallas, Colegial, Festa, Hailey Baldwin, Romance
Exibições 127
Palavras 1.243
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiii galerinhaaaa,hoje é sexta feiraaaaa,a felicidade da pessoa kkkkkkkk
Enfim,para tudo,eu acho que vcs vai amar mttt esse cap,ao contrário da Hailey que já vou adiantando que não foi muito bem no boletim não kkk
Espero que gostem muito e nos vemos nas notas finais!!!

Capítulo 8 - Report card


Fanfic / Fanfiction I hate u,I love u - Capítulo 8 - Report card


Dia de receber o boletim,não conseguia nem ter idéia do quanto eu tirei,mas confesso que não devo ter ido nada bem. Ultimamente minha cabeça não consegue pensar em mais nada além do...Cameron,sim,ele,por quê? Talvez porque eu esteja, apaixonada,sim,admito isso pra mim,já estava na hora,não posso negar algo para o meu coração. Mas agora isso não importa mais,pois ele não de importa,provavelmente nem saiba mais que eu existo,até porque existem muitas meninas bem mais bonitas do que eu por ai,que fariam tudo pelo Cameron.

—Kylie,preciso conversar com você.-eu disse virando e sendo logo interrompida pelo professor.

—Hailey,pare de conversar pelo menos essa aula,não aguento mais ouvir você falar.-ele disse e eu gelei na hora.

Confesso que converso um pouco na aula dele mas é pelo simples motivo de que é a matéria mais fácil e que eu tiro boas notas.

Na saída recebi meu boletim e quando fui abrir quase tive um infarto do coração. Todas as notas vermelhas,tudo de B para baixo e nenhum A,meu Deus,o que está acontecendo comigo? Sobre a recuperação agora eu saberia que teria que fazer e estudar muito para passar, o pior agora era mostrara aquilo para a minha mãe e para o meu pai,nunca tinha tirado uma nota B antes então não faço ideia de como contar isso para eles. Nunca pensei que chegaria ao ponto de ter metades das minhas notas vermelhas,eu tinha que dar um jeito nisso.

Sai rápido da sala e fui procurar a minha irmã igual uma louca. Batia em todo mundo no corredor até que bati em alguém inesperado e acabei derrubando mil folhas no chão.

—Ah que desastrada,me desculpe.-disse me abaixando e recolhendo os papéis junto com ele.

Quando olhei para cima me deparei com ninguém mais ninguém menos do que Cameron Dallas,de novo.

—Olha quem encontrei aqui,já estava com saudades.-ele disse.

—Eu não estava com nem um pouco de saudades.-falei bem baixinho,para mim mesma.

—O quê?-ele tentou ouvir e não conseguiu.

—Nada não.-disse rindo e sai em busca da minha irmã.

Perguntei para todos que conhecia da sala dela até que me deparei com ela e com o Nash rindo muito no meio do corredor.

—Até que enfim achei você.-eu disse aliviada. —Desculpe atrapalhar os pombinhos mas eu preciso falar com você Emma.-eu disse meio que obrigando Nash a sair dali.

—O que aconteceu? Me deixa garota,não viu que eu estava com o Nash?-ela disse irritada.

—Ei,me escuta,você não pode contar de o boletim saiu.-eu disse segurando forte o braço dela.

—E por que eu não contaria?-ela disse sendo chata como sempre.

—Porque eu ainda não sei como mostrar para eles o meu.-disse torcendo para ela não usar isso contra mim,não foi o que aconteceu.

—Hum,foi mal é? Parece que a menininha inteligente da família faliu,acho que não posso te ajudar nisso Hailey,nos vemos em casa.-ela disse fechando o seu armário e fazendo um sinal de tchau com a mão.

—Espera,você não pode contar para eles de jeito nenhum,eu tenho que fazer isso,só não sei como.-disse desesperada pois sabia a influência que ela tem neles.

—Tudo bem,vamos fazer um acordo,eu não conto para a mamãe sobre o boletim e você vai no encontro duplo comigo,eu se o Nash e você e o Cameron.-ela disse  eu simplesmente surtei.

—Encontro duplo? Com o Cameron? Você está brincando comigo né?-eu disse pirando com a ideia dela.

Eu tinha que pensar rápido,era agora ou nada.

—Ok,eu vou no encontro.-disse e quase me matei por dentro,de tanta raiva.

—Não pensei que seria tão fácil assim,o encontro é hoje de noite,você só precisa avisar a mamãe.-ela fez uma carinha de santa,mas que eu queria dar um tapa.

Ela saiu e eu fiz o mesmo,agora indo procurar a Kylie,que estava em frente a teatro conversando com um garoto,que não me parece nada estranho. Resolvi não atrapalhar(igual fiz com a minha irmã) e esperei ela terminar para ir até lá.

—Quem era aquele?-eu perguntei curiosa pela cara dela.

—Jack ,ele é um amigo do Cameron, e me chamou pra sair hoje à noite.-ela disse toda empolgada.

—Aquele garoto que você está afim?

—Sim,ele mesmo.-ela disse e nós pulamos igual duas loucas de felicidade.

—E ai,consegui falar com a sua irmã?-ela perguntou.

—Sim,e minha notícia não é nada boa,ela disse que só não contaria se eu fosse no encontro duplo com o Cameron,e eu fui obrigada a aceitar.-disse desolada.

—Não venha me dizer que não gostou da ideia,tenho certeza que você adorou a parte do encontro,vai?!-ela disse e eu fui obrigada a concordar,mas só um pouquinho.

—O maior problema é como eu vou contar para a minha mãe.-eu disse.

—Diga que você ainda não conseguiu de adaptar aos novos professores,simples.-ela disse coma maior tranquilidade.

—Simples para você, sabe o quanto um B é ruim pro meu currículo? É terrível, nenhuma faculdade vai querer me aceitar depois disso -eu disse fazendo aquilo virar um problema cada vez maior.

—Ei,algumas notas ruins não superam a boa aluna que você sempre foi Hailey,seus pais vão entender,não fique desesperada.-ela disse tentando me acalmar.

Dei um abraço nela e aquilo me serviu como como consolo.

Ela se ofereceu para ir até em casa comigo,recusei,precisava ficar um pouco sozinha,infelizmente alguém veio acabar com a minha paz.

Olhei para trás pensando ter visto Cameron,mas parece que foi só uma ilusão de ótica, continuei andando até que ouvi alguém me chamando.

—Hailey,espera.-virei e vi ele correndo,quando chegou estava um pouco ofegante.

—Acho que alguém correu um pouco hoje.-brinquei,ele riu e concordou com a cabeça.

—Queria conversar com você sobre hoje à noite,eu juro que não tenho nada a ver com essa história, Nash e Emma inventaram isso,só para avisar que se você não quiser ir,não tem problema.-ele disse.

—Eu vou.-cortei a fala dele.

—Vai?-ele perguntou surpreso.

—Sim.-respondi.

—Melhor ainda,te pego às 7?-ele perguntou.

—Estarei pronta.-respondi com um pequeno sorriso.

—Nos vemos de noite.-ele disse e quando me virei de costas para entrar em casa só ouvi os gritos e pulinhos que ele dava de felicidade,só ri.

Entrei em casa,falei oi para todos e avisei sobre o encontro,eles não gostaram muito mas concordaram.

Subi para o meu quarto e não estava me aguentando,eu tinha que contar sobre minhas notas,estava com muito peso na consciência, mas não poderia falar hoje,tinha que me aguentar.

Passei o resto da tarde estudando,até porque tinha que voltar a minha rotina de boas notas. Depois de um bom tempo resolvi tonar um banho e me arrumar,alguma coisa no meu coração falava que eu gostava dele e que nós tínhamos tudo para dar certo,mas outra coisa ficava me cutucando e dizendo que eu não deveria estar fazendo isso. Ignorei meus sentimentos pelo menos por um dia e comecei a me arrumar,fiquei meia hora experimentando roupas, até que achei uma dentro de uma caixa que ainda estava lá não sei por qual motivo exatamente, lá tinha um vestido preto incrivelmente lindo e que eu não fazia ideia como aquilo tinha aparecido lá, com um sapato preto de salto. Aquilo tudo provavelmente eram da minha irmã, mas como fiquei bem curiosa acabei experimentando e por incrível que pareça era exatamente do meu tamanho e sem querer me gabar,ficou lindo para mim. Resolvi então que iria com aquilo mesmo,bastava só arrumar o cabelo e fazer uma maquiagem,nada muito chamativa,bem básica.

Desci as escadas e para os meus pais,que estavam sentados na sala,fui o centro das atenções.

—Uau,nossa menina cresceu.-meu pai disse.

—Quem é o sortudo?-minha mãe perguntou.

Dei um sorriso e logo a campainha já tocou. Era ele.



Notas Finais


Hoje não está sendo um dia fácil para quem não shippa a Hailey e o Cam,mas pra quem shippa,já podem agradecer a Emma por ter planejado esse encontro hahah .
Ahh antes que eu esqueça, se alguem quiser me chamar no twitter é @sorrisogabi_ pra gente falar sobre a fic ou sobre qualquer outra coisa,me chama lá.
Gente eu realmente espero que tenham gostado,e se gostaram,favoritem e comentem pq eu fico muito feliz em ler os comentários maras de vcs!!
Bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...