História I hate you - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga
Tags Bangtan, Imagine, Suga
Exibições 12
Palavras 679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente fiquei sem postar pq meu PC tinha bugado e eu odeio escrever no celular. Mas ta ai o capitulo PA vcs!!
Leia feliz!!!!

Capítulo 5 - Começo de uma relação?



Faz três semanas que voltei a falar com Suga, desde que voltamos a nos falar sinto algo estranho por ele, tenho achado ele mais fofo e mais bonito, não que eu tenha volta de de namora-lo, mas sempre pensei como seria se nós estivéssemos namorando, como seria sentir sua boca junto a minha, seu corpo colado ao meu..."Para (s/n)! Você esta delirando, ele nunca querer nada comigo... Só amizade!". Suga também tem agido de forma bem mais carinhosa comigo, sei que pode parecer estranho, mas acho que não sou a única que quer algo alem de amizade.

Acordei disposta a descobrir se meu pensamento estava certo. Entrei no banho e comecei apensar em Suga novamente, que merda ele não sai da minha cabeça. Sai do banho, me troquei, tomei meu café, peguei meu material e sai em direção á casa do Suga, sim! Eu que vou buscalo hoje. Cheguei na casa dele e toquei a campainha, acho que ele pensou que eram os meninos porque ele desceu apenas terminando de colocar sua camisa.

- O que vocês fazem aqui tão ce... - parou de falar quando viu que era eu e terminou de se vestir o mais rápido possível - Por que não me avisou que era você? - Ele perguntou meio envergonhado.

- Porque você não perguntou. - respondi levantando um sorrisinho meio fofo.

- Nunca mais faça isso! Eu podia ter descido sem nada pensando que eram os meninos! - Ele falou com as bochechas avermelhadas de vergonha.

- Eu não me enportaria de ver você sem nada. - Falei sem nem me preocupar com a sua reação.

Ele me olhou meio surpreso mais ignorou, ele disse para que eu esperasse ele terminar de se trocar. Esperei uns 5 minutos, e logo chega ele, lindo como sempre.

- Vamos? - Ele perguntou.

- Vamos! - Afirmei.

Fomos a cafeteria, porque acho que chamei ele um pouco cedo demais, sentamos em uma mesa um pouco afastada de todos e começamos a conversar sobre coisas aleatórias. Decidi que era hora de agir, coloquei minha mão por baixo da mesa e agarrei sua coxa, ele deve ter achado estranho, pois na hora ele me olhou confuso, nesse mesmo momento peguei seu rosto e deixei seu nariz junto ao meu.

- Não sei se você também quer isso, mas não consigo mais segurar. - Falei logo o puxando para um beijo, ele não hesitou e compreendeu o beijo e cedeu passagem a minha lingua que esplorava dentro de sua boca, foi um beijo lento e apaixonado, e assim também descobri que os lábios de Suga são melhores doque imaginava. - Acho que você não achou tão ruim. - Disse passando as mãos em seu cabelo.

- Nem um pouco - Ele disse acariciando minha mão que acariciava sem cabelo. - Temos que ir se não vamos nos atrasar! - Ele disse olhando para seu relógio de pulso.

No final da aula, chamei Suga para ir a minha casa, ele aceitou, e então seguimos caminho a minha casa que não era tão longe da sua, abri a porta o deixando entrar primeiro, nos sentamos no sofá um do lado do outro, acho que Suga já sabia oque eu queria, pois me puxou para mais um beijo, mas dessa vez ele foi mais bruto, como se precisassemos um do outro.

- já sei o porquê de me chamar até aqui. - Ele disse separando nossos rostos e colocando a mão em minha coxa.

- Que bom que sabe yoongi oppa. - disse me levantando e chamando ele para meu quarto. - Sei que quer isso muito mais que eu. - Disse já desabotuando minha calça.

Agora sei que não estava errada, eu queria aquilo e ele também queria, ele se levantou rapidamente indo até minha direção e agarrando minha cintura colando nossos corpos um no outro. Senti sua ereção por baixo da calça já pedindo por aquilo.

- Agora eu serei sua babygirl e você meu daddy, e eu irei fazer tudo oque você pedir. - Falei levantando um sorriso malicioso. - E depois quero que diga se fui uma boa baby ou não.

- Então comece se ajoelhando babygirl...




Notas Finais


Uuuhhhuuuuuu Oiá o hot chegando nessa caralha porraaaaaa!!!!
Espero que tenham gostado!!!
Um beijo de uma unicornio-minhoca-gigante-que-brilha!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...