História I hate you! - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Lemon, Orange, Romance, Yaoi
Exibições 46
Palavras 1.461
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Lemon, Orange, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa pela demora, espero que vocês gostem.

Capítulo 5 - Vai doer?


Fanfic / Fanfiction I hate you! - Capítulo 5 - Vai doer?

Essa não mano, fala sério não posso tá beijando outro menino, não tô acreditando nisso, hoje era pra ser só eu é a Joice, sem ninguém para atrapalhar a gente.

-como assim Victor é você, lógico que sou eu, você está na minha barraca, e que que você está fazendo aqui mesmo em seu trouxa? Era pra você já está dormindo.

Falo um pouco nervoso mas não tão alto para não acorda ninguém.

-desculpa, e queeee eu pensava que era minha barraca já que estava muito escuro, e a E-Erica disse que ia deixar uma luz ligada, e quando eu fui entrando você desligou ela, então eu nem percebi você.

Diz ele todo enrolado.

-não cara sério, vai embora logo, acho que a Joice já deve tá vindo, cuida!

-tudo bem tudo bem já vou, mas esse beijo foi muito bom a gente devia repitir.

Quando ele já está quase abrindo a barraca, eu esculto um barulho de faca, acho que ele escultou também, já que praticamente ele se jogou em cima de min.

-Eduardo sai de cima de miiin cacete.

-ata beleza foi mal, e que eu tomei um susto com esse barulho.

-Fala sério e só barulho de facas.

O barulho ficou mais alto e intenso, parecendo ficar mais perto da gente

- taporra agora eu tô com medo, vem Edu bora se cobrir com o edredom

- hahaha agora você tá com medo né? E você acha que o edredom vai nos proteger de que?

- Seila só vem pra baixo logo do edredom.

Nos dois ficamos sentado com as pernas cruzadas, um de frente pro outro com o edredom por cima, e só com minha lanterna do meu chaveiro ligada, ja que ela não era muifo forte.

Confesso já estava com muito medo, pensei em ir até pra fora, mas se for algum assassino ou outra coisa do tipo.

-victor e se for o Freddy Krueger, e se isso for só um sonho.

-hahahahahahahahah sério que você tá pensando que é o Freddy Krueger? Podia ser até a gretchen mas logo o Freddy Kruege? Hahahah acho que o escritor passou as falas errada dessa fanfic.

-to só brincando, e que estou um pouco nervoso de está aqui com você sozinho, já que isso parece um sonho pra min, pena que estamos quase morrendo

Nao escutei praticamente quase nada do que ele falou, já que me perdi nesse mar azul que ele tem nos olhos.

só fiquei reparando no seus olhos sendo iluminado pela minha lanterna do meu chaveiro, que os deixavam ainda mais belos.

-victor vou te dizer uma coisa que quero te falar desde o ano passado.

-seus olhos são lindos

-e oque Victor?

Sem perceber vou me aproximando dos seus labios avermelhados e macio, fecho meu olhos automaticamente.

Sinto seu calor, sinto ele cada vez mais perto de min, até sentir seu gosto doce quando selamos um leve beijo, que vai ficando cada vez mais quente.

Ele começa a beijar meu pescoço, e eu dou um leve gemido.

nunca pensei em beijar nenhum menino na minha vida, mas com o Edu tá sendo diferente, parecer que ele tá adquirido alguma poder sobre min que é sobrenatural.

Quando a loca da Érica abre a barraca por fora com uma faca não mão e com a Joice do seu lado.

-ahaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Deu certo Joice aiiiiii que bom, eu sabia que vocês davam certo, eu não passei o dia todo planejando isso pra da errado.

-não esqueça que eu ajudei tá meu bem.

Eu o Eduardo tiramos o edredom na hora de cima da gente por causa do susto que levamos. Como íamos explicar isso?

Espera ai, será que eu escutei bem oque a Érica disse? 

Então que dizer que Isso tudo foi só uma armação pra nós ficá junto na mesma barraca, só podia ser brincadeira dessa louça mesmo, mas não acredito que a Joice estava no meio.

-isso tudo foi só pra gente ficar junto na mesma barraca? E você só tava me iludindo Joice?

-Sim, desculpa mas isso foi tudo um plano.

-como você pode cara, sinceramente não tô podendo confiar em mais ninguém.

-desculpa Victor mas isso foi para um bem maior.

-entao fazer eu beijar o Edu pensando que é você, e ainda fazer medo pra gente significa que era tudo para um bem maior?

-SIIIM...

Falam as duas ao mesmo tempo.

-tchau Victor vou pra minha barraca não tô aguentando tudo isso.

-nao Edu pode ficá com o Victor, eu a Érica vamos dormir juntas pra fazer um Yuri, tchau garotos.

-ta louca mana? eu não vou colar vel...

-to brincando sua tonta, e eles nem sabem oque é Yuri.

Elas vão embora pra barraca dormi eu acho, ou vão fazer esse negócio de Yuri, acho que é algum mortal, rsrsr seila.

eu olho pro Edu que olha pra min envergonhado.

-desculpa denovo pelo beijo eu achei que era a Érica.

-Tudo bem, eu também te beijei.

Dessa vez foi ele que veio se aproximando de min devagar, eu começo a min afasta um pouco, e boto a mão no ombro dele é digo:

-Melhor a gente dormi, ainda temos dois dias nesse lugar, boa noite Edu.

-E afasta ai eu gosto de bastante espaço quando vou dormir.

Antes de dormi fiquei pensando no que eu fiz com o ele, será que eu sou bixesual, acho que não, só porque eu beijei outro menino isso não me define, mas eu fiquei excitado denovo, igual quando ele caiu por cima de min quando estávamos na escola.

Eu não tenho nenhum preconceito, a pessoal me tratando bem já tá bom, mesmo se eu for bi vai tar de boa, eu acho, mas o único problema é que eu não quero gosta logo do Edu.

mas acho que eu vou ter de fazer um teste para saber se sou bi mesmo, e vai ser com ele mesmo. Sou falta eu ter coragem.

----------------------------x----------------------------

Já se passaram 2 dias, desde do último dias

que eu e o Edu nos beijamos, depois do beijo não rolou praticamente nada, só teve muita troca de olhar, que foram bem estranha. Será que o Edu e...

-gay? Não Érica jamais que o Daniel Sharman séria gay, esqueci isso, para de pensar um pouco em yaoi.

-aiaia tabom, mas ele é um gato.

Nossa pensei que essa doida tava lendo meus pensamentos, ufa era só mais uns daqueles papos bizarro com o wes.

-oi Victor tá aqui a última pedra (rocha) que a gente não tinha achado ontem.

-tudo bem, mas oque aconteceu com sua testa, ela tá com um corte e tá um pouco sagrando.

-ah não foi nada, e que eu só tropecei e bati em uma árvore

Aham sei ele fez e cair mesmo e deu de cara com alguma coisa que fez ele arranha a testa

-ta, então sentai ai, antes da gente ir embora, que eu vou limpar e fazer um curativo, só deixa eu procuro aqui na minha mochila os matéria que eu trouxe.

-beleza, mas vai duer?

-me diz você.

Depois que eu achei os materiais eu peguei o algodão e pacei um pouco de álcool, e passei nele sem avisar.

Aaaaaaaaaaaah isso ardeeeeee

Ele segurou minha mão e fez um bico parecendo uma criança.

-desculpa eu devia ter avisado, vou passar mas devagar.

-Tudo bem, vou confiar em você!

Ele soutou minha mão, e eu começei a passar bem devagar segurando o seu queixo.

Eu percebi que ele não parava de min olha, até que eu começei a ficar envergonhado.

-tem alguma coisa em min?

-porque?

-voce não para de min olhar

-e que você ficar muito lindo no sol

-cala a boca Edu, pronto terminei o curativo, agora vai e cai denovo.

-"Eu cairia denovo só pra você passar a mão no meu rosto de novo"

-você disse alguma coisa Edu? Não escutei.

-eeeeeeu? Eu disse nada puf.

O professor já estáva chamando todo mundo pra entrar dentro do ônibus quando a Joice me para com a Érica.

- oi Victor desculpa eu vou sentar com a Érica Tabom? Tchau rsrsrsrsrs

- vai vai to nem ai.

Eu resolvi senta bem no fundo pra ficar bem longe dessas duas, sério elas estão enchendo meu saco, com esse negócio da barraca, e direto falando disso, pelo menos elas não contaram pra ninguém.

Derrepente percebo alguém do meu lado, e o Victor que olha pra min com um leve sorriso.

-posso me sentar aqui?

-sim sem problema

-acho que eu vou da uma dormida to com um pouco de sono.

Todo nos acordamos muito cedo tínhamos de arrumar todas nossas coisas antes do ônibus chegar, so não precisamos arrumar as barracas.

Já estávamos no meio do caminho quando eu acordei com a cabeça do Edu encostada no meu ombro.

Fique um tempo olhando pra ele, até perceber que ele se mecheu um pouco.

-ei sei que você estava me olhando, tudo bem eu deixo

-eu te olhando? Verdade eu estava mas não deu pra evitar você estava babando rsrs e estava com a cabeça no meu ombro.

-desculpa e que eu nem percebi.

-nao tudo bem, eu te empresto meu ombro.

Não estava achando ruim ele dormindo com a cabeça no meu ombro, estava até gostando.

-você está me olhando denovo!

Continua...


Notas Finais


Porfavor favoritem, e comentem oque acharam do capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...