História I Hate You - Camren G!p - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Dinah G!p, Lauren G!p, Norminah
Visualizações 1.691
Palavras 990
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Capítulo 15



P.O.V. Camila

Uma semana depois... 

Acordei irritada pois o despertador tocou duas horas depois do que deveria ter tocado, mas mesmo assim resolvi levar Elizabeth para a casa da Dinah. Queria um dia só para mim, para pensar e organizar minhas idéias.

Fui até o quarto de Elizabeth que dormia tranquilamente, infelizmente tive que interromper seus sonhos. Dei um rápido banho nela, me troquei e seguimos para o apartamento de Dinah e Normani.

- Olha quem chegou! - Dinah disse sorrindo e pegando Elizabeth no colo, deu um beijo na testa dela e um em meu rosto. - E a minha cunhada preferida. 

- Que cunhada? - Perguntei um pouco confusa.

- Você, oras.

- Não sabia que era irmã do Shawn.

- Não é desse cara que eu estou falando, aliás, ainda vamos conversar sobre o que ele fez.

- Esquece isso! - Suspirei.

- Ainda vamos falar sobre isso. - Dinah disse séria. 

- E cadê a sem noção da sua amiga?

- Quem? Sua namorada Lauren? - Provocou ela sorrindo. Olhei séria para ela mas ela continuou rindo. - Ela foi correr, já deve estar voltando. 

- Ah, então me deixe ir embora. Não quero encontrar esse ser.

Me despedi delas e voltei para o meu apartamento. 

P.O.V. Lauren

Era só mais uma quarta-feira como outra qualquer, havia resolvido que iria fazer minha corrida matinal como faço todas as manhãs desde muito tempo. 

Enquanto corria resolvi mudar a minha rota e ir para um lugar que precisava visitar. Olhei em volta e vi seu belo carro preto estacionado de forma torta na garagem.

Subi e depositei duas batidas na porta.

Quando ela se abriu meus olhos caíram automaticamente sobre seu corpo. Ela usava uma camisa branca e apenas uma calcinha rendada preta. Era difícil se segurar vendo aquela cena mas eu fiz o máximo de esforço.

- Lauren, o que quer aqui? - Ela perguntou sem graça, provavelmente pelos olhares que estava recebendo.

- Eu vim falar com você.

- Eu vou me trocar, espere aqui fora.

A porta se fechou de novo e eu suspirei enquanto passava as mãos pelo meu cabelo, seria difícil aquela cena sair da minha mente.

Como já estava cansada por conta da corrida resolvi entrar, sei que ela me pediu para esperar do lado de fora mas eu apenas iria sentar.

Ainda estava extasiada com aquela cena, foi inesperado e ao mesmo tempo angustiante não poder tocar naquele corpo.

Me sentei no sofá que se encontrava na lateral da sala. Daquele ponto era possível ter a visão de todos os quartos, inclusive o da latina. E a visão que pude ter era privilegiada e talvez não poderia ver novamente. A latina estava de costas para a porta mas pude perceber pelos seus movimentos que ela abria lentamente os botões da camisa. Quando ela estava quase chegando no final da camisa, eu não aguentei e fui para o quarto.

Entrei, segurei ela pela cintura e a beijei. Era errado, eu sabia assim como ela mas precisávamos disso e também sabíamos.

Empurrei-a levemente contra a cama sem interromper o beijo e a deitei delicadamente. Terminei de abrir sua camisa e olhei para aquela área de seu corpo que já se encontrava nua.

Senti as mãos dela descerem até a barra da minha camiseta e puxá-las para cima, uma de suas mãos afagava meu cabelo enquanto a outra acariciava meu abdômen.

Ela tirou as roupas íntimas que até então estavam presentes em meu corpo e se aproximou do meu pescoço deixando por lá um chupão que logo ficaria roxo.

Mordi o lábio dela e sorri ao vê-la arfar, era uma sensação incrível saber que, em alguns minutos, seu corpo seria completamente meu novamente. 

Percebi ao olhar em seus olhos o quanto ela necessitava disso, quanto desejo pulsava entre nós duas.

Ela desceu a mão lentamente até aquele lugar, só sei que naquela hora eu consegui perceber as mãos leves e macias dela se mexendo pelo meu corpo.

Enquanto isso rolaram mais beijos, e a cada minuto eu me apaixonava cada vez mais, por aquela latina. E pensei, como deixei escapar o amor da minha vida?

Naquele momento de prazer, que ela gemia ao meu ouvido, nos divertimos mais um pouco e quando chegamos ao nosso ápice caímos na cama, estávamos muito cansadas.

Deitamos uma do lado da outra e eu acariciei seu rosto até ver seus olhos fecharem, o cansaço que a consumiu logo chegou em mim

(...)

As duas dormiam calmamente até que a campainha foi escutada ao fundo de seus sonhos. A única pessoa que realmente despertou e se deu ao trabalho de levantar e ir até a porta foi Camila.

Ela se enrolou em um dos lençóis que estavam na cama e foi até a porta, abriu e seu coração perdeu uma batida ao ver quem era e principalmente ao se lembrar de quem estava no cômodo ao lado. 

- Camila? - Shawn pronunciou seu nome confuso por ela estar completamente nua apenas coberta por um fino lençol transparente.

- O que faz aqui, Shawn? 

- Eu vim me desculpar pelo que aconteceu...

- Você não quer voltar outra hora?

- Olha, eu sei que errei mas não precisa fazer isso. Me deixa entrar, a gente conversa e resolve como um casal que se ama...

- Está tudo bem, Camila? - Lauren disse fazendo a latina se assustar e deixar o lençol cair, dando a visão de seu corpo completamente nu.

Ela rapidamente se abaixou para pegar mas nesse meio de tempo os olhares de Lauren e Shawn finalmente se encontraram, mudando assim toda a atmosfera do lugar, o que estava calmo e sereno se tornou pesado e talvez quem sabe caótico.

- Por que ela está aqui, Camila? - Shawn perguntou sério.

- O que ele quer aqui? - Lauren também perguntou para a Camila.

Os dois olhavam para ela enquanto a latina se sentia em um beco sem saída.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...