História I hate you - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Garota conhece o Mundo (Girl Meets World)
Personagens Maya Hart, Riley Matthews
Tags Maya Hart, Rilaya, Riley Matthews, Rowbrina
Visualizações 188
Palavras 704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - Esquizofrenia


Fanfic / Fanfiction I hate you - Capítulo 18 - Esquizofrenia

Riley

- Agora isso

Pego as ataduras e enrolo em seu pulso,lentamente todas as suas feridas são escondidas e faço isso no outro pulso,prendo com esparadrapo.

- Ok.. - Disse entre um suspiro -

- Vamos comer ? - Eu pergunto e ela assente.

Descemos as escadas e nos sentamos,maya apenas brinca com a comida,terminei de comer e ela comeu a menos da metade.

Maya agora tem uma rotina,acordar tomar remédio,cuidar dos machucados,comer,mais remédios,dormir.

- Boa noite meninas - Meu pai disse levantando da mesa.

- Riley não esquece dos remédios ok ? 

Minha mãe me disse e eu assenti,ela seguiu meu pai ate o quarto com auggie.

Levantei da mesa botando meu prato na pia,voltei e peguei o prato de maya que estava praticamente intacto,botei na pia ,peguei um copo de água ,peguei sua mão e levei ela ate meu quarto,sentei ela na cama e fui ao banheiro e peguei o frasco de remédio,levei ate maya jogando duas pílulas em sua mão e dando o copo de água.

Depois de tomar o remedio,botamos os pijamas e eu deitei com ela na cama,e maya fechou os olhos...e lagrimas cairam no seu rosto,maya chorava toda noite...ela não chorava de se machucar ou de culpar a si mesma,ela chorava lembrando de sua mãe,todos os dias ..

Minha mão deslizou em sua bochecha secando suas lagrimas,ela sofria em silêncio,mal conversava com a gente,só o necessário,puxei ela para perto e enfiou o rosto em meu cabelo enquanto eu a envolvia em um abraço,seus dedos brincavam com o tecido da minha camisa,minha mão deslizou em seu braço fazendo um carinho leve,e assim ficamos ate adormecer...

10:00

Acordei com alguem se mexendo ao meu lado,abri os meus olhos encontrando maya em meus braços,me afastei devagar e fui ao banheiro,guardei todos os remédios no armário e tranquei com cadeado,olhei em volta para ver se tinha algo afiado ou cortante,sai do banheiro e revisei o quarto procurando o mesmo,caminhei ate a janela e a tranquei,olhei para maya uma ultima vez e desci as escadas.

- Bom dia - Disse comprimentando todos a mesa que sorriram.

- Maya não vem ? - Minha mãe perguntou.

- Ela ainda esta dormindo,mas tirei tudo de perigoso em volta então ta tudo bem - Expliquei e eles assentiram,me sentei a mesa e comi o meu café da manha,terminando eu voltei para o quarto e maya ainda estava dormindo,dei um leve suspiro de alivió e caminhei ate ela.

- Ei,hora de acordar - Falei suavemente encostando em seu ombro.

Ela se mexeu e depois de alguns segundos ela abriu os olhos lentamente.

- Bom dia - Falei em um sorriso.

Ela devolveu o sorriso e eu fui ate o banheiro,destranquei o armario e peguei o frasco de remedio,esse não era com agua.

Voltei ao quarto e ela sentou na cama,entreguei seus remedios e ela tomou.

Os remedios tinham motivo...maya tem esquizofrenia,ela disse para o medico que ouviu vozes que diziam a ela para se cortar,então..depois de um tempo foi diagnosticada,ela tinha que tomar remedios para manter as vozes longe,ela ficou muito tempo sozinha com si mesma, então isso meio que piorou as coisas.

Ela levantou da cama e nos trocamos de roupa.

_________________________

No final da tarde estávamos no sofá assistindo tv quando maya começou a se mexer parecendo estar desconfortável.

- Ta tudo bem ? - Perguntei.

- Ta..sim.

Voltei o meu olhar a tv e meu celular vibrou no bolso,puxei ele vendo as notificaçãos.

Notificaçãos

Farkle - Ei, a maya ta bem ?

Lucas - Hey

Conversei com Farkle. 

Você - Oi,ela ta melhor..

Farkle - Que bom,ela ta indo no médico? 

Você - Sim,todo mês 

Farkle - Okay,depois eu passo ai.

Você - Okay 

Farkle ❤

Você - ❤

Botei o celular no sofá e maya afastou.

Ela levou as mãos a cabeça e sussurrava.

- Para Para Para Para

- Maya..

- PARA

Ela gritou ainda com suas mãos na cebeça.

Tirei sua mão da cabeça e puxei ela para o meu abraço,ela me apertava e eu deslizava minha mão em suas costas para acalmar.

Depois de um tempo o seu aperto ficou fraco,peguei ela em meus braços e levei ate a cama e me deitei ao seu lado.

- Riley elas vão voltar..

- Eu vou estar aqui

- Elas me dizem coisas horríveis.

- Eu vou estar aqui para te dizer coisas boas.

- Elas me dizem que você não me ama.

- Eu vou estar aqui todos os dias para te dizer, Te amo.

. . . . . . 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...